Saiba como os times paraguaios usam esse torneio para a preparação do restante da temporada

Com o início da maior competição nacional em 1906, o Campeonato Paraguaio desde 2008, é disputado em dois torneios, que funcionam como uma espécie de turno e returno, e é um modelo adotado por outros países do futebol da América do Sul.

O primeiro campeonato, o Torneo Apertura, tem o início no começo da temporada do futebol paraguaio, e reúne todos os clubes da elite do futebol nacional. Na sequência, o Torneo Clausura, fecha a temporada do futebol local.

Grupo de pessoas em fardas militares

Descrição gerada automaticamente com confiança média
Jogadores comemoram título do Torneo Apertura. Foto: Blog Troféus do Mundo

Entre os maiores vencedores de todos os tempos, o Olimpia tem 45 títulos do Campeonato Nacional, e é o grande ganhador de títulos dessa competição. Na sequência, o Cerro Porteño tem 34 taças conquistadas, Libertad (21), Guaraní (11), Nacional (9), Sportivo Luqueño e Sol de América (2), e Presidente Hayes (1), fecham a lista dos vencedores.

O torneio nacional que reúne os grandes times do país, tem no Olimpia a equipe mais tradicional, e a única a conquistar a Copa Libertadores da América, principal competição da América do Sul. Depois, outros times como Cerro Porteño, Nacional e Guaraní, obtiveram campanhas grandiosas no torneio continental, mas sem êxito na busca pela taça.

O Olimpia é o grande time paraguaio da história

Vencedor da Copa Libertadores da América nos anos de 1979, 1990 e 2002, o tricampeão da competição continental é o time com o maior número de troféus em sua galeria ao longo da história.

Além de principal expoente nacional nas competições continentais, o Olimpia tem ao longo de sua história, 45 títulos nacionais do Campeonato Paraguaio de Futebol, vencendo o Apertura nos anos de 2018 e 2019.

Grupo de pessoas dançando

Descrição gerada automaticamente com confiança baixa
Olimpia comemora sua última conquista da Libertadores em 2002. Foto: Portal Goal

O time de Assunção vê nos rivais Cerro Porteño e Libertad, os grandes adversários do cenário local, em busca dos troféus paraguaios. Pela Copa do Paraguai, o Olimpia coleciona oito conquistas, nos anos de 1943, 947, 1948, 1951, 1976, 1979, 1992 e 2021.

Fora as conquistas firmadas em solo paraguaio, o destaque para os vice-campeonatos do Torneo Apertura, são lembrados pela torcida local, nos anos de 2011, 2012, 2016, 2020 e 2021.

O Cerro Porteño busca ter a primeira alcançar o rival Olimpia nas conquistas nacionais

Outro gigante do futebol do Paraguai, o Cerro Porteño é detentor de 34 conquistas nacionais do Campeonato Paraguaio de Futebol. A equipe da capital do país, rivaliza com o Olimpia pelo posto de grande time local. Dos 34 títulos do Campeonato Paraguaio, o Cerro vence o Apertura em 2009, 2012, 2015 e 2020.

Ao longo da história, as campanhas do Cerro na Copa Libertadores, não foram de grande destaque. A exceção fica por conta do time que encarou o Santos de Neymar em 2011.

Com o início da disputa para o time paraguaio, ainda na fase inicial do torneio, o Cerro garantiu a vaga à próxima fase, depois derrotar o Deportivo Petare (Venezuela) em dois jogos.

O Cerro terminou a fase de grupos como o líder do Grupo 5, que tinha ainda Santos (Brasil), Colo Colo (Chile) e Deportivo Táchira (Venezuela). Na fase seguinte, o adversário seria o Estudiantes (Argentina).

Fogos de artifício no céu

Descrição gerada automaticamente com confiança média
Torcida do Cerro é uma das maiores do Paraguai, e costuma fazer uma festa linda no Defensores Del Chaco. Foto: Trivela

Em dois jogos marcados pela igualdade no marcador, o Cerro Porteño conseguiu avançar nas penalidades e disputaria as quartas de final da competição continental contra o time mexicano do Jaguares, e levaria a melhor depois de empatar fora de casa e vencer no Defensores Del Chaco.

O estádio do time, por curiosidade, é um dos mais temidos pelos jogadores da América do Sul. Conhecido pela proximidade do campo, e a força da torcida do time, que canta o jogo todo, é um dos mais difíceis da América do Sul.

Na semifinal, o confronto contra o Santos foi marcado pela derrota sofrida no Pacaembu lotado, com mais de 30 mil santistas. Neymar foi o grande nome do jogo. Na volta, não foi diferente, e o atacante decidiu novamente para o Santos, que garantiu o empate em 3 a 3 contra o Cerro. Aquela foi a temporada de melhor campanha da história do Cerro em toda a história da Copa Libertadores.

O Libertad acumula conquistas nacionais importantes

Dono de 21 conquistas do Campeonato Paraguaio, o Libertad fecha o top 3 dos times mais vencedores da competição nacional. Ao longo de sua história, a conquista do Apertura esteve presente nos anos de 2008, 2014, 2016, 2017 e 2021.

O clube é um dos mais populares do Paraguai, e tem na sua torcida uma das armas da equipe nos jogos em casa. Pela Copa Libertadores da América, a mais recente campanha de sucesso do time, foi no ano de 2006.

Começando a competição no Grupo 8, com River Plate (Argentina), El Nacional (Equador) e Paulista (Brasil), o time paraguaio foi o líder de seu grupo. Depois disso, encarou o Tigres do México (oitavas de final) e o River Plate (quartas), até parar no Internacional (Brasil).

Jogador de futebol no campo

Descrição gerada automaticamente
Jogadores do Inter comemoram a classificação para a final da Libertadores de 2006. Foto: Torcedores

O Colorado gaúcho foi o campeão daquele ano, e eliminou os paraguaios do Libertad, empatando o jogo no Paraguai, e vencendo por 2 a 0 em casa.

Com a bola rolando nos gramados paraguaios para o ano de 2022, os times ainda iniciam as atividades depois das férias. Três rodadas foram disputadas do Torneo Apertura, e os quatro primeiros colocados são Resistencia, Cerro Porteño, Libertad e Sol de América, respectivamente.

Quer ficar ligado em tudo o que acontece no futebol paraguaio? Aqui no Bets, você não perde nenhum lance e vive antenado sobre tudo o que rola no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo