Equipe paranaense agora encara o Coritiba na grande decisão do Campeonato Paranaense

Em partida válida pelo segundo jogo da semifinal do Campeonato Paranaense de 2022, Maringá e Operário brigavam por uma vaga na grande decisão do torneio estadual da atual temporada.

Depois do empate em 1 a 1 na primeira partida, a igualdade se manteve no segundo jogo. Mas dessa vez, o 0 a 0 foi o placar final da decisão. Vale ressaltar, que o Operário teve um volume de jogo intenso, e só não venceu a partida, por conta da ótima partida do goleiro do Maringá.

Homens jogando futebol de campo

Descrição gerada automaticamente
Maringá e Operário fizeram bom jogo no final de semana. Foto: Um Dois Esportes

Dheimison teve destaque em seis lances de perigos envolvendo o time do Operário. Para a grande decisão, o primeiro jogo será em Maringá, na quarta-feira (30/03) a partir das 20:00 (horário de Brasília), e a segunda partida, no domingo (03/04), às 16:00.

Domínio do Operário é a marca do primeiro tempo

Mesmo jogando fora de casa, o time do Operário foi com tudo para vencer o rival na disputa pela vaga na final do campeonato estadual. Como dito antes, o goleiro Dheimison, foi o grande destaque, e fez seis defesas impressionantes.

Os chutes de Paulo Sérgio, Reina, Marcelo e Thomaz (duas oportunidades), levaram grande perigo ao gol do Maringá. Pelo lado do Maringá, a equipe mandante teve um gol anulado na etapa inicial pelo árbitro, marcado por Matheus Bianqui, que tinha feito a falta no começo do lance.

Jogador de futebol com jogadores no campo

Descrição gerada automaticamente
Operário levou perigo ao time do Maringá. Foto: Um Dois Esportes

Para o segundo tempo, o Maringá precisaria melhorar a parte ofensiva, para abrir o marcador e levar a decisão no tempo normal. Porém, o que se viu, foi a dificuldade mantida no confronto, com poucas oportunidades criadas.

Com o segundo tempo, o domínio do Operário é mantido

Ao longo dos 45 minutos finais de jogo, o time do Operário retorna a criar as melhores oportunidades, e Reina, logo no início da etapa final, acerta a trave do Maringá, assustando os torcedores da equipe.

Depois disso, o Maringá cresce no segundo tempo, e tem em Felipe Saraiva, o jogador responsável pelo lance de maior perigo da equipe mandante. Após boa jogada, Saraiva caiu dentro da área. O árbitro, próximo do lance, nada marcou.

Homens jogando futebol de campo

Descrição gerada automaticamente
Maringá se segurou como pôde durante a partida. Foto: Um Dois Esportes

Com o término da etapa final, as penalidades se apresentavam como a dura realidade encarada pelas equipes, e Dheimison teria um papel fundamental, para o time do Maringá, na grande decisão.

Nas cobranças do time mandante, Felipe Saraiva, Robertinho, Anderson Ceará, Brito e Ronald, converteram as penalidades para o Maringá. Pelo lado do Operário, Paulo Sérgio, Thomaz e Rafael Chorão fizeram os gols. Na quarta cobrança, Fernando Neto bateu e viu Dheimison brilhar, defendendo sua penalidade.

Homem com luva em campo de futebol

Descrição gerada automaticamente
Dheimison comemora após a partida com a torcida do Maringá. Foto: Portal Hoje Mais

Após o jogo, a comemoração da torcida do Maringá, com a vaga garantida para a decisão do estadual, era algo emocionante. Agora, a equipe paranaense encara o Coritiba, que vem de bons jogos na semifinal, contra o Athletico. Depois de vencer o Furacão na Arena da Baixada, o empate em casa, deu a vaga ao Coxa, para a grande decisão.

Quer ficar ligado em tudo o que acontece no futebol do Sul do país? Aqui no Bets, você não perde nenhum lance e vive antenado em tudo o que rola no mundo da bola!
Compartilhe esse conteudo