Os Reds abrem boa margem para o time português, que terá de operar um milagre em Anfield para chegar às semifinais.

Na tarde desta última quinta-feira (5), Benfica e Liverpool se enfrentaram no jogo de ida das quartas-de-final da Liga dos Campeões da Europa. O embate aconteceu no Estádio da Luz, em Lisboa, e terminou com uma boa vitória do time inglês por 3x1, com destaque para o colombiano Luis Diaz, que deu uma assistência e fez um dos gols da vitória do time inglês.

Ibrahima Konaté foi quem inaugurou o placar no jogo de ida das quartas da Champions (Foto: Twitter/UEFA Champions League)

O primeiro tempo teve um grande domínio do time inglês. Depois de 7 minutos de um jogo estudado, os comandados do técnico alemão Jurgen Klopp começaram a criar as primeiras jogadas mais perigosas, e balançaram as redes aos 17 minutos, com o francês Konaté anotando de cabeça após cobrança de escanteio de Robertson.

A pressão do Liverpool seguiu e o Benfica acabou sufocado. Com isso, veio o segundo gol, aos 34 minutos. Alexander-Arnold lançou a bola para a grande área, Luis Diaz cabeceou para o lado e deixou Sadio Mané de cara para o gol e fazer 2x0.

No início do segundo tempo, o Benfica conseguiu diminuir o placar aos três minutos, em jogada rápida pela direita, o passe de Rafa Silva chegou até Darwin Nuñez, que finalizou no canto oposto de Alisson para diminuir o prejuízo para 2x1. O gol fez com que o time do técnico Nunes Veríssimo crescesse na partida e começasse a ter mais chances de chegar ao empate, além de forçar Klopp a fazer mudanças no Liverpool.

O jogo foi se arrastando e as duas equipes foram desperdiçando chances e pouco ameaçando as defesas, até que, aos 42 minutos, Keita deu um passe em velocidade para Luis Diaz, que ficou de cara com o goleiro Vlachodimos. O ex-jogador do Porto, rival do Benfica, não teve dificuldade para driblar o arqueiro grego e fazer 3x1 para os visitantes.

Mané empurrou para as redes a bola que anotou o segundo gol da vitória no Estádio da Luz (Foto: Twitter/UEFA Champions League)

O resultado deu uma boa vantagem para o Liverpool, que vai para o jogo de volta com dois gols de vantagem, o que significa que os Reds podem se classificar mesmo com uma derrota por um gol em sua casa.

Já o Benfica, que entrou em campo pensando em não se complicar para a partida de volta, vai ter que devolver os dois gols de diferença só para forçar a prorrogação e talvez os pênaltis. Para levar a vaga nos próximos 90 minutos, só uma vitória por três gols ou mais de vantagem levará o Benfica às semifinais sem a necessidade de pênaltis ou tempo extra.

Benfica e Liverpool ainda se enfrentam mais uma vez, desta vez com os ingleses decidindo em casa a vaga para a semifinal (Foto: Twitter/UEFA)

As duas equipes terão uma semana para se preparar para o confronto de volta, que acontece na quarta-feira do dia 13, às 16h no horário de Brasília, no estádio de Anfield, em Liverpool, na Inglaterra.

No meio tempo, o Benfica joga sábado (9) contra o Belenenses pela Liga Portugal, e o Liverpool faz jogo importantíssimo contra o Manchester City no domingo (10), valendo a liderança da Premier League. Quem avançar entre os dois enfrentará na semifinal da Liga dos Campeões o vencedor do confronto entre Villarreal e Bayern de Munique.

Continue no Bets e fique por dentro de tudo sobre futebol na Europa e em outras ligas importantes de todo o planeta!

Compartilhe esse conteudo