As equipes se enfrentaram apenas duas vezes na história. O Gigante da Colina possui vantagem no retrospecto com uma vitória e um empate

A equipe do Vasco da Gama desembarcou no estado de São Paulo nesta terça-feira (1), para enfrentar a Ferroviária pela primeira fase da Copa do Brasil na próxima quarta-feira (2), às 21h30. A partida acontece na Arena Fonte Luminosa, com transmissão do Premiere FC, no sistema pay-per-view.

Conforme as regras da competição, os confrontos da primeira fase devem ser realizados em jogo único com mando de campo do time com pior posicionamento no Ranking. Por isso, quem detém a vantagem de jogar em casa é a Ferrinha.

Entretanto, ainda seguindo o regulamento, aquele time que não jogar em casa, o visitante, se classifica com apenas um empate, já que está melhor rankeado. Então, Vasco também pode contar com uma vantagem.

Imagem
Equipe do Vasco durante preparação no CT do Guarani para decisão da Copa no Brasil. Foto: Rafael Ribeiro / Vasco da Gama

Como chegam as equipes para o duelo

  • Vasco

Dos últimos cinco confrontos pelo Campeonato Carioca, o Vasco venceu três e perdeu dois, que foram clássicos contra os rivais Botafogo e Fluminense. Atualmente se encontra na terceira colocação com 19 pontos, cinco a menos que o líder que possui 24 e um a menos que o segundo colocado, Flamengo, que soma 20.

A partida contra o tricolor foi sua última, e a derrota por 2 a 0 acompanhada de um baixo rendimento incomodou o técnico Zé Ricardo que prometeu mudanças para a decisão da Copa do Brasil.

“Não será por uma partida que rotularemos um jogador. É um trabalho em equipe. Nada vai ser fácil para o Vasco e precisamos nos unir cada vez mais. Saímos chateados. ”, disse ele.

Completou:  “a partir de agora temos que estar com a cara boa. Não podemos nos abalar, somos uma equipe forte mentalmente. Estamos bem próximos do nosso objetivo, que é estar entre os quatro no Carioca. Agora é focar na Copa do Brasil. ”

Imagem
Gigante da Colina durante confronto contra o Fluminense pelo Campeonato Carioca. Foto: Rafael Ribeiro / Vasco da Gama

O duelo contra a Ferroviária foi decidido ainda no dia 17 de janeiro, em sorteio ao vivo, e segundo o técnico cruzmaltino, o adversário tem sido estudado há algum tempo. Avaliando o bom desempenho da Ferrinha no início do Paulistão, Zé destaca que seu elenco precisa entrar em campo forte não apenas fisicamente, mas também mentalmente.

“Estamos estudando a equipe da Ferroviária há algum tempo. Sabemos o que temos que fazer. Se tivermos que fazer trocas, vamos fazer. A Ferroviária faz bom Campeonato Paulista, tem jogadores conhecidos. Precisamos anular esses jogadores. E jogar bem. Vamos para vencer a partida. Temos que entrar mentalmente fortes para trazer essa classificação. ”, afirma Ricardo.

Imagem
Vasco desembarcou em solo paulista nesta terça-feira para enfrentar a Ferroviária pela Copa do Brasil. Foto: Rafael Ribeiro / Vasco da Gama
  • Ferroviária

A situação da Ferrinha nos últimos cinco jogos disputados é um pouco mais complicada, somando uma vitória, um empate e três derrotas. O time paulista se encontra na terceira colocação do grupo B, fora da zona de classificação, com quatro pontos de distância para o segundo colocado.

Mesmo com os números apresentados, o time ainda tem oportunidades de se classificar no estadual, mas o foco do técnico Elano neste momento é apenas a decisão da Copa do Brasil contra o Vasco.

Imagem
Ferroviária treinou na manhã desta terça-feira (1) visando o duelo decisivo. Tiago Pavini / Ferroviária SA

Neste confronto, a única opção para a Ferroviária é vencer. Um empate classifica o time carioca. Portanto, o futebol que será apresentado na Fonte Luminosa deve ser de alto nível.

No último jogo pelo Paulistão, entretanto, o time de Araraquara visitou o Ituano e acabou derrotado por 3 a 1. Para o desânimo da torcida, o jogo teve um primeiro tempo ruim, onde tudo deu errado. Mesmo com mais posse de bola no começo do jogo, o time tomou dois gols.

Já na segunda etapa a equipe até tentou reagir, gastando todas as substituições, mas sem efeito. Ainda assim, tomou mais um gol dos donos da casa, dessa vez de pênalti, por derrubar um jogador na área. No último lance da partida, conseguiu balançar as redes apenas para diminuir.

Retrospecto Vasco x Ferroviária

Na história do futebol, as duas equipes já se enfrentaram duas vezes, com vantagem para o clube carioca que possui uma vitória e um empate. Segundo o jornalista André Garone, o primeiro confronto aconteceu em 1951, quando o Vasco bateu a Ferrinha por 5 a 0 com 4 gols de Friaça e um de Tesourinha.

Já o segundo e último confronto aconteceu oito anos mais tarde, em 1959. A bola rolou em Araraquara e o placar ficou em 3 a 3 com gols de Almir, Rubens e Paulinho, contra.

Informações do jogo

Local: Estádio Doutor Adhemar de Barros (Fonte Luminosa)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden – RS

Auxiliares: Jorge Eduardo Bernardi – RS e Jose Eduardo Calza – RS

Quarto Árbitro: Matheus Delgado Candançan – SP

Analista de Campo: Márcio Luiz Augusto – SP

Compartilhe esse conteudo