Não há como referenciar a história do Fatih Karagümrük e não fazer um comentário sequer a respeito de um dos mais históricos acessos já vistos na história do futebol local.

Na temporada 2019/2020, depois de vencer os playoffs da TFF 1. Lig, o clube conquistou novamente o acesso à primeira divisão do futebol turco após 37 anos.

Grupo de pessoas sentadas ao redor de uma mesa

Descrição gerada automaticamente
Cartolas comemoram o destaque da equipe dentro de campo (Foto: site oficial do Fatih Karagümrük)

Histórico do início ao fim dos duelos travados dentro e fora das quatro linhas, o marco fez e faz do clube fundado em 1926 um dos gigantes do país que tem no brasileiro Alex uma de suas principais referências futebolísticas.

Por ter defendido as cores do Fenerbahçe no início do século, o meio-campista é considerado um dos maiores nomes do esporte local. Voltando a trajetória do Fatih Karagümrük, destaca-se que o clube possui sede fincada em Fatih, que por si só representa um dos mais populares distritos de Istambul.

Capacidade para mais de 75 mil pagantes

Considerado o maior estádio de futebol construído na Turquia, o Estádio Olímpico Atatürk é tido como um palco multiuso, a exemplo do que, no Brasil, atuam espaços como Arena da Baixada, no Paraná e Allianz Parque, em São Paulo.

O fato, claro, faz com que o próprio Fatih Karagümrük fature mais dinheiro em alguns formatos de shows e eventos extracampo.

Com capacidade atual para receber mais de 75 mil pagantes, sendo este número equivalente a 75.145 pessoas especificamente, o estádio do Fatih Karagümrük, desde 2004 é considerado padrão 5 estrelas pela UEFA.

Inaugurado em 2002 com uma partida amistosa entre Galatasaray e Olympiakos, que na oportunidade terminou em 2 x 0 para os turcos, o estádio também serviu como substituto do antigo Estádio Atatürk de Esmirna. Com isso, o local passou a ser a nova casa da Seleção Turca de Futebol.

Rubro-negro como o Flamengo

Um dos apelidos do Fatih Karagümrük é rubro-negro. Não à toa, as cores oficiais do clube são o preto e vermelho, que combinam como nunca em uniformes tradicionais em solo brasileiro, a exemplo de Flamengo e Athletico.

Com 96 anos de história, o Fatih Karagümrük ostenta vitórias marcantes no país. Em praticamente todas elas, o plantel da equipe vestia preto e vermelho ou branco, preto e vermelho ou, ainda, branco e vermelho, somente.

De toda forma, o clube é daqueles que simplesmente exalam história por onde passam.

Playoffs recentes

Falar da torcida do Fatih Karagümrük e não associar os títulos conquistados pela equipe dentro de campo é simplesmente impossível.

Justamente por isso, é preciso colocar que, embora sofredora, a maciça maioria dos aficionados pelo Fatih Karagümrük vibrou bastante com alguns playoffs recentes.

Grupo de pessoas em campo de futebol

Descrição gerada automaticamente
Clube triunfou nos playoffs (Foto: Site oficial do Fatih Karagümrük)

Entre 2018 e 2020, por exemplo, o time se sagrou campeão de dois deles. O primeiro foi o da Terceira Divisão Turca, em 2019. Já o segundo aconteceu no ano seguinte, naquela que, atualmente, é considerada a segunda divisão do futebol nacional.

Por essas e outras, clube e torcida vivem uma espécie de lua-de-mel, algo raro pelos lados da Turquia, que por si só é conhecida como uma nação de torcedores apaixonados e extremistas – inclusive política, religiosa e culturalmente falando.

Ahmed Musa é o nome do craque

Com passe fixado em cerca de 4.5 milhões de euros, o ponta-direita Ahmed Musa é um dos destaques do plantel do Fatih Karagümrük.

Considerado um jogador veloz com boas tomadas de decisão, o atleta é um dos que mais chamam a atenção sempre que se fala no atual elenco da equipe.

Musa treinando com a camisa do Fatih Karagümrük (Foto: Site oficial do Fatih Karagümrük)

Nascido em 1992, o ponteiro, aos 29 anos de idade, vive um de seus auges técnicos dentro e fora de campo. Não à toa, ele, que já vestiu a camisa do Leicester, da Inglaterra, é considerado uma das peças-chave do time atualmente comandado por Volkan Demirel.

Ao lado de Musa, como é mais conhecido o jogador africano, outro nome também tem despertado bons olhares sempre que o Fatih Karagümrük entra em campo. Estamos falando de Lucas Biglia, que possui dupla nacionalidade, argentina e italiana, e faz da experiência uma de suas maiores aliadas dentro das quatro linhas.

Na prática, esta experiência é convertida em liderança a partir do momento em que o atleta veste a faixa de capitão do time.

Com passagens por outros clubes mundo afora, Biglia, como é mais conhecido, é tido como uma das referências técnicas do time turco. De fato, ele tem mostrado um bom serviço nas últimas temporadas.

Quatro títulos memoráveis na galeria do Fatih Karagümrük

Sempre que se fala nos triunfos alcançados pelo Fatih Karagümrük, se torna viável e obrigatório lembrar que são quatro os que o clube ostenta com maior satisfação em sua galeria de troféus.

O primeiro deles, da Segunda Divisão Turca, foi conquistado na temporada 1982/1983.

Grupo de pessoas em campo de futebol

Descrição gerada automaticamente com confiança média
Equipe ostenta boas marcas dentro de campo (Foto: site oficial do Fatih Karagümrük)

Ainda nos anos 80, mas no final da década, o clube também conquistou a quarta divisão local. O caneco foi alcançado na temporada 1988/1989 e só se repetiu na temporada 2001/2002, que, coincidentemente, representou o ano em que a seleção turca fez bonito na Copa do Mundo da Coréia e do Japão.

Somando os triunfos às vitórias nos playoffs comentados inicialmente, pode-se dizer que o Fatih Karagümrük ostenta a marca de um dos campeões de maior destaque em todo o território turco.

Ex-Fenerbahçe no comando técnico

O treinador Volkan Demirel, que se aposentou da carreira de jogador profissional de futebol no início de setembro de 2019, é um dos principais responsáveis por manter o Fatih Karagümrük nos trilhos das vitórias.

Um de seus maiores objetivos, aliás, é fazer com que o clube permaneça na elite do futebol local sem ter de sofrer grandes sustos.

Com apenas 40 anos de idade, sendo mais jovem que muitos jogadores do país, Demirel, como é chamado popularmente, pensa o futebol de maneira bastante equilibrada. A maior prova disso fica por conta de seu esquema tático preferido, o 4-1-4-1.

Além de possuir a Licença B da UEFA, Demirel já trabalhou como treinador adjunto do próprio Fenerbahçe, time em que consolidou boa parte de sua carreira dentro de campo.

Com contrato até o final do primeiro semestre de 2024, ele tem tudo para desempenhar um bom papel à frente do elenco.

A expectativa do time para a temporada 2022 é fazer uma campanha melhor no comparativo da última temporada, quando o Fatih Karagümrük ficou na 8ª colocação com 60 pontos conquistados em 40 jogos. Ao todo foram 16 vitórias, 12 empates e 12 derrotas.

É esperar para ver, vale a pena apostar e continuar acompanhando o blog Bets para ficar bem atualizado sobre as principais notícias do mundo da bola.

Compartilhe esse conteudo