O Purdue Boilermakers é uma equipe esportiva universitária que representa a Purdue University, localizada na cidade de West Lafayette, no estado de Indiana.

Um de seus times mais dominante é o de basquete feminino que, em toda sua história, dominou a conferência Big Ten, sendo o maior campeão da região e classificando-se 26 vezes para o torneio da NCAA.

Além dos diversos títulos regionais, o Purdue Boilermakers foi campeão nacional uma única vez na história da NCAA, feito difícil de ser alcançado em uma liga com centenas de times competitivos.

A equipe também está no top 10 nacional de maior número de vitórias de jogos em casa, demonstrando a força de sua torcida.

Jogadoras. Purdue Exponent. https://www.purdueexponent.org/sports/womens/basketball/article_9cd69b4a-7a5c-11ec-ae47-57c9e4e23e45.html

Esses jogos em casa acontecem na Mackey Arena, um ginásio poliesportivo localizado dentro do campus com capacidade máxima para quase 15 mil espectadores.

Até o final da temporada 2020-2021, a equipe registrava um recorde de 885 vitórias e 510 derrotas, um alto aproveitamento de 63% das partidas.

Esses dados demonstram a força histórica que a equipe tem, sendo uma das mais tradicionais e respeitadas no cenário universitário nos Estados Unidos.

Além disso, a equipe, suas jogadoras e treinadores já receberam diversos prêmios por destaque de performance. Assim, o Purdue Boilermakers levou diversas atletas às ligas profissionais internacionais como a WNBA.

Por fim, possuem uma das maiores torcidas do basquete feminino na NCAA, o que ajuda a equipe a enfrentar seus adversários em casa.

Caso você seja um amante do basquete, precisa conhecer a história e todas as informações importantes sobre essa forte equipe.

Pensando nisso, preparamos esse texto com a trajetória, glórias e situação atual da equipe de basquete feminino do Purdue Boilermakers.

Dominância do Purdue Boilermakers no Big Ten e na NCAA Division 1

Foto de comemoração do título da conferência Big Ten pelo Purdue Boilermakers - Fonte: Reprodução/Twitter (https://twitter.com/PurdueWBB/status/1501228760536088579/photo/1

A história da equipe começa em 1975, quando começou a disputar as ligas regionais no início da organização do basquete feminino universitário, antes mesmo do surgimento da NCAA em 1982.

Mas a história de sucesso do Purdue Boilermakers no basquete feminino moderno começa em 1987 com a chegada da treinadora Lin Dunn.

Em sua primeira temporada (1987-1988), levou a equipe ao vice-campeonato da WNIT, segundo maior torneio da NCAA Division 1.

Na temporada seguinte, levou a equipe a sua primeira aparição na NCAA após uma campanha com 24 vitórias e apenas 6 derrotas.

Em sua carreira como treinadora do Purdue Boilermakers, conquistou o título de conferência na temporada regular por 3 vezes (1991, 1994 e 1995).

Sua melhor temporada foi a 1993-1994, quando ajudou a equipe a conquistar 29 vitórias e perder apenas 5 jogos. Na NCAA desta temporada, chegou ao top 4 nacional (Final Four).

Com sua saída em 1996, Nell Fortner assumiu por apenas uma temporada, levando a equipe ao título de conferência da temporada regular com 17 vitórias e 11 derrotas.

Nas duas próximas temporadas assumiu Carolyn Peck, que conquistou um título do torneio da conferência, um título da temporada regular e, o maior título da história do Purdue Boilermakers, o nacional da NCAA Division 1 em 1999.

A treinadora obteve resultados tão expressivos que foi a primeira treinadora mulher a ser contratada por um time da WNBA em 1999, não continuando no time universitário após o título nacional.

Foi contratada então a treinadora Kristy Curry, responsável por comandar a equipe em dois títulos de temporada regular e 3 títulos do torneio de conferência.

Sua melhor temporada com a equipe foi 2000-2001 quando, além do título da temporada regular, chegou à final da NCAA D1, perdendo para Notre Dame por uma diferença de 2 pontos na partida que terminou 68-66.

Em 2006, assumiu a treinadora da equipe, Sharon Versyp, que teve altos e baixos com a equipe. Em 15 temporadas comandando a equipe, registrou 301 vitórias e 192 derrotas.

Apesar do bom saldo positivo de vitórias, conquistou apenas 4 títulos do torneio de conferência na Big Ten. Já na NCAA, seu melhor desempenho foi levar o Purdue Boilermaker por 2 vezes ao top 8 nacional (Elite Eight).

Devido a uma sequência de temporadas ruins, deixou a equipe depois da temporada 2020-2021.

Agora, quem assumiu a equipe para a atual temporada foi Katie Gearlds, ex-jogadora do time que chegou com a missão de resgatar os dias de glória da equipe.

Em sua primeira temporada, encontrou algumas dificuldades nos jogos da conferência, marcando 7 vitórias e 11 derrotas. Já na temporada geral, ficou positiva com 16 vitórias e 14 derrotas, terminando na 9ª colocação da conferência Big Ten.

No torneio da conferência, acabou perdendo no primeiro jogo, o que acabou por selar qualquer chance que o Purdue Boilermaker teria de ser selecionado para a NCAA Division 1 edição 2022.

Porém, a treinadora foi contratada para um trabalho de médio a longo prazo, então terá tempo para reestruturar a equipe e trazer melhores resultados.

Foto de comemoração do título da conferência Big Ten pelo Purdue Boilermakers - Fonte: Reprodução/Twitter (https://twitter.com/PurdueWBB/status/1501228760536088579/photo/3

Elenco e destaques

A equipe feminina de basquete do Purdue Boilermaker foi responsável por revelar grandes jogadoras durante sua história. Diversas delas chegaram à WNBA e outras ligas profissionais internacionais.

O elenco da equipe já conquistou 42 prêmios individuais por performance durante a temporada regular e os torneios de conferência.

Além disso, as treinadoras da equipe também já receberam por 7 vezes premiações por seus trabalhos.

Confira abaixo a equipe que disputou a temporada 2021-2022 pelo Purdue Boilermaker e quais foram seus destaques que podem chegar às ligas profissionais nos próximos anos.

Elenco 2022

  • Rokia Doumbia
  • Abbey Ellis
  • Nyagoa Gony
  • Cassidy Hardin
  • Ra Shaya Kyle
  • Madison Layden
  • Ava Learn
  • Roxane Makolo
  • Brooke Moore
  • Mide Oriyomi
  • Jayla Smith
  • Ajah Stallings
  • Jeanae Terry
  • Skye Williams
  • Rickie Woltman

Destaques da temporada

Foto de Madison Layden, destaque ofensivo do Purdue Boilermakers - Fonte: Reprodução/Twitter (https://twitter.com/PurdueWBB/status/1499442419997323275/photo/1

A equipe contou com diversas jogadoras que se destacaram nesta temporada individualmente e coletivamente.

O primeiro destaque fica para Madison Layden, líder da média de pontuação empatada com Abbey Ellis, ambas com 11,6 pontos por partida.

Outro grande destaque foi Jeanae Terry, líder nas médias de rebote (6,9) e de assistências (5,8).

Por fim, a capitã Ra Shaya Kyle demonstrou constância ao acertar 55% dos seus arremessos, mantendo média de 11 pontos e 5,7 rebotes por jogo.

Compartilhe esse conteudo