Foi a 35a conquista nacional dos merengues, e quem levantou a taça foi o brasileiro Marcelo

O Real Madrid venceu o Espanyol por 4 a 0 neste sábado (30/4) e conquistou o Campeonato Espanhol com 4 rodadas de antecedência. Rodrygo foi o melhor jogador, marcando metade dos gols, ainda no primeiro tempo.

O capitão Marcelo é homenageado pelos seus companheiros na Praça de Cibeles, tradicional ponto de comemoração esportivo no centro de Madrid. (Créditos da imagem: https://twitter.com/realmadrid/status/1520494940870041600

Mais de 58 mil espectadores abarrotaram o Santiago Bernabeu, ainda em obras e com parte da arquibancada restrita, para ver o título em casa. Agora, o treinador italiano Carlo Ancelotti, de 62 anos, tem todos os títulos possíveis pelo maior clube do mundo - falta apenas a Liga Europa da UEFA, mas o Madrid jamais disputou a segunda competição europeia de clubes, pois é presença constante na Champions League.

Outro destaque vai para o capitão Marcelo, de 33 anos, fazendo a sua última temporada pelos merengues. Este foi seu vigésimo quarto título desde 2007, quando aterrisou em Madrid. Cotado no Botafogo, ele ainda não sabe onde jogará após o fim do seu contrato. Marcelo foi o primeiro capitão estrangeiro a erguer o título de La Liga.

O centro histórico foi tomado pelos torcedores merengues nesta tarde de sábado, há mais de 15 anos não comemoravam um título em casa. (Créditos da imagem: https://twitter.com/realmadrid/status/1520463768152678407

Como foi o jogo

Ancelotti poupou vários titulares, pensando no jogo de volta pela Champions League, contra o Manchester City, agora no meio de semana. Dessa forma, o Real iniciou com uma dupla de zaga inédita, formada por Casemiro, improvisado, e Valejo, que havia jogado apenas 14 minutos na temporada.

Aos 12 minutos, o Madrid quase abriu o placar, após série de cabeçadas dentro da área. Mariano acertou a trave, após passe de Casemiro. Antes, o Espanyol estava solto, chutando de longe e ocupando o campo de ataque.

Dez minutos depois, Mariano, mais uma vez, cabeceou para fora, num belo levantamento de Luka Modric. O Espanyol alternava momentos de maior pressão na saída de bola com espaços para o Madrid trabalhar a bola.

Aos 33, o Madrid abriu o placar, numa bela tabelinha dos brasileiros Marcelo e Rodrygo. E foi ele quem fez também o segundo: depois de roubar a bola em frente à área do Espanyol, Rodrygo só teve de driblar um defensor para chutar no cantinho dentro do gol.

Na segunda etapa, bastaram 10 minutos para Asensio marcar seu décimo primeiro gol na liga é o terceiro do jogo. Belo contra-ataque puxado por Modric e Camavinga.

Mais tarde, Benzema e Isco, que entraram no decorrer do jogo, fizeram boa trama e o meio campista fez o quarto do Real. O juiz anulou por impedimento. Minutos depois, a mesma jogada, mas com Vinícius Júnior dando o passe e Benzema finalizando. Era o 4 a 0, decretando a goleada e o título.

Compartilhe esse conteudo