Aconteceu nesse sábado (30/04) o jogo entre Atlético-MG e Goiás pela quarta rodada do Brasileirão 2022 Série A. A partida era importante para as duas equipes.

O Galo, que vem fazendo uma campanha muito boa na competição, se beneficiaria muito com a vitória já que está brigando pela liderança da tabela com algumas equipes.

Contudo, o empate desse sábado acabou com os sonhos de terminar a quarta temporada na liderança, ficando na segunda colocação atrás do Bragantino, que venceu o Ceará no mesmo dia.

Imagem: Pedro Souza/Atlético Mineiro

O Goiás, por sua vez, vem fazendo uma péssima campanha até o momento. O clube, contando com o empate de sábado, ainda não venceu e conta com 2 pontos conseguidos em empates.

O ponto conquistado contra o Atlético não ajudou o Goiás a sair da zona de rebaixamento, assim como não deu qualquer mudança ao clube quanto às colocações, permanecendo na décima oitava posição.

Resumo do Jogo

O primeiro tempo do jogo começou bem pegado, com os clubes buscando o domínio e ritmo de jogo. Nessa briga, o Atlético foi o vencedor e conseguiu imprimir uma boa pressão para cima do Goiás.

Isso fica evidente quando analisamos alguns dados sobre esse primeiro tempo. O primeiro deles é em relação à posse de bola, que ficou na relação de 65% a 35%.

Além disso, o Galo chegou diversas vezes ao gol do Goiás, somando oito finalizações de perigo contra apenas uma da equipe goiana nessa primeira etapa.

Em uma dessas oportunidades de gol, o Atlético não perdoou e marcou. A jogada foi criada no meio de campo, e acabou caindo nos pés de Hulk, que não perdeu a chance e abriu o placar.

Fonte: Reprodução/Estadão

A pressão imprimida pelo Galo fez com que o Goiás se recuasse, que começou a utilizar uma formação parecida com um 5-4-1.

No primeiro tempo essa formação não pareceu fazer efeito, mas logo no começo do segundo tempo o Goiás aproveitou uma finalização errada do Galo e partiu para o contra-ataque.

Vendo o perigo, o Galo voltou a buscar oportunidades logo em seguida, e chegou a virar a partida apenas 3 minutos após o gol do Goiás. Quem marcou dessa vez foi Vargas, após um bom cruzamento de Arana.

A partir daqui o Goiás acordou, e passou e buscar a defesa do Galo. Em uma das subidas, Arana acabou tocando com a bola no braço dentro da área, e o VAR apitou o pênalti para o Goiás.

Elvis chamou a responsabilidade da batida e empatou a partida para o Goiás. Assim, a partida chegou ao fim com o resultado de 2x2.

Compartilhe esse conteudo