Tricolor encarou o estádio lotado que prestigiou a despedida de D'alessandro

Se para o Internacional o domingo de Páscoa terminou feliz com a vitória em plena despedida de D'Alessandro dos gramados, para o Fortaleza a derrota de virada foi um banho de água fria.

Na noite deste domingo (17), o tricolor cearense visitou o Internacional pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro e perdeu por 2 a 1 com gols de Pikachu, de pênalti, e de D'Alessandro e Alexandre Zurawski para o Colorado.

Com o resultado, o Leão fecha a segunda rodada na 19.ª colocação com nenhum ponto, já que até o momento não venceu na competição. O time volta a campo na próxima quarta-feira (20), às 19h, contra o Vitória pelo jogo de ida da terceira rodada da Copa do Brasil.

Fortaleza completa quatro derrotas seguidas. Foto: Bruno Oliveira

O jogo

Primeiro tempo

Donos da casa, a primeira etapa do jogo foi conduzida pelo Internacional, que estava embalado pela alta atmosfera de sua torcida no Beira Rio. O grande momento de destaque do Leão saiu dos pés de Moisés. Aos 35 minutos, o camisa 21 arriscou com o pé direito de fora da área, mas o goleiro adversário realizou uma bela defesa.

Quando parecia que a etapa terminaria no 0 a 0, durante uma cobrança de escanteio nos momentos finais, Anthony Landázuri sofreu uma falta na área e o VAR chamou o juiz para analisar o lance. Após checagem, o pênalti foi marcado, cobrado pelo batedor oficial, Yago Pikachu, e convertido para abrir o placar no Rio Grande do Sul.

Sem tempo para comemoração, um minuto mais tarde foi a vez do Internacional balançar as redes. D'Alessandro finalizou com o pé esquerdo do lado direito do gol, para marcar o gol de empate e o seu último da carreira.

Segundo tempo

A animação do fim da primeira etapa se manteve presente no início do segundo tempo. Aos cinco minutos, Capixaba alçou a bola na área para Robson cabecear, mas Renê cometeu a falta após depositar uma carga nas costas do atleta e derrubá-lo na grande área. Outro pênalti para o Leão!

Mais uma vez Pikachu foi o homem responsável pela cobrança. Dessa vez, com o pé direito, o camisa 22 bateu na trave e a cobrança foi perdida. Seguia tudo igual no Beira Rio.

O gol da virada e da vitória só saiu aos 45 minutos do segundo tempo. Durante uma descida em velocidade, Boschilia fez o passe na linha de fundo para Alexandre Zurawski finalizar com o pé direito do meio da área e levar a torcida colorada à loucura.

Andrés D’Alessandro se despede dos gramados em confronto contra o Leão do Pici. Foto: Ricardo Rimoli
Compartilhe esse conteudo