Nessa quarta-feira, dia 27 de abril, o Guarani conseguiu conquistar uma grande vitória em cima do Criciúma. O clube ainda não havia vencido na competição, e a quebra do jejum finalmente chegou.

O Guarani, que ocupava a última colocação da tabela com apenas 1 ponto, conseguiu 3 pontos que tiraram o clube até mesmo da zona de rebaixamento, colocando-o na décima quarta colocação nesse fim de rodada.

Já o Criciúma, que vinha relativamente bem na oitava colocação, acabou sendo superado por alguns clubes que venceram na rodada e caiu para a décima segunda posição na tabela.

Imagem: Thomaz Marostegan/Guarani FC

Uma menção deve ser feita para um jogador que brilhou na partida, seu nome é Kozlinski. O jogador é o goleiro do Guarani, que fez um primeiro tempo espetacular e foi decisivo em diversos momentos.

Resumo do Jogo

Após o primeiro apito da partida o Criciúma conseguiu um grande domínio do jogo, tendo grandes chances durante toda a primeira etapa. Contudo, um jogador em específico foi responsável por segurar essa pressão.

Esse jogador foi o mencionado acima, Kozlinski. O Guarani pôde contar com Kozlinski durante ataques e finalizações, que vieram principalmente de Marquinhos Gabriel, Serrato e Rafael Bilu.

A primeira chance do Guarani durante o primeiro tempo veio com Nicolas Careca, que recebeu um grande passe dentro da área do Criciúma. Contudo, o cruzamento que fez passou raspando por Júlio César, que não conseguiu finalizar com a cabeça.

A dominância do Criciúma, caso não tenha sido evidente o suficiente com os lances e chances de gol, pode ser provada com a posse de bola. O clube teve 66% de posse de bola nos primeiros 20 minutos.

Além disso, o número de finalizações por equipe durante o primeiro tempo revela essa impressionante dominância. O Criciúma finalizou 13 vezes, enquanto o Guarani teve apenas 4 oportunidades.

Imagem: Thomaz Marostegan/Guarani FC

Sentindo que poderia ser um problema com a escalação, o Guarani voltou a campo com Eduardo Person no lugar de Marcinho. Isso fez com que o ataque o Criciúma não conseguisse trazer tanto perigo.

Foi então que, aos 22 minutos, Nicolas Careca recebeu um cruzamento e cabeceou na direção do gol. Contudo, um desvio em Rodrigo, zagueiro o Criciúma, fez com que a jogada não se concluísse.

No entanto, o VAR foi acionado por um possível toque na mão do zagueiro. E como esperado, o pênalti foi marcado...

Diogo Matheus, lateral direito do Guarani, chamou a responsabilidade da batida e não desperdiçou. Assim, o Guarani garantiu a vitória em uma partida na qual o adversário foi dominante.

Compartilhe esse conteudo