Konstantino Manolas nasceu no dia 14 de junho de 1991 em Naxos, Grécia, e atualmente joga como meio campo defensivo no Olympiakos e também na Seleção da Grécia.

Honrarias

Nomeado entre os 50 melhores jogadores da UEFA em 2018

Membro do time da década pelo Roma em 2010/20

Carreira

AEK Athens

O jovem jogador iniciando sua carreira pelo AEK Athens. Créditos: https://es.uefa.com/uefaeuropaleague/news/01f8-0e7c8b5393c3-85da043649c1-1000--incisive-aek-bow-out-with-first-win-at-sturm/ 

Kostas iniciou sua carreira no time juvenil do Thrasyvoulos em 2007 e através do seu tio Stelios Manolas, diretor técnico do AEK Athens, o jovem jogador assinou um contrato de 3 anos com o clube.

Manolas foi nomeado como o homem do jogo 5 vezes em 7 partidas desde sua estreia contra o AO Kavala.

Fazendo boas atuações na Superleague Greece de 2010/11 e na UEFA Europa League, Kostas despertou interesse de várias equipes europeias como o Udinese, Getafe e Schalke 04.

Impressionado, o técnico Manolo Jiménez concedeu um lugar como titular para Manolas e o jogador David Mateos, emprestado do Real Madrid, entrou para o banco de reservas,

Ao lado do ícone Traianos Dellas, Kostas se tornou um melhor jogador e conquistou a Greek Cup no dia 30 de abril de 2011, sendo sua primeira conquista como profissional.

Kostas afirmou que foi um sonho realizado ganhar um título com seu clube de infância e terminou a temporada de 2010/11 com 36 jogos, marcando 3 gols.

Nas eliminatórias da UEFA Europa League de 2011/12, Kostas foi importante na vitória por 1x0 contra o Dinamo Tbilisi, sendo elogiado pela mídia e por Jiménez.

Seu primeiro gol na temporada foi dedicado ao técnico Jiménez, que estava sendo criticado pelo mau desempenho de sua equipe nas últimas semanas.

Em janeiro, o Everton da Premier League mostrou - se interessado pelo zagueiro que recusou a proposta, Kostas afirmou que com sua saída, estaria deixando o AEK em uma situação ruim.

Após a negociação malsucedida, o presidente do AEK, Stavros Adamidis, deixou claro que Kostas recusou a oferta e mais tarde, foi negociado com o Olympiakos.

Olympiakos

Fora de casa, Kostas estreou com uma vitória por 2x1 contra o PAS Giannina em 15 de setembro e em casa, marcou seu primeiro gol na goleada por 4x0 contra o Skoda Xanthi.

Kostas fez 24 aparições na temporada e ajudou o clube a conquistar a Superliga e na final da Greek Cup contra o Asteras Tripoli, marcou um gol na vitória por 3x1, onde o Olympiakos foi o campeão.

Construindo uma boa campanha na temporada de 2013/14, Kostas marcou seu primeiro gol na UEFA Champions League em uma vitória por 1x0 contra o Benfica.

Mesmo com a derrota para o PSG, o Olympiakos garantiu vaga nas oitavas de final da Champions para enfrentar o Manchester United que venceu o jogo de volta por 2x0 após perder o primeiro jogo na Grécia.

Em duas temporadas pelo Olympiakos, Kostas participou de 73 jogos, fazendo 6 gols e 2 assistências.

Roma

Manolas representando o Roma contra o CSKA em uma partida da Champions. Créditos: https://www.90min.com/posts/6371677-arsenal-ready-to-capitalise-on-roma-s-troubles-meet-kostas-manolas-31-5m-release-clause 

No dia 30 de agosto de 2014, Kostas estreou pelo Roma na derrota da Fiorentina por 2x0 na abertura da Serie A e 15 dias depois, o jogador estreou na vitória por 5x1 contra o CSKA na Champions League.

Em seu primeiro ano atuando pelo Roma, Manolas fez uma incrível campanha na Serie A, onde consolidou sua posição no centro da defesa sob o comando de Rudi Garcia e sua equipe finalizou em segundo lugar da tabela.

Manolas se envolveu em uma briga com seu companheiro de equipe, Miralem Pjanić, em uma partida da Champions contra o BATE Borisov e após o jogo, o La Gazzetta dello Sport, relatou que a confusão continuou no vestiário.

Em outubro de 2016, Kostas recusou a proposta de extensão do seu contrato com o Roma, mesmo com a administração do clube ter decidido aumentar seu salário.

O jogador sofreu uma lesão no nariz e uma distensão muscular em um jogo contra o Juventus, forçado a sair nos últimos minutos da partida e só retornaria no dia 8 de janeiro como substituto na vitória por 1x0 fora de casa contra o Genoa.

Poucos dias para o fim da temporada em maio de 2017, Manolas e Diego Perotti brigaram durante o treino e foram suspensos do elenco provisóriamente.

Contra o Napoli no dia 13 de outubro pela Serie A, o zagueiro foi substituído após sofrer uma lesão na coxa e só retornou no dia 31 de outubro na vitória por 3x0 contra o Chelsea pela Champions League.

Em homenagem ao jogador e capitão da Fiorentina, Davide Astori, que morreu no dia 4 de março de 2018, Kostas marcou o primeiro gol da vitória por 3x0 contra o Torino.

Pela primeira vez nas semifinais da Champions desde 1984, o Roma lutou, mas não conseguiu passar pelo Liverpool.

Kostas foi um dos jogadores mais consistentes do Roma, com 156 partidas e 5 gols marcados, provou ser um grande zagueiro e um membro confiável na equipe.

Napoli

Em um contrato de 5 anos, Kostas estreou pelo Napoli que venceu por 4x3 a Fiorentina fora de casa.

Em maio de 2020, Kostas sofreu uma lesão após o fim da paralisação devido ao COVID - 19, e o clube não revelou quanto tempo ele ficaria fora, mas o Corriere dello Sport declarou que ele ficaria ausente por 6 semanas.

Em duas temporadas pelo Napoli, Manolas sofreu com lesões ficando muito tempo fora dos gramados e mesmo assim, fez 60 aparições e 4 gols pelo clube.

Em dezembro de 2021, Kostas declarou seu interesse em sair da equipe por ter perdido seu lugar de titular para o jogador Amir Rrahmani.

Retorno ao Olympiakos

De volta ao Olympiakos, Kostas estreou como reserva na partida contra o Apollon Smyrni e entrou como substituto do jogador Avraam Papadopoulos em 5 de janeiro de 2022.

Seleção da Grécia

Kostas jogando pela Grécia contra a Costa Rica na Copa do Mundo de 2014. Créditos:https://bleacherreport.com/articles/2114086-scouting-report-is-kostas-manolas-liverpool-quality ‌ ‌

Kostas Manolas estreou na Seleção principal da Grécia em um amistoso contra a Suíça.

A excelente campanha do jogador pelo Olympiakos na temporada de 2013/14, rendeu um lugar na lista dos 23 convocados para a Copa do Mundo de 2014.

O zagueiro ganhou destaque internacional com sua exibição na Copa, sendo nomeado como um dos 50 melhores jogadores do torneio, onde a Grécia chegou pela primeira vez nas oitavas de final, mas foram derrotados pela Costa Rica.

Manolas marcou seu primeiro gol, cabeceando o rebote de uma cobrança de falta em uma derrota por 2x1 contra a Hungria pela UEFA Nations League.

Curiosidades

Kostas Manolas tem um primo com o mesmo nome, Konstantinos Manolas, que é filho do lendário jogador grego, Stelios Manolas.

Além de seu idioma de origem, Kostas fala fluentemente italiano e inglês.

Kostas casou - se com Niki Prevezanou na ilha de Naxos,Grécia, no dia 5 de Junho de 2016 e com ela, o jogador tem 2 filhas, Konstantina e Flora Manolas.

O jogador tem uma personalidade forte de acordo com declarações de companheiros de time que dizem que Manolas tem uma atitude agressiva, um grande espírito de luta e liderança.










Compartilhe esse conteudo