O atleta Rafael Alcântara do Nascimento é um jogador de futebol profissional brasileiro, que nasceu na Cidade de São Paulo, Brasil, no dia 12 de fevereiro de 1993.

(en.wikipedia.org) Logomarca Real Sociedad.

Muito conhecido também pelo apelido de Rafinha, o jogador é um atacante do clube espanhol, Real Sociedad, da La Liga, que está atuando por empréstimo de seu clube oficial, o Paris Saint Germain, da Liga 1.

Rafinha é um jogador jovem que está em sua plena forma. Com 29 anos, o atleta tem 1,74m de altura, pesa 71 Kg, e é canhoto.

O jogador também participa em campeonatos internacionais, defendendo a seleção brasileira e a Seleção da Espanha.

VIDA PESSOAL.

O jogador Rafinha, nasceu em uma família muito abastada, sem nenhuma dificuldade financeira. Seu pai, o famoso jogador de futebol Mazinho, foi um grande lateral direito na seleção brasileira, que venceu a Copa do Mundo FIFA 1994, e que jogou em alguns dos maiores clubes europeus.

E a mãe de Rafinha, Valéria Alcântara, era uma jogadora profissional de Vôlei, mas abandonou sua carreira quando seus filhos nasceram.

Rafinha também possui um irmão, 2 anos mais velho, o Thiago Alcântara, que nasceu em 1991, na Itália, e que também é um grande jogador, atuando hoje como um meio campista no Liverpool.

Devido às constantes viagens que seu pai Mazinho precisava fazer, Rafinha e seu irmão Tiago passaram a obter conhecimento de vários idiomas, e posteriormente, a ter contatos com os clubes de futebol mais importantes do mundo.

Rafael Alcantara Do Nascimento da Real Sociedad sendo seguido por Sergi Darder do RCD Espanyol durante a partida LaLiga Santander entre Real Sociedad e RCD Espanyol na Reale Arena em 04 de abril de 2022 em San Sebastian, Espanha. (Foto de Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images)

JOGOS INTERNACIONAIS.

Em seus jogos internacionais disputados em campeonatos mundiais, Rafinha defendeu a seleção da Espanha em seu início de carreira, atuando pelas categorias de base. E a partir de 2013, defendeu também a seleção Brasileira.

Ao jogar pela seleção espanhola, Rafinha acabou somando 14 internacionalizações por 3 equipes diferentes.

E durante uma disputa no dia 29 de fevereiro de 2012, o atleta garantiu um gol no primeiro minuto da vitória que ocorreu contra a França, em um jogo amistoso pela SUB-19, que terminou em 2x1, em Meaux, na Ile de France.

Durante o ano de 2013, Rafinha passou a representar o Brasil, pelo time SUB-20, nos jogos do campeonato Sul Americano Juvenil de futebol, que ocorreu na Argentina.

Depois de uma atuação invejável, o jogador foi um dos 7 atletas da equipe reserva, que foram escalados por Dunga, para integrar a equipe principal do time, durante os jogos da Copa América de 2015.

Neymar (D) comemora com o companheiro de equipe Rafael Alcântara após marcar um pênalti contra Honduras durante a partida da semifinal de futebol masculino dos Jogos Olímpicos Rio 2016 no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, Brasil, em 17 de agosto de 2016. (Crédito: ODD ANDERSEN/AFP via Getty Images)

Naquele mesmo ano, no mês de setembro, Dunga passou a convocar Rafinha também para disputar os jogos amistosos contra a Costa Rica e os Estados Unidos.

No dia 8 de setembro, em um confronto contra os EUA, depois de 1 minuto após entrar em campo, Rafinha garantiu seu primeiro gol, e depois ainda deu uma assistência ao lendário Neymar, que acabou marcando 2 gols durante a partida.

O jogador Hulk, garantiu mais 1 gol para o Brasil, finalizando aquela disputa em 4x1.

CLUBES INICIAIS.

BARCELONA - (equipe B reserva).

Quando Rafinha tinha 13 anos, ele ingressou no clube espanhol Barcelona FC, e no dia 8 de janeiro de 2011, fez a sua estreia pelo time reserva da equipe B, disputando um jogo contra o Girona FC, da 2ª divisão.

