Tricolor marcou 4 gols após empatar por 0 a 0 a primeira etapa da decisão

O Fortaleza venceu o Caucaia por 4 a 0, no segundo jogo da decisão do Campeonato Cearense, neste domingo (24).

O treinador Juan Pablo Vojvoda mudou a escalação que iniciou o primeiro jogo na sexta-feira e teve uma equipe mais organizada e que garantiu as oportunidades que surgiram para marcar. Com o resultado, o time tornou-se tetracampeão da competição.

No primeiro jogo da decisão, muitos jogadores titulares do Tricolor começaram a partida no banco de reservas. A equipe, então, sofreu com a falta de entrosamento e não fez um bom jogo.

Para o jogo de volta, entretanto, os principais jogadores foram titulares e a equipe desempenhou um melhor futebol. A principal mudança positiva foi Yago Pikachu, artilheiro da equipe no ano.

Desde o começo da partida, a postura ofensiva e de posse de bola da equipe foram dominantes ao adversário. Aos 3 minutos, Pikachu achou o argentino Silvio Romero na área, que finalizou para fora.

Apenas 4 minutos depois, Romero arrancou do meio de campo e saiu cara a cara com o goleiro, mas finalizou novamente para fora. A pressão do Fortaleza colocou a defesa do Caucaia para trabalhar durante praticamente todo o primeiro tempo.

A organização do Leão do Pici não demorou a ser convertida em gol. Aos 30 minutos, Moisés finalizou cara a cara com o goleiro. A bola sobrou para Romero, que abriu, de cabeça, o placar da grande decisão.

Oportunista, o argentino Silvio Romero estava bem posicionado para abrir o placar na Arena Castelão. Foto: Aurélio Alves/ O POVO.

Na segunda etapa, o ritmo do Tricolor foi mantido e as chances de gol continuaram aparecendo. Lucas Lima lançou a bola para Moisés, que saiu novamente cara a cara com o goleiro.

Dessa vez, o jogador rolou a bola para Pikachu, que garantiu o segundo gol da equipe. Minutos após, mais um gol do artilheiro da equipe no ano. Crispim cruzou a bola rasteira dentro da pequena área e o ex-jogador do Vasco apareceu sozinho para empurrar a bola para dentro do gol.

Pikachu foi o principal destaque da final, garantindo dois gols para a equipe. Foto Thiago Gadelha/SVM.

Vojvoda optou por alterar alguns jogadores para continuar pressionando a equipe adversária. Renato Kayzer entrou no lugar de Sílvio Romero e cumpriu seu papel em campo.

O jogador driblou o goleiro Célio e cruzou para Depietri empurrar para o fundo das redes. Foi marcado impedimento na jogada e o VAR anulou o lance. O quarto gol, no entanto, não demorou a sair. Ronald abriu espaço na entrada da área e chutou forte no canto do goleiro.

Com o resultado, o Tricolor garantiu seu 45º título estadual e a 4º conquista seguida. Foram apenas 5 jogos no torneio e todos vencidos, garantindo aproveitamento de 100%.

Compartilhe esse conteudo