O atleta espanhol da região de Catalunha Marc Cucurella Saseta é um jogador de futebol profissional que atualmente está contratado pelo clube inglês, da Premier League, Brighton & Hove Albion FC, desde 2021.

O craque atua dentro de campo na posição de lateral esquerdo e meio campista, e usa a camisa de Nº 3.

(en.wikipedia.org) Logomarca clube Albion.

Cucurella não se encontra entre os atletas mais altos, visto que tem 1,72m de altura, pesa aproximadamente 66 kg e é um jogador canhoto.

Cucu, como é chamado carinhosamente por seus amigos mais achegados, além de representar muito bem o seu clube inglês, também participa ativamente defendendo a seleção da Espanha, sua terra natal, desde 2014, quando começou a disputar jogos mundiais pela seleção SUB-16.

Cucurella Saseta nasceu no dia 22 de julho de 1998, no município de Alela, na Catalunha, região nordeste da Espanha.

Um fato interessante sobre o craque é que ele começou sua carreira no mundo esportivo jogando Futsal inicialmente, com 4 anos de idade, em uma associação esportiva local em sua cidade, a FS Alella.

Seus pais, Oscar Cucurella e Patricia, acreditavam que o Futsal, por ter uma abrangência de campo menor, daria uma boa base para que seu filho pudesse adquirir mais habilidades para o futebol oficial adulto, no futuro.  

PRIMEIROS CLUBES.

RCD ESPANYOL - (futebol amador)

Depois de ter recebido treinamentos relacionados com o Futsal, Marc passou a fazer parte do clube de futebol, o RCD Espanyol de Barcelona, com cerca de 8 anos de idade, e ingressou no time de atletas amadores, na modalidade juvenil.

O jogador mirim permaneceu junto à equipe do Espanyol por cerca de 6 anos,  e depois de receber orientações técnicas e treinamentos avançados, pela modalidade juvenil, o craque foi se desenvolvendo, e chegou a disputar jogos também pelas categorias de base do clube, sempre se dedicando muito.

Em 2012, o craque seguiu em frente para outro clube, o Barça, da La Liga, da 1ª divisão.

(lifebogger.com) Marc Cucurella, defendendo seu clube SD Eibar, no enfrentamento contra Messi, do Barcelona, em 2018.

FC BARCELONA - (amador e profissional)

A partir do final do ano de 2012, Maec Cucurella passou a treinar e aperfeiçoar seu estilo de jogo junto ao Barcelona, ainda pela equipe de amadores. Depois de alguns anos recebendo mais treinamentos, em 2016, o jovem Marc, então com 18 anos, passou a fazer parte da equipe sênior de futebol, junto ao Barça.

No dia 26 de novembro de 2016, ele realizou sua estreia junto ao time reserva, pela equipe do Barcelona B, o time de jogadores profissionais iniciantes.

Naquela estreia, Marc disputou um jogo contra o clube Centre d’Esports l'hospitalet, da 2ª divisão B, e a equipe brilhou em campo, com o Barcelona vencendo por 4x0, e fazendo muito feliz seu treinador, Gerard Lopez.

Com o tempo, Marc chegou a disputar ao todo, 17 partidas pela equipe de reservas, e o grupo conseguiu ser promovido para a 2ª divisão, nos playoffs.

Depois de brilhar dentro de campo e mostrar claramente todo o seu potencial de jogo, no dia 7 de julho de 2017, o craque foi convidado para fazer a renovação de seu contrato junto ao Barcelona, pela equipe principal de futebol profissional. O contrato renovado teve a validade para até 2021, e apresentava uma cláusula no valor de € 12 milhões de euros.

(futebolnaveia.com.br) Marc Cucurella atuando de forma brilhante em defesa do Getafe CF, em 2020.

Marc Cucurella realizou sua estreia profissional pela equipe principal, no dia 1º de setembro de 2017, em uma partida, jogada fora de casa, e que empatou em 2x2,   contra o espanhol CF Granada.

Marc realizou uma outra estreia importante também, e com vitória pela equipe principal, disputando pela primeira vez a Copa Del Rey, em um jogo contra o rival Real Murcia CF, que foi derrotado naquele jogo por 3x0.