O seu primeiro gol junto ao Barcelona aconteceu 7 dias depois, quando a equipe de Rafinha venceu o rival, Unión Deportiva Salamanca. Aquela disputa que terminou em 3x2, ainda contou com uma assistência de Rafinha, que gerou mais um gol.

BREST, FRANÇA - 23 DE MAIO: Hugo Magneti de Brest, Rafael Alcântara, o Rafinha do PSG (à esquerda) durante a partida da Ligue 1 entre Stade Brestois 29 e Paris Saint-Germain (PSG) no Stade Francis Le Blé em 23 de maio de 2021 em Brest, França. (Foto de John Berry/Getty Images)

BARCELONA - (equipe principal).

A data de 9 de novembro de 2011 foi uma ocasião memorável para o jogador. Naquele dia, Rafinha fez a sua estreia na equipe principal do Barcelona, em um jogo contra o clube espanhol Hospitalet, pelo campeonato anual La Copa, chamada também de Copa Del Rey.

O atleta entrou em campo nos últimos 14 minutos e o Barcelona obteve a vitória de 1x0 sobre o rival.

Rafinha terminou sua temporada de jogos da Liga em 2011/2012, com um total de 39 jogos, sendo 35 deles como jogador titular e mais 8 gols feitos, incluindo 2 gols durante a derrota do clube Cartagena, que perdeu por 4x0, no dia 4 de setembro de 2011.

Depois de uma atuação surpreendente, o Barcelona renovou o contrato com Rafinha no dia 27 de junho de 2013, para manter o jogador dentro da equipe até 2016.

CELTA - (empréstimo).

Alguns dias depois, o jogador acabou migrando para o Real Club Celta de Vigo, da La Liga, como um empréstimo, que durou de 2013 até 2014. No dia 19 de agosto de 2013, Rafinha realizou sua estreia pelo Celta, da 1ª divisão, em um jogo que terminou empatado em 2x2, contra o rival RCD Espanyol.

O primeiro gol do brasileiro Rafinha durante aquele campeonato ocorreu 12 dias depois, em um jogo contra o Granada FC, que terminou com outro empate, de 1x1, disputado no Estádio Abanca Balaídos, para 29.100 torcedores.

BARCELONA -

No dia 24 de agosto de 2014, Rafael Alcântara voltou ao Barcelona e fez sua estreia novamente na Liga, e dessa vez tendo como seu treinador, o lendário e genial, Luis Enrique, considerado pela maioria como o melhor coordenador de futebol do mundo.  Naquele jogo o Barcelona venceu o rival Elche FC, por 3x0, jogando no famoso estádio Camp Nou.

Posteriormente no dia 25 de novembro, Rafinha deu uma assistência para

Lionel Messi, que garantiu seu gol e se tornou o maior artilheiro da história da Liga dos Campeões da UEFA.

Durante o campeonato da Supercopa da UEFA de 2015, Neymar acabou ficando de fora dos jogos, devido a lesões. Dessa forma, Rafinha passou a atuar pela esquerda em seu ataque, em um jogo contra o Sevilla, disputado na cidade de Tbilisi. Aquele esquema tático foi um grande sucesso, e Rafinha conseguiu garantir 3 gols naquele jogo, com um resultado vitorioso em 5x4.

Durante a temporada de 2016/2017, mesmo tendo sofrido uma grave lesão em seu joelho direito, meses antes, Rafinha ainda conseguiu garantir 6 gols em apenas 18 jogos durante o período.

INTER DE MILÃO -

No dia 22 de janeiro de 2018, o Inter de Milão obteve o jogador como empréstimo, e com possibilidade de comprá-lo por 35 milhões de Euros. Porém o atleta rompeu novamente seus ligamentos do joelho e teve que fazer novas cirurgias.

Mesmo assim, teve o seu contrato renovado até 2021, quando, porém, retornou ao Celta, como um novo empréstimo.

PSG -

No dia 5 de outubro de 2020, o Paris Saint Germain obteve o passe do jogador, totalmente recuperado de suas lesões.

No seu jogo de estreia, contra o Nimes, o PSG venceu em 4x0, com Rafinha desempenhando muito bem seu jogo, e logo no início gerando uma assistência para Kylian Mbappe, que marcou o primeiro gol da partida.

No dia 27 de dezembro de 2021, Rafinha foi jogar pelo Real Sociedad em um empréstimo durante 1 temporada.

Compartilhe esse conteudo