Pedro marcou o segundo gol, fazendo uma partida com muita garra e elegância na hora de balançar as redes

O Flamengo empatou em Córdoba com o Talleres por 2 a 2 pela quarta rodada da Copa Libertadores da América, no começo da noite de quarta-feira (4/5), e está com a classificação encaminhada no grupo H.

Após muitas críticas, o centroavante Pedro tem dado a volta por cima e marcou pelo segundo jogo consecutivo. (Créditos da imagem: https://twitter.com/LibertadoresBR/status/1522003404423409665

Ainda invicto na competição internacional sul-americana, o Flamengo soma 10 pontos, ao passo que Talleres vem na vice-liderança com 7, enquanto Universidad Católica tem 3 e o Sporting Cristal está zerado. Ambos se enfrentam no fim desta noite, no estádio Nacional de Lima.

Como foi o jogo

Os primeiros dez minutos mostraram duas equipes se estudando. Bruno Henrique arrancou pela esquerda e levou perigo. Um pouco depois, David Luiz perdeu na corrida para Girotti, que cruzou para Santos desperdiçar de cabeça na pequena área.

William Arão mais uma vez deu calafrios nos torcedores rubro-negros. (Créditos da imagem: https://twitter.com/sbt_sports/status/1522001960647499776

Pablo sentiu com doze minutos e foi substituído por Andreas Pereira. Willian Arão foi recuado para a zaga. O goleiro Santos teve de trabalhar para defender um tiro de cabeça do zagueiro Catalan.

O lado esquerdo do Flamengo era bastante vulnerável. Filipe Luiz estava mal, sofrendo para marcar Godoy, de 20 anos, e os volantes não davam cobertura para ele. Por outro lado, o rubro negro só atacava por esse setor, aproveitando o espaço na defesa adversária.

O Talleres abriu o placar aos 34 minutos, numa lambança de Willian Arão. Sozinho dentro da área, ele deu um carrinho tentando cortar a bola e encobriu Santos. Foi o seu quarto gol contra com a camisa do Fla.

No finzinho da etapa inicial, o Mengão empatou com Bruno Henrique mas Gabigol estava impedido. Ele participou antes, cabeceando no goleiro.

Após a descida para os vestiários, o atual vice-campeão voltou determinado a empatar o jogo. Arrascaeta, de fora da área, dominou com o pé esquerdo e soltou uma bomba sem chances para o goleiro adversário, empatando o jogo. Foi o seu décimo gol de fora da grande área pelo Mengão.

Porém, os primeiros quinze minutos do segundo tempo foram frenéticos. Logo em seguida, Michael Santos desempatou para o Talleres, tirando do goleiro Santos. O lateral Isla deu mole na marcação do atacante argentino.

Paulo Sousa foi obrigado então a abrir o time, em busca de mais um empate. O treinador português mandou o Flamengo à frente. E foi o centroavante Pedro quem marcou logo em seu primeiro toque na bola.

Ele recebeu um belo lançamento de Gabigol e entrou no um-contra-um diante do goleiro: cavadinha por cima, o suficiente para a bola morrer dentro do gol. Foi o seu quadragésimo sexto com a camisa rubro-negra.

Agora, o Flamengo mantém um tabu: não perdeu nos últimos onze jogos como visitante na Libertadores (8 vitórias e 3 empates).




Compartilhe esse conteudo