Conheça a história do Al-Faisaly, equipe árabe que conta com dois brasileiros conhecidos no time!

Com 68 anos de história no cenário do futebol Saudita, o time do Al-Faisaly é um dos times mais antigos do esporte local. A equipe que nunca conquistou a primeira divisão nacional, tem na sua história títulos e campanhas de destaque nas divisões inferiores.

Porém, uma conquista em especial marcou a temporada passada na equipe do Al-Faisaly: o título da Copa do Rei da Arábia Saudita. A tradicional competição local, que tem no Al-Ahli o grande vencedor do torneio, com 13 conquistas, teve a equipe do Faisaly levando seu primeiro título da competição no ano passado.

Jogador de futebol

Descrição gerada automaticamente com confiança média
Jogador do Faisaly comemora gol em partida válida pela Liga Saudita. Foto: Lance

Para fazer bonito na atual temporada do futebol saudita, dois jogadores brasileiros, conhecidos do público, foram contratados: os atacantes Clayson e Rossi, ex-jogadores do Bahia.

Ao longo da história do Faisaly, conquistas de títulos de divisões menores

Campeão da segunda divisão nacional na temporada de 2009/10, essa é a única conquista da equipe do Al-Faisaly desse torneio. Além da vitoriosa campanha na temporada de 2009/10, o vice-campeonato em 2005/06 é motivo de orgulho entre os torcedores.

Já na terceira divisão nacional, a equipe saudita teve seu destaque na temporada de 2002/03, vencendo o título nacional e conseguindo acesso à segunda divisão local. Pela quarta divisão nacional, o vice-campeonato na temporada de 2000/01, foi a melhor campanha da equipe na competição.

Na Copa do Rei, conquistada na temporada passada, a equipe do Faisaly teve um caminho complicado até a final. Das oitavas em diante, enfrentou adversários de peso. De cara, o Al-Ettifaq, e a vaga nas penalidades, depois de um empate em 0 a 0 no tempo normal.

Nas quartas, o adversário era o Al-Batin. A vitória por 2 a 1, foi um alívio para a torcida do Faisaly que acompanhou apreensiva a classificação do time árabe para a semifinal do torneio.

Uma imagem contendo pessoa, homem, segurando, jovem

Descrição gerada automaticamente
Comemoração do título nacional do Al-Faisaly. Foto: Lance

Na próxima fase, o adversário seria o tradicional Al-Nassr, do habilidoso meia brasileiro, Anderson Talisca. O jogador que foi revelado pelo Bahia, é um dos maiores destaques da equipe saudita.

A vitória por 1 a 0 do Faisaly foi um feito histórico para o clube, que chegava pela segunda vez a uma final da Copa do Rei. Na decisão, o Al Taawoun. Adversário difícil, e que havia eliminado o Al-Fateh na semifinal.

Na grande decisão, o Faisaly não tomou conhecimento do adversário, e venceu por 3 a 2, se consagrando campeão da competição nacional, pela primeira vez em sua história.

A equipe que conviveu com a realidade de divisões menores ao longo de sua história, passava a almejar sonhos maiores no cenário nacional, e a ter uma possibilidade de investimento maior no time. Com isso, dois reforços brasileiros são trazidos ao time árabe: Clayson e Rossi.

Clayson é um atacante que surgiu muito bem na Ponte Preta

O jogador que fez um bom Campeonato Paulista em 2017, teve no surgimento na Ponte Preta uma das melhores fases de sua carreira. Depois do destaque na campanha da equipe de Campinas, interior de São Paulo, e o vice-campeonato estadual daquele ano, Clayson foi vendido ao Corinthians.

No time comandado por Fábio Carille, Clayson era considerado como um 12º jogador da equipe, que entrava sempre no decorrer das partidas, e na reta final do Campeonato Brasileiro vencido pelo Timão naquele ano, assumiu a titularidade da equipe.

Clayson em 2018 e 2019, teve dificuldade em apresentar o bom futebol de 2017, e acabou sendo vendido ao Bahia, que o emprestou para o Cuiabá na sequência.

Texto

Descrição gerada automaticamente
Anúncio de Clayson feito pela equipe árabe. Foto: Portal Futebol Bahiano

No último Campeonato Brasileiro, o atacante rápido chamou a atenção dos dirigentes do Al-Faisaly pela agilidade dentro de campo, e acertou sua transferência para o clube árabe, após rescisão com o Bahia.

Por curiosidade, o Bahia rescindiu o contrato do jogador, após vazar uma acusação de agressão envolvendo o atleta e uma moça em um motel da cidade de Cuiabá. Após a polêmica, o atleta acertou sua transferência para o time árabe.

Rossi é o parceiro de ataque de Clayson na Arábia

Outro atacante que teve como destaque a passagem na Ponte Preta, Rossi tem passagens por grandes times da Série A do Brasil. Com destaque para as campanhas com o Vasco da Gama e o Bahia.

Na equipe carioca, o jogador ajudou a equipe do Vasco a se classificar para a Libertadores em 2019, competição que o clube carioca não disputava desde 2012. O atacante foi um dos destaques do time, e acabou vendido ao Bahia.

No time baiano, Rossi é ídolo da torcida e deixou a sua marca no coração dos torcedores demonstrando muita raça e disposição enquanto vestiu a camisa do Bahia. Com a campanha fraca da equipe no ano passado, o atacante ainda sobressaiu e foi um dos destaques do time.

As atuações do jogador chamaram a atenção dos dirigentes do Al-Faisaly, que firmaram a sua contratação na última janela de transferências junto ao Bahia. O jogador fez o seu primeiro gol pela equipe da Arábia Saudita há uma semana e vem ganhando o coração dos torcedores do time.

Homem segurando placa

Descrição gerada automaticamente
Rossi apresentado na equipe árabe. Foto: Jornal Correio

Na atual temporada, a chegada dos dois atacantes vem para ajudar o time a fugir das posições da parte de baixo da tabela de classificação do Campeonato Saudita de Futebol. Com 20 pontos conquistados em 19 jogos disputados, o Faisaly tem quatro vitórias, oito empates e sete derrotas no torneio.

O próximo jogo da equipe saudita pela liga é nessa sexta-feira, dia 18/02, contra o time do centroavante português Éder, Al-Raed.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no futebol da Arábia Saudita? Aqui no Bets, você não perde nenhum lance e vive antenado sobre tudo o que rola no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo