Time de Julen Lopetegui lutou até a última bola para sair com um pontinho fora de casa, mantendo a terceira posição

Nos estertores da partida, o Sevilla conseguiu empatar com o Villarreal em El Madrigal, quando todos os torcedores do Submarino Amarelo já contavam com os 3 pontos. A emocionante partida deste domingo (8/5), no dia das Mães, encerrou as pretensões do time da casa de disputar a próxima Champions League.

Bruno deu o pontapé inicial em La Cerámica, sua segunda casa: até o filhotinho veio a tiracolo. (Créditos da imagem: Marca)

Agora, o Villarreal tem 53 pontos em 35 partidas, na sétima posição, 3 pontos a menos do que a Real Sociedad. Ficou difícil para o semifinalista da Liga dos Campeões retornar a uma competição europeia, pois já não depende das próprias pernas.

Por outro lado, o Sevilla chegou aos 65 pontos, na terceira colocação, 4 a mais do que o Atlético de Madrid, que ainda enfrenta o campeão Real neste domingo. Com 9 pontos em disputa, ainda é possível sonhar com o vice, já que o Barcelona está 4 pontos acima.

Os treinadores se abraçam: Lopetegui à esquerda, de vermelho, e Emery na direita, de terno. (Créditos da imagem: La Liga)

Como foi o jogo

Antes da partida começar, Bruno Soriano recebeu uma homenagem: com mais jogos pelo Submarino Amarelo, ele recebeu uma placa. Foram 425 jogos em 14 anos no Villarreal.

Emery tinha muitas ausências ofensivas. Lopetegui também estava repleto de desfalques. Na última hora, Ocampos também ficou de fora.

O primeiro terço do jogo foi inteiramente dominado pelo time mandante. O Villarreal fez valer a pressão da torcida e ocupou o campo de ataque: 41% das ações se davam em território defensivo sevilhano.

Até a primeira metade da etapa inicial, o Sevilla errava passes demais: apenas 65% de acerto. En-Nesyri e Tecatito Corona passaram a rondar mais a área amarela a partir daí, uma vez que o Villarreal também diminuiu o ritmo. Papu mandou um chute da intermediária aos 22 minutos. Mas foi o goleiro Bono quem garantiu o empate, fazendo muitas defesas.

A segunda etapa começou igual a primeira: Villarreal na pressão, empurrando Sevilla para o seu gol. Antes dos 10 minutos, o Submarino Amarelo abriu o placar: Koundé mandou contra o próprio gol, numa cabeçada que encontrou Bono. O gol foi anulado por impedimento.

Aos 20, Buendía chegou cara a cara mas foi bloqueado por Bono. Só o Villarreal jogava. Eram 11 chutes a gol contra apenas 4 dos rojiblancos.

Lo Celso não fazia boa partida, errando também muitos passes, mas foi ele quem fez o primeiro, faltando 4 minutos para o fim da partida. No entanto, já nos acréscimos, Koundé empatou a partida de cabeça, desta vez a favor, deixando o placar igualado.

Compartilhe esse conteudo