Os gols de Matheus Cunha e Malcom foram suficientes para garantir a vitória, apesar do impressionante empate de Mikel Oyarzabal.

Artilheiros do gol: Cunha 45+2', Malcom 108'; Oyarzabal 61'.

A Espanha quase assumiu a liderança quando Dani Olmo teve um chute livre na caixa de 3 metros, mas Diego Carlos foi capaz de interceptar a bola e acrobáticamente limpá-la fora da linha.

Mas os brasileiros estavam levando a melhor e depois que Richarlison falhou de perto, o atacante do Everton errou um pênalti depois que Unai Simón colidiu com Matheus Cunha.

No primeiro tempo de paralisação, Cunha finalmente conseguiu sua vingança sobre Simón para colocar o Selecão na frente.

Após o intervalo, a Espanha saiu muito melhor e empatou através de Mikel Oyarzabal, que finalizou uma jogada brilhante com um excelente voleio para o Santos no gol.

La Roja quase conseguiu a vitória na etapa final quando o cruzamento de Óscar Gil acertou a trave, antes de Bryan Gil acertar a trave novamente com um brilhante chute de longa distância.

Mas foi o Brasil que garantiu a vitória através do substituto Malcom, que passou por Jesús Vallejo antes de derrotar Simón para dar ao seu país uma segunda medalha de ouro.

Compartilhe esse conteudo