Timão recebe o Bugre às 19h, pelas quartas de final do Paulistão, na Neo Química Arena

→ Tags: Corinthians, Guarani, Paulistão 2022

A grande expectativa do torcedor corintiano para o duelo decisivo de hoje é a estreia de Júnior Moraes. O centroavante, que estava na Ucrânia, já está inscrito no Paulistão e foi relacionado, mas deve aguardar no banco, entrando na segunda etapa.

O técnico português Vítor Pereira não conta com Jô, que além de ter problemas físicos, perdeu treinos durante a semana, por festejar o aniversário no Rio de Janeiro e ignorar os compromissos com o Timão.

Júnior Moraes fugiu da guerra na Ucrânia para buscar o seu segundo título Paulista (foi campeão pelo Santos em 2007)

Assim, outros desfalques no meio são Luan e Cantillo (servindo a seleção colombiana), além de Ivan e Bruno Melo na defesa. Então, o time base deve ter Cássio no gol, Fagner e Lucas Piton nas laterais, com a dupla de zaga sendo formada por João Victor e Gil. No meio, o já habitual trio Du Queiroz, Paulinho e Renato Augusto. Na frente, Mosquito, Róger Guedes e Willian serão os responsáveis por mandar a bola para dentro.

Vale lembrar que o alvinegro tem o melhor ataque da competição, com 19 gols. Embora nenhum jogador esteja se destacando como artilheiro, a equipe tem conseguido distribuir os seus gols entre vários jogadores.


No lado do Bugre, o técnico Daniel Paulista tem apenas um desfalque, o lateral Diogo Mateus. Portanto, deve escalar o que tem de melhor para fazer história e superar o Corinthians fora de casa.

Lucão do Break quer fazer a sua dança na NeoQuÌmica Arena

Kozlinski volta ao gol, auxiliado pelos zagueiros Ronaldo Alves e João Victor, além dos Mateus nas laterais (Ludke na direita e Pereira na esquerda). No meio, espelhando a formação alvinegra, Madison ìndio e Giovanni Augusto. A linha atacante será formada por Ronald, Júlio César e Lucão do Break.

Flavio Rodrigues de Souza apita o jogo, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Luis Marques. No VAR, Rodrigo GUarizo Ferreira do Amaral terá a missão de revisar os lances. A partir de agora, a Federação Paulista de Futebol liberou o áudio da cabine do VAR, portanto os telespectadores terão acesso instantâneo às discussões na hora de decidir um lance polêmico.

As contas para cada um dos times

O Guarani só tem uma opção: enfrentar o invicto Palmeiras na semifinal, fora de casa. Isso porque o clube campineiro terá a pior campanha entre todos os semifinalistas, caso avance pelo Corinthians.

Já o Timão depende do saldo de gols para definir o mando de campo. Para jogar a semifinal em casa, provavelmente contra o São Paulo, precisará vencer por 2 gols de diferença, qualquer que seja o placar.

Caso vença por 3 a 2, empata em todos os critérios principais. No entanto, como ainda não teve nenhum jogador expulso, supera o tricolor no fair play (que teve uma expulsão). Se vencer por 3 a 2 mas tiver 2 jogadores expulsos, ficará abaixo do São Paulo.

Se o Corinthians se classificar vencendo por 1 a 0 ou por 2 a 1, ou então nos pênaltis, também será superado pelo São Paulo nos critérios de desempate.

Compartilhe esse conteudo