Há 20 anos o Timbu não comemora títulos por dois anos seguidos


Na tarde desta quinta-feira (21), Náutico e Retrô entram em campo pelos primeiros 90 minutos da grande decisão do Campeonato Pernambucano. As equipes se enfrentam às 16h30, no Estádio dos Aflitos, com transmissão ao vivo pelo Premiere.

Pioneiro na competição, o alvirrubro está em busca do seu 24º título estadual, enquanto a Fênix disputa a final do Campeonato Pernambucano pela primeira vez na história.

Náutico realizou o último treino, comandado por Roberto Fernandes, para enfrentar o Retrô pelo jogo de ida da final do Campeonato Pernambucano. Foto: Tiago Caldas / CNC

Há exatamente um mês sem vencer um jogo, o alvirrubro enfrenta uma difícil fase. Nos últimos cinco jogos, empatou dois (onde passou nas decisões pelos pênaltis) e perdeu os outros três.

No último jogo, válido pelo Brasileirão Série B, perdeu para o Bahia por 1 a 0 e preocupou sua torcida, que anseia pelo título do estadual. Entretanto, no início desta semana, o Timbu anunciou o retorno de Roberto Fernandes para o comando do clube.

Em sua quinta passagem, desta vez o treinador terá o dever de, em apenas três dias, conduzir o Náutico rumo ao bi-campeonato, feito que não acontece há vinte anos.

“Tenho certeza que os atletas vão buscar fazer o melhor de cada um para atingir o objetivo de ser campeão. Sabendo que não existe jogo fácil nem final fácil. Vamos enfrentar uma equipe que tem qualidade e capacidade para chegar onde chegou.”, avalia o técnico sobre o adversário do Timbu na grande decisão.

Técnico do Retrô não aponta favorito para o confronto, mas entrará em campo com o time que possui a melhor campanha da competição. Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press

Por outro lado, o Retrô se encontra em um momento mais agradável. Dos últimos cinco jogos que disputou, venceu quatro e empatou apenas um. São dois meses sem saber o que é uma derrota.

O técnico da Fênix também analisou a partida da final e preferiu não apontar um favorito. Para Dico Woolley, o peso da grande final está dividido entre as duas equipes:

“Contra o Náutico não tem como colocar um favorito. Estamos enfrentando um time de duas divisões acima, a equipe atual campeã. É um jogo aberto que realmente não tem favorito na minha opinião.”, revelou o professor.

Ficha Técnica do confronto

Data: 21 de abril de 2022.

Competição: Final Campeonato Pernambucano.

Local: Estádio Eládio de Barros Carvalho.

Árbitro: Diego Fernando

Árbitros assistentes: Ricardo Chianca e Marcelino Castro.

Quarto árbitro: Anderson Marques.

VAR: Tiago Nascimento.

Compartilhe esse conteudo