Néstor Fernando Muslera Micol é jogador de futebol uruguaio que atua como goleiro. Atualmente o atleta defende o gol do Galatasaray da Turquia. Além disso, desde 2011 atua com a camisa da Seleção Uruguaia de futebol.

Muslera, como é mais conhecido, nasceu em Buenos Aires, na Argentina, no dia 16 de junho de 1986.

Apesar de ter nascido no país vizinho, seus pais são uruguaios e voltaram ao Uruguai quando Muslera tinha apenas oito meses. Sendo assim, o goleiro possui dupla cidadania.

O arqueiro iniciou sua carreira no futebol pelo Montevideo Wanderers, nas categorias de base da equipe com sede na capital uruguaia. Por lá também iniciou a sua vida profissional, em 2004.

Durante sua passagem pelo Wanderers o goleiro realizou 46 partidas, sem conquistar títulos. Já pelo Nacional foram apenas sete jogos, sendo dois deles com um “clean sheet” (quando o goleiro não sofre gol).

Além disso, conquistou a Liguilla de 2007, que era um torneio classificatório entre os melhores uruguaios para a disputa da Libertadores da América.

Muslera se destaca e atrai a atenção da Europa

Com boas atuações pelo Montevideo Wanderers, Muslera chamou a atenção de um dos mais tradicionais clubes uruguaios, o Nacional.

Entretanto, após três temporadas como destaque absoluto em seu time de formação, no Nacional, teve poucas oportunidades. Apesar disso, nada impediu que equipes da Europa começassem a monitorar Muslera.

O goleiro então retorna ao Montevideo Wanderers onde acaba se transferindo posteriormente para a Lazio da Itália, o primeiro grande clube europeu de sua carreira na Europa.

Goleiro uruguaio em ação pela Lazio, equipe que defendeu por quatro temporadas (Foto: Reuters)

Muslera inicia a sua caminhada no futebol europeu

Fernando Muslera chega à Lazio em agosto de 2007, comprado por 3 milhões de euros. O goleiro fez a sua estreia em uma vitória em casa, por 3 a 1, diante do Cagliari, no dia 16 de setembro.

Porém, teve um desempenho desastroso depois de quatro partidas, quando enfrentou o gigante Milan e foi goleado por 5 a 1, no dia 07 de outubro, onde falhou em quatro gols do time rival.

Por conta desse jogo, acabou parando na reserva de Marco Ballota, que na época tinha 44 anos. Em 2007 fez apenas mais quatro jogos e nenhuma participação na Champions League.

Apesar de tudo, fez todos as partidas remanescentes da Lazio na Coppa Italia e se redimiu, dessa vez com boas atuações.

Na temporada 2008/2009, veio a redenção de Muslera no clube italiano. Mesmo iniciando como reserva do recém-contratado Pablo Carrizo, recuperou a titularidade em janeiro, após uma série de jogos ruins do então titular.

O goleiro reapareceu na derrota para a Sampdoria por 3 a 1, tendo realizado grandes defesas, inclusive em um pênalti de Antonio Cassano.

Boa fase de Fernando Muslera na Lázio e títulos

A recuperação total de Muslera acontece no seu primeiro “Derby della Capitale”, com uma atuação espetacular na partida contra a Roma, o maior rival da Lazio.

Na temporada, a Lazio venceu a Coppa Italia e Muslera teve papel crucial no título da equipe que não chegava em uma final há cinco anos.

A equipe deixou pelo caminho fortes times como Milan e Juventus, para conquistar o título derrotando a Sampdoria na final.

Atleta fez parte do elenco campeão da Coppa Italia e Supercoppa Italiana (Foto: Ansa) 

No jogo decisivo, Muslera se destaca novamente. Após empate em 1 a 1 pelo tempo normal e prorrogação, nos pênaltis defendeu duas cobranças para garantir o título Laziale. Um espetáculo!

