O Kasimpasa é um clube tradicional turco, que em 2021 completou seu primeiro centenário. Disputam a Super Lig, a primeira divisão do campeonato turco, o qual tem apresentado um desempenho abaixo dos seus anos de glória.

Apesar de ser um time antigo, possui poucos títulos, mas isso não tira o empenho dos seus torcedores. Muitos deles, vestem as cores azul e branca do time e vão para as ruas comemorar pelas vitórias do s Apaches, como são carinhosamente chamados.

Escudo do Kasimpasa – créditos da imagem: Wikipedia

O time fundado no bairro que leva o seu nome possui uma grande legião de fãs, sobretudo no distrito de Beyoğlu, na parte europeia de Istambul. É onde fica sua casa, o Recep Tayyip Erdoğan Stadium, cuja capacidade é de 14.234 pessoas.

Últimas temporadas do Kasimpasa

Depois de duas temporadas seguidas na sexta posição em 2013 e 2014, o clube teve algumas oscilações nas temporadas seguintes. Na temporada 2015 terminou o campeonato na décima terceira posição.

No ano seguinte, após um início promissor, passou por períodos de derrotas, terminando na sétima colocação, que acabou sendo a melhor posição nos últimos anos. Em 2017 ficou em oitavo, seguido do décimo lugar em 2018.

Em 2019, mais um susto, ficando na décima quarta colocação. Já na temporada que terminou na metade de 2020, o time apresentou uma pequena recuperação, terminando em décimo, mas bem aquém do que pôde apresentar.

O ano do centenário não foi um dos melhores para os Apaches. Sem torcida nos estádios devido a pandemia, o Kasimpasa não apresentou seu melhor futebol. Após terminar a temporada em décimo quarto, com apenas 46 pontos, o time ficou a poucos pontos da zona de rebaixamento e da disputa dos playoffs para a queda.

Kasimpasa contra Bezitas 2022 – créditos da imagem kasimpasa.tr

Elenco e formação

Apesar do susto, o clube buscou se reerguer e para não sofrer e nem fazer os torcedores sofrerem também. Foram feitas novas contratações pontuais para reforçar o elenco, sobretudo nas posições em que tinha poucas peças de reposição.

Foram 13 contratações entre meados de 2021 e o início de 2022. Entre os reforços estão o lateral esquerdo Sakib Aytac, 30, que veio do Denizlispor e Morthada Ben, 23, vindo do Eotile Desportive. Outros vieram como empréstimo, a exemplo do meia Michal Travinik, 27, do AC Sparta.

É um time com idade média de 26,8 anos, que se destaca pelo percentual de estrangeiros. 56% dos atletas são de outros países. Isso porque a Federação Turca de Futebol permite que o clube tenha mais de 5 atletas de fora.

O time principal é formado pelo goleiro Ertugrul Taskiran, 32, os zagueiros Tarkan Serbest, 27, e o capitão Ryan Donk, 35. Na lateral direita Florent Hadergjonaj, 27, e na esquerda Eren Elmali, 21.

No meio de campo, o volante Dogucan Haspola, 21, o meia central Michal Travnik, 27, e os meia ofensivos Haris Hajradinovic, 27, e Valentin Eysseric, 29. Na frente, o ponta esquerda Ahmet Engin, 25, e o centroavante Umut Bozok, 25.

O técnico que chegou no clube no fim de 2021, Samir Ugulu prefere escalar um time ofensivo, com apenas um volante e meias que apertam a marcação. É um 4 - 4 - 2 para frente, com marcação forte e avançada.

História

O ano era 1921, quando o "Kasımpaşa Gençik Kulubü" foi fundado a partir da fusão de dois outros clubes do bairro, o Altuntuğ e e o Kasımpaşa Terbiye-i Bedeniye Kulübü.

O novo clube tinha como objetivo desenvolver diferentes modalidades esportivas na região, a fim de formar os jovens com conhecimentos esportivos modernos e incentivar as práticas esportivas.

As primeiras atividades do clube estavam voltadas inicialmente o futebol e a luta livre. No começo eram realizadas algumas partidas expositivas e amistosos, e somente iniciaram sua partida competitiva na temporada 1923-1924.

Foram alguns anos disputando campeonatos locais e regionais até chegar a Primeira Liga de Istambul em 1939. Disputou essa liga até 1959, quando foi promovido à Türkiye Ligi (atual Superliga).

Lá permaneceu por 5 temporadas, onde a melhor posição foi na temporada 1961-62, quando ficou na quinta colocação.

Kasimpasa 2022 – créditos da imagem: Football archive

Foram 43 anos disputando a segunda e terceira divisão do campeonato turco, até que em 2007, os Apaches foram mais uma vez promovidos à Superliga pela segunda vez em sua história. Na ocasião, passou por um páreo duro contra o Altay e só conseguiu a vaga nos pênaltis.

O clube disputou a temporada 2007-08 na elite do futebol turco, mas foram rebaixados de volta à Primeira Liga TFF na temporada seguinte. Apesar do revés, os jogadores, a comissão técnica e a torcida não desanimaram e retornaram para a elite na temporada seguinte, após derrotar o Karşıyaka por 2 a 1 após prorrogação.

Na temporada 2009-10 conseguiu se manter na primeira divisão e ainda conseguiu terminar entre os dez primeiros times, com vitórias sobre o Fenerbahçe fora de casa por 3 a 1 e contra o Beşiktaş na Copa da Turquia também por 3 a 1. Foi uma temporada de ouro para o time do bairro de Kasimpasa, lembrada até hoje pelos torcedores.

O time só começou a decair na temporada seguinte com a saída de jogadores importantes por conta das decisões do Yılmaz Vural pouco antes do início da temporada. Isso trouxe uma certa fragilidade ao elenco, que acabou sendo rebaixado em 2011, mas retornou na temporada seguinte e até então não caiu novamente.

Entre as conquistas do clube, é possível destacar:

  • 2. Liga: vencedores em 2005–06;
  • 3. Liga: vencedores em 1988–89, 1996–97 e 2004–05.

Estádio

O Kasimpasa SK leva suas partidas em casa para o Estádio Recep Tayyip Erdoğan, também chamado de Estádio Kasımpaşa. Seu nome é uma homenagem ao presidente turco Recep Tayyip, natural do bairro e que foi jogador de futebol em sua juventude.

Estádio do Kasimpasa – créditos da imagem: Wikipedia

O estádio é um complexo esportivo multiuso, que além do futebol também sedia partidas de rugby, competições de atletismo, entre outras modalidades. Tem capacidade para 14.234 espectadores e em 2004 passou por reformas para a expansão de seu centro de treinamento.

Uma nova reforma foi feita em 2007/ 2008 para expansão do estádio. Nesse período, os Apaches levaram seus jogos para o Estádio Olímpico Atatürk.



Compartilhe esse conteudo