A fundação da Supercopa da Série C foi em 2000, antes disso, tivemos torneios precursores na década de 1920.

Futebol Italiano, um dos mais vitoriosos do planeta bola, além das conquistas da Seleção da Azurra e dos clubes da Itália, em especial: Milan, Inter de Milão, Juventus, Napoli e Roma, temos também destaque com grandes jogadores italianos.

O primeiro a ser mencionado nesse artigo, é Fábio Cannavaro, zagueiro que foi revelado pela Napoli e iniciou sua carreira no futebol em 1992. Teve passagens pelo Parma, Real Madrid, Inter de Milão, Al Ahli, mas sua grande performance veio na Juventus de Turim, onde jogou de 2004 a 2006 e depois de 2009 a 2010.

Fabio Cannavaro quando jogava na Juventus, foi convocado para disputar a Copa do Mundo em 2006. Para a Seleção Italiana, o Mundial foi mágico, coroado com o quarto título de Copa do Mundo. Já para Fábio Cannavaro, foi fantástico, ele levantou a taça como capitão e foi ainda melhor jogador do planeta naquela temporada, o último italiano a chegar nesse posto.

Foram 79 jogos como capitão da Squadra Azurra, no período de 2002 a 2010.

Além de Fábio Canavarro, que elevou a posição dos defensores no futebol mundial, antes o prêmio de melhor jogador do mundo só tinha sido para jogadores de frente, temos outros grandes destaques do futebol italiano.

Andrea Pirlo, Paolo Rossi, Valentino Mazzola, Francesco Totti, Alessandro Del Piero, Dino Zoff, Gianluiggi Buffon, Franco Baresi, Paolo Maldini, Giuseppe Meazza e Roberto Baggio, esses são alguns dos grandes craques que a Itália trouxe para o mundo do futebol, e desde já, me desculpe se não citei outros, pois a lista é grande.

A Itália de grandes conquistas, a Itália de craques superfamosos e de destaques. A Itália também é dos campeonatos ou das Supercopas, e uma delas será abordada agora nesse artigo, será a Supercoppa di Serie C, que já foi a Supercoppa di Lega Pro, e mais conhecida por aqui como: a Supercopa da Série C da Itália.

Logo da Supercopa Série C Italiana (Foto - Wikipedia)

A Supercoppa Di Serie C, conta com os três campeões dos grupos da Série C da Itália. Sua primeira edição foi no ano 2000.

Para quem não sabe, a Série C da Itália, é administrada pela Lega Italiana Calcio Professionistico (Lega Pro) e teve sua primeira edição em 1935, esse mesmo formato do início foi prolongado até 1978.

De 1978 até 2014, a divisão da Terceira Divisão da Itália, era entre Série C1 e Série C2. Foi só no ano de 2014, que virou Lega Pro, e mais a frente, em 2017, retornou para o seu nome de início, Série C. Isso foi feito no dia 25 de maio de 2017, após reunião da Assembleia da Lega Pro, que fez uma votação e teve unanimidade dos votos para o campeonato voltar a seu nome tradicional.

A criação da Série C, foi justamente ideia das autoridades fascistas, uma delas a Northern Lower Directory, pois elas tinham o objetivo de reformar os campeonatos em base nacional. Na época, muitas equipes regionais subiram para Segunda Divisão da Itália, e com isso foi possível a entrada de alguns clubes na Terceira Divisão.

O formato da competição era de três grupos de 20 equipes cada. Até 1978, ano que foi abolido, esse campeonato era do setor semiprofissional.

Como mencionado, a Série C foi dividida em Série C1 e Série C2, nessa época seu nome era Lega Professionisti Serie C. Só que em 20 de junho de 2008, com nova reestruturação, uma nova mudança de nome, agora para Lega Italiana Calcio Professionistico .

A reforma da Liga em 2014, fundiu a Lega Pro Prima Divisione e Lega Pro Seconda Divisione, criando assim a Lega Pro Divisione Unica, mais conhecida como Lega Pro.

