Equipe de Sérgio Conceição tem 2 vitórias de vantagem sobre o Sporting, faltando 3 rodadas para o fim do Campeonato Português

O Sporting de Braga venceu o Porto por 1 a 0 nesta segunda, em casa, pela trigésima primeira rodada do Campeonato Português de 2022 e impediu a conquista do título pelo clube tripeiro.

(Créditos da imagem: https://twitter.com/CabineSport/status/1518666013524566016

Faltando 9 pontos por disputar, o Porto tem 6 de vantagem sobre o Sporting, mas ainda enfrenta o rival Benfica na penúltima rodada, o que dá esperança aos torcedores sportinguistas de conquistar o bicampeonato nacional.

Com o resultado, os bracarenses agora têm assegurado o quarto lugar do Tugão 2022. o que lhes garante uma vaga na Liga Europa da UEFA para a próxima temporada.

No entanto, alcançar o Benfica ainda é possível, embora improvável. As águias têm 68 pontos, 9 a mais, mas ainda faltam apenas 9 pontos, portanto o Benfica teria de perder todas e o Braga vencer todas para se igualarem em pontos.

De qualquer modo, o número de vitórias do time da capital portuguesa ainda é superior, então não haveria como o Braga chegar à Champions League.

Os telespectadores podem ter estranhado parte da arquibancada ter ficado vazia: é que o Braga não vendeu ingressos para a torcida do Porto ocupar este local. (Créditos da imagem: https://twitter.com/luiscgs00/status/1518635434418520065

Como foi o jogo

Fiel aos seus princípios conservadores, o treinador Carlos Carvalhal, até por conta da inferioridade técnica, apostou numa escalação que privilegiava a marcação no meio campo, em detrimento da ofensividade. E isso se provou a melhor escolha no fim da partida, já que o Braga venceu com um gol solitário de Ricardo Horta.

O primeiro tempo até mostrou o Porto dominante e protagonista, com maior posse de bola e controle da partida. No entanto, ambos os times acertaram chutes na trave. Na segunda etapa, o Braga fez o seu gol num contra-ataque.

Assim, o Porto perdeu a invencibilidade de 58 jogos na Liga Portuguesa, uma das maiores da história, além de terem a festa do título adiada. Vale lembrar que o 25 de abril é um dia especial na história portuguesa, pois marca o dia em que a Revolução dos Cravos, movimento popular que depôs o regime militar salazarista, que já durava mais de 4 décadas.

Escalações

Sporting de Braga: Matheus; Tormena, David Carmo, Paulo Oliveira; Yan Couto, Al Musrati, André Horta, Castro; Rodrigo Gomes, Ricardo Horta e Abel Ruiz. Técnico: Carlos Carvalhal.

Porto: Diogo Costa; Zaidu, Pepe, Mbemba, Pepê; Grujic, Vitinha, Otávio; Fábio Vieira, Taremi e Evanilson. Técnico: Sérgio Conceição.

Compartilhe esse conteudo