Rigoni e Jean marcaram os primeiros gols da partida. Nikão perdeu pênalti para o time da casa

Na tarde deste sábado (19), o São Paulo entrou em campo pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. Botafogo-SP, em busca da vitória para se classificar, foi o adversário do tricolor, que já tinha presença garantida nas quartas de final.

Com o placar de 2 a 1, o mandante saiu vitorioso, e garantiu a segunda melhor campanha na classificação geral, atrás apenas do rival Palmeiras. Derrotado, o Botafogo-SP está fora da fase mata-mata da competição, perdendo a vaga para o Ituano.

O jogo

Primeiro tempo

A partida começou com enorme controle do tricolor que, embalado pelo cântico de mais de 21 mil torcedores no Morumbi, abriu o placar ainda nos primeiros cinco minutos. Rigoni foi responsável por marcar o primeiro gol da partida, aos cinco minutos do primeiro tempo.

Afastada pela zaga do Botafogo-SP, a bola sobrou para Rigoni que cruzou fechado. Todos assistiram o tiro perigoso, que passou direto e foi rumo ao gol, sem chances de defesa para o goleiro.

Image
O camisa 7, Rigoni, marcou seu segundo gol com a camisa do São Paulo na temporada. Foto Twitter / @saopaulofc

O tricolor conseguiu conduzir o primeiro tempo com maestria, sem sofrer sustos. Teve algumas oportunidades desperdiçadas ainda na primeira etapa, com Calleri aos 21 minutos, quando finalizou para fora após receber assistência de Rigoni.

Alisson, Igor Gomes, Patrick e Rigoni também deixaram passar grandes bolas, perdendo a oportunidade de ampliar o placar. O camisa 7, por sua vez, estava de cara para o gol sem goleiro, mas finalizou longe das redes.

Segundo tempo

O tricolor voltou com postura mais recuada para a etapa final da partida. Rogério Ceni optou por tirar Nathan, Calleri e Patrick para as entradas de Thalles, Nikão e Luciano. Aos 13 minutos, o VAR chamou para marcar pênalti para o tricolor, após o jogador Talles Costa ser derrubado na área.

Nikão foi responsável pela cobrança, mas bateu mal e assistiu à defesa do goleiro Deivity André. Após o pênalti, o tricolor perdeu o equilíbrio da partida e não conseguiu manter a defesa intacta.

Aos 21 minutos, pouco depois de uma bola na trave de Thiago Couto, Jean Victor recebeu passe de Tiago Reis, após falha de Miranda, e chutou forte no canto esquerdo para marcar o gol de empate.

O gol que marcou a vitória do São Paulo saiu dos pés de Luciano, nos minutos finais do confronto. A jogada começou com Wellington, que recebeu pela esquerda e fez o passe para Alisson. O atleta chutou rasteiro e Deivity deu rebote para Luciano bater cruzado, desempatando o jogo.

Image
Luciano foi eleito craque da partida após marcar o gol da vitória aos 40 minutos do segundo tempo. Foto: Reprodução / São Paulo FC


Após o fim do jogo, o camisa 11 comentou sobre o apoio da torcida são-paulina que gritou seu nome nas arquibancadas: “A energia com a torcida é sensacional, cada dia que passa me sinto mais à vontade no clube. A torcida me abraça de uma maneira que só posso entregar em gols, vontade e vitórias para eles”.

Image
Durante a primeira fase do Campeonato Paulista, o São Paulo de Rogério Ceni marcou 18 gols em 12 jogos, somando sete vitórias. Foto: Twitter / São Paulo FC

O São Paulo volta a campo na próxima terça-feira, às 20h30, para enfrentar o São Bernardo pelas quartas de final do Paulistão, no Morumbi. Já o Botafogo-SP estreia na Série C do Campeonato Brasileiro em abril.

Compartilhe esse conteudo