Na temporada 2009/2010, mais um título para Muslera pela Lazio, após vencer a Internazionale por 2 a 1 na Supercopa Italiana, em partida disputada em Pequim, na China.

Pelo time da capital italiana foram 113 partidas disputadas, sendo 29 delas sem sofrer gols.

Próxima parada: Galatasaray

Após quatro temporadas na Lazio, Muslera chega ao Galatasaray da Turquia. Foi quando, no dia 19 de julho de 2011, o time anunciou a contratação do arqueiro por cinco anos. O valor acordado entre as equipes foi de 6,75 milhões de euros.

Pela equipe turca, Muslera vive os melhores anos da sua carreira, ganhando muitos títulos. Além disso, foi no Galatasaray que o goleiro marcou o primeiro gol de sua carreira, de pênalti em um jogo contra o Manisaspor.

Em sua primeira temporada, estabeleceu uma nova marca na sua trajetória como goleiro. Isso porque ficou 19 partidas sem sofrer gols pela Süper Lig, um recorde na competição.

Muslera celebra a conquista da Copa da Turquia (Foto: Divulgação Facebook oficial Galatasaray)

Na temporada 2012/2013, em seu primeiro jogo pela Liga dos Campeões, Muslera defendeu um pênalti cobrado por Nani. Porém, não conseguiu evitar a derrota da equipe para o Manchester United por 1 a 0 no Old Trafford.

Já no duelo de volta, contra o Manchester, o Galatasaray conquistou uma vitória incrível por 1 a 0, onde ele se destacou novamente.

Pela equipe turca, Muslera ganhou por três vezes a Süper Lig, três vezes a Copa da Turquia e quatro vezes a Supercopa da Turquia. O goleiro segue como jogador da equipe na atual temporada.

Além disso, o atleta coleciona títulos individuais na Turquia, tendo sido eleito Melhor Goleiro da Liga Turca, Melhor Jogador da Turquia, Equipe Ideal da Liga Turca e Melhor jogador da final da Supercopa da Turquia 2016. São muitas conquistas!

Até o momento, Muslera já realizou 413 partidas pelo Galatasaray, tendo marcado um gol, sofrido 452, além de terminar 140 partidas sem sofrer um gol.

Títulos também pela Seleção Celeste

Pela seleção Uruguaia, Muslera recebeu sua primeira oportunidade em 2009, estreando em uma partida contra a Seleção do Equador, pelas eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2010.

Fernando Muslera foi o goleiro titular da Celeste durante a Copa na África do Sul, em 2010, onde ajudou o Uruguai a chegar ao 4º lugar da competição.

No ano seguinte, é novamente convocado pela Seleção do Uruguai para a disputa da Copa América. Durante o torneio, Muslera se destacou nas quartas-de-final, em partida contra a Argentina, quando o goleiro defendeu um pênalti de Carlos Tévez, eliminando a seleção anfitriã.

Na final, vitória por 3 a 0 contra o Paraguai, com Muslera titular e o primeiro título conquistado pelo goleiro defendendo a Celeste.

Goleiro Fernando Muslera comemora ao lado dos companheiros do Uruguai o título da Copa América de 2011 (Foto: Antonio Scorza/AFP)

Além disso, o goleiro também disputou a Copa de 2014, no Brasil, em que caiu nas oitavas de final, diante da Colômbia por 2 a 0.

Durante a Copa de 2018, novamente atuou como titular. Porém, a equipe foi derrotada pela França, seleção que seria a campeã, nas quartas de final, também por 2 a 0.

Apesar de não ser mais o titular da posição, Muslera fez parte do grupo que disputou as eliminatórias sul-americanas para a Copa de 2022, no Qatar, e deve estar presente no elenco que disputará o mundial em novembro.

Até quando Muslera continuará atuando e mostrando seu talento em campo? Esperamos que muito mais tempo! O goleiro tem uma carreira de dar inveja a muitos outros.

Compartilhe esse conteudo