O FK BSK Borča tem mais de 8 décadas de história, tendo apenas uma conquista da segunda liga do campeonato sérvio, na temporada de 2008-2009, a melhor da história do clube.

(Créditos da imagem: https://en.wikipedia.org/wiki/FK_BSK_Bor%C4%8Da#/media/File:FK_BSK_Borca.png)

Fundação

Conhecer a história do BSK é também entender tudo o que foi acontecendo na história do leste europeu durante os dois últimos séculos. Essa região sofreu muito com as guerras mundiais, além dos conflitos decorrentes por conta das lutas pela independência dos territórios pertencentes à União Soviética.

Assim, o BSK Borča foi fundado em primeiro de abril de 1937, tendo disputado a sua primeira partida já no mês seguinte, com uma vitória de 4 a 2 sobre o Bačko Petrovo Selo.

O curioso de sua fundação foi reunir mesmo moradores da localidade, entre os quais se ressalta o nome de Maksin Vitomir, ao lado de Firez Steva e Florin Ljuba, fundamentais para a criação dessa associação futebolística.

Vitomir, inclusive, teve a honra de assumir o cargo de presidente do BSK, cujas iniciais significam simplesmente Borča Sports Club. Além de sua função honorária, Vitomir também era muito ativo, doando equipamentos e mobilizando a região para fazer o seu sonho se tornar realidade.

As cores do clube são o azul (uniforme quando joga em casa) e branco (vestimenta em estádios alheios). As listras verticais lembram bastante o uniforme do clube do norte de Portugal, o Porto, ou então do espanhol Deportivo La Coruña.

(Créditos da imagem: https://www.facebook.com/FK-BSK-BORCA-386210834796867/community/)

A década de 1930 viu o período dourado do BSK, com incríveis cinco títulos do Kingdom of Yugoslavia League, que aconteceu de 1923 a 1940. Assim, o BSK levantou o troféu em 1931, 1933, 1935 e 1936, além de uma última conquista em 1939.

Ainda houve mais quatro vice-campeonatos, o que demonstra a sua força nesses anos imediatamente anteriores à eclosão do conflito armado de escala planetária.

Durante a Segunda Guerra Mundial (de 1939 a 1945), o BSK interrompeu as atividades, retornando oficialmente apenas em 1947. Logo em seguida, passou a se chamar Hadjuk, dissolvendo o clube em 1951. Contudo, a partir de 1953, retornou como BSK, sem mudar de nome desde então.

1993 marca um período de nova ascensão, sob o comando de Dragomir Vasić. Funcionando como uma espécie de Bandeira de Melo para o Flamengo, Dragomir Vasić sanou as dívidas do clube, alcançando um bom equilíbrio financeiro. Isso possibilitou aumentar a capacidade do estádio do BSK para mil lugares sentados.

Subindo cada vez mais as divisões inferiores do futebol sérvio, o BSK conseguiu alcançar a segunda divisão em 1998, embora mantendo sempre um estilo iÔ-iô, no sobe e desce. Logo a distinção mais honrada do clube viria coroar o lento e paciente trabalho de reconstrução e melhorias desportivas.

Conquista da segunda divisão

A temporada 2008-2009 marcou o melhor momento do BSK Borca em toda a história, coroado com o título da segunda divisão sérvia, também chamada de Prva Liga Telekom Srbija. O caneco deu a chance ao BSK Borca de disputar a SuperLiga no ano seguinte.

Mas a campanha foi mesmo excepcional, com 4 pontos de vantagem sobre o segundo colocado. Em 34 partidas, foram 20 vitórias, 10 empates e apenas 4 derrotas. O bom desempenho defensivo, com uma defesa que sofreu apenas 16 gols, garantiu a pontuação extraordinária.

Jogadores do BSK Borca preparados para entrar em campo numa partida válida por divisão inferior à Super Liga da Sérvia. (Créditos da imagem: https://alchetron.com/FK-BSK-Bor%C4%8Da)

Participação na primeira divisão sérvia

No total, de 2006 a 2021, o BSK já disputou 120 partidas na primeira divisão sérvia. São 31 vitórias, 30 empates e 59 derrotas. Sua melhor colocação foi um honroso décimo primeiro lugar. Como dá para ver pelos números, conseguir se manter na primeira divisão já é motivo de orgulho, uma vez que o clube possui quase o dobro de derrotas em relação ao número de vitórias.

Viselj Park

Nomeado em homenagem ao estádio do inglês Aston Villa (Villa Park), o Viselj Park também já foi chamado de Špinjata. Desde 1937 na mesma rua, a sua primeira tribuna só foi construída na década de 1990, sendo que as cadeiras só surgiram em 2007.

A partir de 2009, novos melhoramentos foram realizados no estádio, como a inclusão de uma arquibancada no setor oeste. No momento, sua capacidade é de apenas 3 mil espectadores, sendo que há planos para mais três arquibancadas.

Dessa forma, a previsão é quase triplicar o número de público, subindo para 8 mil lugares, até mesmo com piscina e complexo hoteleiro dentro do estádio.

Já existe um restaurante com capacidade para 300 cadeiras, além de 16 quartos de luxo.Entre os benfeitores do BSK Borca, estão os nomes incontornáveis de Dragomir Vasić e Obrad Ćesarević.

Contudo, para disputar a primeira divisão do campeonato sérvio, o BSK teve de mudar de casa, mandando seus jogos no Youth Stadium, em Belgrado, uma vez que o Viselj Pak não possui capacidade mínima de acordo com as regras da federação.

Visão da arquibancada com a sigla que dá nome ao clube (BCK), além da tribuna principal, com os bancos de reserva e a entrada/saída para os vestiários (Créditos da imagem: https://www.fkbskborca.rs/stadion/ )

Temporada 2021-22

Atualmente, o BSK disputa a SRPSKA Liga "Beograd", ou seja, a terceira divisão da liga sérvia. Ocupando a quinta colocação, com 28 pontos, 9 atrás do primeiro colocado, o OFK Belgrad, o BSK Borca tem 9 vitórias, um empate e 5 derrotas, com um saldo positivo de 7 gols (sendo 23 a favor e 16 contra).

Seu último jogo foi uma derrota para o Radnicki por 1 a 0 fora de casa. O próximo compromisso é contra o Zvezdara, também fora de casa, em 5 de março de 2022. O site oficial dá como previsão um relato da peleja ao vivo para os torcedores.

Dessa forma, a distância para o OFK Belgrad e a dificuldade em vencer partidas fora de casa fazem crer que o BSK Borca continuará na segunda divisão ao menos por mais uma temporada, embora uma arrancada final e um bafejo da sorte possam desequilibrar o campeonato a seu favor.

Compartilhe esse conteudo