Veja quem o seu clube vai encarar na Libertadores da América

Tem clássico mineiro e também a reedição da final de 2012 entre Corinthians e Boca Juniors

Em sorteio realizado hoje, no Paraguai, a CONMEBOL definiu todos os grupos da primeira fase da Copa Libertadores da América. Para os 8 brasileiros, as bolinhas trouxeram sorte: não há nenhum grupo da morte, a princípio. Confira a seguir como todos os clubes ficaram combinados.

Alejandro Domínguez, presidente da CONMEBOL, testou a paciência dos torcedores com um longo discurso antes do sorteio

Grupo A

Atual bicampeão do torneio continental, o Palmeiras terá a companhia do equatoriano Emelec, do colombiano Deportivo Táchira e do boliviano Independiente Petrolero. O time treinado por Abel Ferreira não deve ter dificuldades para superar os adversários, já que tem um retrospecto de 100% contra os dois primeiros (jamais enfrentou o Petrolero).

Grupo B

O Athletico Paranaense pegou um grupo um pouco mais complicado. Enfrentará o Libertad do Paraguai (líder do campeonato nacional), além do Caracas (Venezuela) e The Strongest (Bolívia). Se conseguir superar os temidos problemas de jogar na altitude, o Athletico tem tudo para avançar.

Grupo C

Talvez o brasileiro que mais tenha se dado mal foi o Red Bull Bragantino. Caiu na chave com Vélez e Estudiantes, da Argentina, além do Nacional, do Uruguai. Todos, com exceção do Braga, já foram campeões da Libertadores, mas o time de Maurício Barbieri tem a seu favor a força de um dos trabalhos mais longínquos do futebol brasileiro. Além disso, o Bragantino é o atual vice-campeão da Copa Sul-Americana.

Em busca do tri: Verdão quer conquistar feito inédito entre brasileiros

Grupo D

O atual campeão brasileiro Atlético Mineiro fará o clássico contra o América, além de enfrentar também Independiente Del Valle (Equador) e Tolima (Colômbia). Embora a missão seja mais difícil para o Coelho, o Galo não deve ter sustos para confirmar a classificação.

Grupo E

Boca Juniors e Corinthians novamente vão se enfrentar pelo torneio continental, junto do Deportivo Cali (Colômbia) e do Always Ready (Bolívia). O Timão pode sofrer com a altitude de mais de 4 mil metros do pequeno clube boliviano.

Grupo F

Sensação na temporada passada, graças ao bom trabalho do argentino Juan Pablo Vojvoda, o Fortaleza também pegou um grupo relativamente difícil. Além do temido River Plate, o Colo Colo (Chile) e o Alianza Lima (Peru). A falta de experiência internacional pode pesar, mas bola por bola, o Leão do Pici deve seguir para o mata-mata.

Grupo G

Único grupo sem brasileiros. Formado por Peñarol, Cerro Porteño, Colón e Olimpia, que deixou o Flu pelo meio do caminho.

Grupo H

O vice-campeão Flamengo também pegou um grupo que não vai tirar o sono de Paulo Sousa. Universidad Católica (Chile), Sporting Cristal (Peru) e Talleres (Argentina) não metem medo nos rubro-negros.

Data e premiação

Vale dizer que a final deste ano será mais cedo, por conta do Mundial no Catar. Assim, a final está prevista para o fim de outubro. O campeão deve embolsar 16 milhões de dólares, e o vice, 6 milhões.

Compartilhe esse conteudo