O formato é simples, 60 equipes, elas são divididas em três grupos de 20 cada. O acesso a Segunda Divisão Italiana se apresenta da seguinte maneira: um time vindo do playoff de promoção, que também disputa com os três vice-campeões do grupo, entra na briga por uma vaga. Sobem quatro equipes.

As outras vagas para a promoção para Segunda Divisão Italiana, são dos campeões dos grupos, justamente os clubes que também ganham direito a disputar a Supercoppa di Serie C.

Equipes tradicionais como Catania e o Bari, disputaram a Série C recentemente.

O pouco interesse pelas Taças de Supercopas, afastaram as competições por algumas décadas, mas isso não impediu que voltassem recentemente. Como destacado, em 2000 ela veio para ficar.

Entre 2000 a 2014, somente duas equipes disputavam o título da Supercopa da Série C. De 2015 em diante, veio o formato de três vencedores de grupos, com as três equipes brigando pelo caneco.

Taça Supercoppa Lega Pro (Foto de Luca Marchesini - TuttoLegaPro.com)

Conheça todos os campeões da Supercoppa di Serie C - A Supercopa da Série C da Itália:

A fundação da Supercopa da Série C foi em 2000, mas tivemos torneios precursores na década de 1920, e quatro equipes conquistaram o caneco no período.

1926-27 : AC Monza

1927-28 : Ivy Trieste

1928–29 : Spezia Calcio

1929–30 : Udinese

2000 - Siena (Grupo A) - venceu o Crotone por 2 a 1 no agregado

2001 - Modena (Grupo A) - venceu por 5 a 0, o Palermo, no agregado

2002 - Ascoli (Grupo B) - venceu após empate em 2 a 2 com o Livorno, mas foi campeão graças ao gol fora de casa

2003 - Treviso (Grupo A) - venceu o Avellino por 9 a 8 nos pênaltis, agregado empatado em 2 a 2

2004 - Arezzo (Grupo A) - venceu o Catanzaro por 4 a 0, no total

2005 - Rimini (Grupo B) - venceu o Cremonês por 9 a 4, no total

Avellino vence a Supercopa Lega Pro (Foto - Site - Atripadalnews.it)

2006 - Spezia (Grupo A) - venceu no critério gol fora de casa, após empatar em 1 a 1 com o Nápoles

2007 - Grosseto (Grupo A) - venceu o Ravena por 2 a 1, no agregado

2008 - Sassuolo (Grupo A) - venceu o Saleno por 5 a 4 nas penalidades máximas, após empate em 1 a 1, no agregado

2009 - Gallipoli (Grupo B) - venceu o Casena por 2 a 1, no total

2010 - Novara (Grupo A) - venceu o Portogruaro por 5 a 4, no agregado

2011 - Nocerina (Grupo B) - venceu o Gubbio por 2 a 1, no total

2012 - Spezia (Grupo B) - venceu o Ternia por 2 a 1, no total

2013 - Avellino (Grupo B) - venceu pelo gol fora de casa o Trapani, após empate em 3 a 3

2014 - Perugia (Grupo B) - venceu o Virtus Entella por 4 a 2, no total

2015 - Novara (Grupo A) - venceu com 4 pontos no total do grupo

2016 - Spal (Grupo B) - venceu, somando 6 pontos no geral

2017 - Foggia (Grupo B) - venceu com 6 pontos no topo do grupo

2018 - Pádua (Grupo B) - venceu, somando 6 pontos no geral

2019 - Pordenone (Grupo B) - venceu, sendo primeiro do grupo com 4 pontos

2020 - Monza (Grupo A) -

Vicenza (Grupo B)

Regina (Grupo C)

Não foi disputado o título por conta da pandemia do Covid-19 (Supercopa cancelada)

2021 - Ternana (Grupo C) - venceu com 6 pontos no total no grupo

Fique ligado aqui na Bets, aqui você não perde nenhuma novidade do mundo do futebol, e ainda aprende bastante!

Compartilhe esse conteudo