Peixe perdeu a primeira partida no Couto Pereira e tem de devolver ao menos o placar de um gol de diferença para forçar a decisão por pênaltis

O Santos já está pronto para receber o Coritiba na Vila Belmiro nesta quinta feira (12/5), às 21h30, pelo jogo de volta da Copa do Brasil. No jogo de ida, derrota no Couto Pereira por 1 a 0. Como não há mais vantagem do gol qualificado, basta uma vitória por qualquer placar mínimo para o Santos levar a decisão para as penalidades máximas. Ao Coritiba, basta um empate para avançar de fase.

A classificação para as oitavas de final rende uma excelente premiação para o clube vencedor. São mais 3 milhões de reais na conta, um montante considerável para agremiações que não vivem o seu melhor momento financeiro.

Xerife é dúvida para a partida contra o Coritiba: Maicon sentiu a coxa. (Créditos da imagem: Santos FC) 

O treinador argentino Fabián Bustos, que ficou sem voz no último jogo de fim de semana pelo Brasileirão, na goleada sobre o Cuiabá por 4 a 1, terá três dúvidas. O zagueiro e xerifão da zaga Maicon não tem presença garantida. Ele sequer chegou a jogar no domingo por precaução, já que sentiu a coxa.

O atacante Ângelo deve ficar mesmo de fora, o que tem acontecido desde o jogo contra o Unión La Calera, em partida válida pela Sul-Americana. Por outro lado, o equatoriano Jhojan Julio pode pintar entre os titulares.

Assim, o time do Santos deve ter João Paulo no gol, Madson na lateral direita, Emiliano Velázquez e Eduardo Bauermann na zaga, com Lucas Pires na lateral esquerda. Na volância, o pitbull Rodrigo Fernández, ao lado de Vinícius Zanocelo. No meio, Léo Baptistão, que vive o seu melhor momento, e Jhojan Julio. Na frente, o veterano Ricardo Goulart e o jovem Marcos Leonardo.

Joia santista em sua apresentação no clube italiano. (Créditos da imagem: Juventus / DIvulgação) 

Enquanto treinador e jogadores se preparam no centro de treinamentos, a diretoria santista e a torcida comemoram o bônus financeiro por conta de cláusulas de contrato referentes ao jogador Kaio Jorge.

Serão 1,5 milhão de euros, o que equivale a 8 milhões de reais hoje em 2022, por conta da classificação da Juventus para a próxima Champions League, além do número de jogos realizados pelo atacante.

Embora tenha ficado parte da temporada de fora por conta de uma operação no joelho, Kaio Jorge fez mais de uma dezena de partidas com o elenco profissional da Velha Senhora. Sua volta aos gramados está prevista para o mês de novembro.

E ainda podem pintar mais meio milhão de euros, ou 2,7 milhões de reais, nos cofres santistas. O zagueiro Luan Peres tem a mesma cláusula de contrato e caso o Olympique de Marselha se classifique para a Liga dos Campeões, o bônus será ativado.

Compartilhe esse conteudo