O primeiro gol marcado por Cucurella aconteceu durante a disputa contra o clube espanhol, Lorca Futebol Clube, que garantiu a vitória do Barcelona. O rival Lorca acabou sendo derrotado por 1x0, com aquele único gol de Marc, durante a partida.

SOCIEDAD DEPORTIVA EIBAR - (empréstimo)

No dia 31 de agosto de 2018, o craque foi enviado para o clube basco, SD Eibar, da La Liga, como um acordo de empréstimo, pelo período de 1 ano, e uma cláusula contratual de rescisão no valor de € 2 milhões de euros.

Naquele período junto ao clube Eibar, Marc acabou se destacando em todos os jogos que participou, fazendo a diferença dentro da equipe e “turbinando” seus colegas do time, como um verdadeiro jogador titular.

Maravilhados com a atuação do craque, a diretoria do clube basco acabou decidindo acionar sua cláusula contratual, no final do empréstimo, pagando o valor estipulado em contrato, para tornar Cucurella um jogador permanente dentro da equipe.

A diretoria do Barcelona concordou, mas incluiu junto ao novo contrato de transferência, uma cláusula de direito para recompra do jogador, no valor de € 4 milhões de euros.

GETAFE CF - (empréstimo)

No dia 16 de julho de 2019, depois de completar 16 dias como um jogador permanente junto ao clube Eibar, o Barcelona decidiu acionar seu direito contratual para adquirir novamente o craque pela recompra, e pagou os valores combinados em contrato.

Novamente com a posse de Marc Cucurella, o Barcelona enviou o craque para o clube espanhol Getafe CF, em um acordo de empréstimo, faltando apenas 2 dias para o início da próxima temporada.

O contrato feito com o Getafe incluía uma opção de compra do jogador, no valor de € 6 milhões de euros, e mais os adicionais de 40 % dos direitos restantes, direcionados para o Barcelona.

Em menos de 1 ano após o acordo, no dia 3 de março de 2020, o clube Getafe acionou a cláusula contratual que dava direito de compra do craque, e pagou o valor em contrato, eliminando portanto, qualquer tipo de vínculo de Cucurella com o Barcelona.

Durante o período de 2020/2021, o clube Getafe pôde contar com a ótima atuação de Cucurella. Porém diversos outros clubes já vinham pesquisando sobre opções de compra do jogador Marc, sempre em constante ascensão.

BRIGHTON & HOVE ALBION FC -

Depois de sofrer muita pressão para tentar segurar o craque dentro de sua equipe, o Getafe cedeu, e Cucurella acabou sendo levado pelo clube inglês, da Premier League, Brighton & Hove Albion.

(spy sports.net) Marc Cucurella atuando pelo Albion, em 2022. Rumores indicam que o Chelsea tem demonstrado grande interesse em levar o craque.

No dia 31 de agosto de 2021, Marc Cucurella assinou um contrato junto ao clube inglês, válido por 5 anos, e realizou sua estreia no dia 11 de setembro, em uma disputa contra o Brentford, que foi derrotado naquele dia, por 1x0. Marc jogou naquela ocasião durante os 82 minutos defendendo The Seagulls, e exerceu o papel de jogador titular da equipe.

No dia 19 de setembro de 2021, Marc realizou sua estreia jogando em casa, pelo Albion, em um enfrentamento contra o Leicester City, que perdeu o jogo naquela ocasião, por 2x1, com Marc Cucurella disputando toda a partida completa.

E no dia 29 de dezembro, em um jogo importante contra o Chelsea, a equipe Albion já estava praticamente derrotada em 1x0, no final da partida.

De repente, o craque Cucurella lançou um cruzamento bem longo, em uma bola alta para perto da área, que permitiu que Danny Welbeck, que estava no lugar perfeito e na hora exata do cruzamento, finalizasse a sua cabeçada certeira e rápida para dentro do gol do Chelsea, garantindo assim um gol de salvação, aos 90 + 1 minuto de acréscimo, terminando empatado em 1x1.  

Compartilhe esse conteudo