O Iowa Hawkeyes é um time de basquete feminino que representa a Universidade de Iowa, entrando em quadra nos campeonatos universitários vestindo as cores preto e ouro. A equipe é membro da Big Ten Conference.

O time é comandado por Lisa Bluder, treinador principal que está na vigésima primeira temporada no cargo. Além disso, o Iowa Hawkeyes participou diversas vezes do torneio pós temporada da National Collegiate Athletic Association.

Os jogos em casa são disputados na Carver-Hawkeye Arena, onde os times de basquete masculino e de vôlei também possuem sede. Quer saber mais sobre o Iowa Hawkeyes? Então continue lendo este artigo.

AJ Ediger, uma das jogadoras do time. twitter. https://twitter.com/iowawbb

História

O programa de basquete feminino da Universidade de Iowa teve início no ano de 1974, sob o comando de Lark Birdsong como treinadora principal. Em sua primeira temporada, de 1974-75, a equipe conquistou a marca de 5 vitórias e 16 derrotas, sendo a sua primeira vitória na história, sobre o Minnesota Golden Gophers.

A treinadora Lark permaneceu no cargo até a temporada de 1978-79, tendo sido esta a primeira temporada vitoriosa para a equipe de basquete feminino da Universidade de Iowa.

Judy McMullen então assumiu o cargo de treinadora e liderou o programa de basquete feminino pelos quatro anos seguintes, sendo substituída em 1983 pela ex-treinadora da Cheyney University, Vivian Stringer.

Vivian iniciou a temporada de 1983-84 já no Naismith Basketball Hall of Fame, liderando o Iowa Hawkeyes por doze temporadas. Durante este período o time venceu seis campeonatos da temporada regular da conferência Big Ten, além de disputar em nove torneios pós temporada da NCAA, chegando ao Final Four em 1993.

O cuidado e empenho de Vivian foi notado pelos torcedores do Iowa Hawkeyes, quando um recorde de mais de vinte e duas mil pessoas assistiram a equipe da Universidade de Iowa jogar em casa contra o Ohio State em 1985.

Mas, infelizmente, o sucesso da equipe sob o comando da treinadora teve seus dias contados e no ano de 1995, Vivian Stringer deixou o Iowa Hawkeyes para ser treinadora do Rutgers, após perder seu marido, Bill Stringer.

Angie Lee então foi contratada para substituir Vivian, levando a equipe à vitória logo em sua primeira temporada, fazendo com que os Hawkeyes trouxessem para casa mais um título da Big Ten Conference, no ano de 1998.

Em 2000, Lee deixou a equipe, passando o bastão para Lisa Bluder, atual treinadora principal do Iowa Hawkeyes. Bluder foi a responsável por levar a equipe à vitória de dois campeonatos da Big Ten em temporada regular e três campeonatos da Big Ten Tournament.

Entre os anos de 2015 e 2019, um nome se destacou na equipe da Universidade de Iowa, Megan Gustafson, que jogou pela equipe de basquete feminina, sendo nomeada Jogadora do Ano de 2019.

Na temporada de 2018-19, a equipe feminina de basquete Iowa Hawkeyes marcou um recorde de 29 vitórias e 7 derrotas durante a temporada regular, conquistando mais um título da Big Ten Conference, além de ser convidado a participar do torneio pós temporada da NCAA, onde se classificou ao Elite Eight.

Jogadoras Iowa Hawkeyes. twitter. https://twitter.com/iowawbb

Torneio pós temporada NCAA

Ao longo de sua história o Iowa Hawkeyes fez 28 aparições no torneio pós temporada da National Collegiate Athletic Association, tendo recebido grande destaque em algumas das temporadas em que disputou o campeonato.

Sua primeira participação no torneio foi em 1986, se classificando em quinto lugar, o time de basquete feminino da Universidade de Iowa avançou até a segunda fase, quando foi derrotado pelo time do estado de Tennessee, por 73 pontos a 68.

No ano seguinte, o time se consagrou dentro do campeonato, chegando pela primeira vez à fase Elite Eight. Na ocasião a equipe deixou o torneio após ser derrotado pela Louisiana Tech por uma diferença de apenas um ponto.

Em 1988, novamente a equipe conseguiu alcançar a fase Elite Eight, mas não avançou além desta no torneio, já que foi derrotada pelo Long Beach State por 78 pontos a 98.

Após alguns anos participando do torneio, mas não conseguindo avançar para as fases finais, no ano de 1993 a equipe chega pela primeira vez ao Final Four. Infelizmente o Ohio State fez com que o Iowa Hawkeyes ficasse de fora do pódio, tendo derrotado-o por 78 a 84 pontos.

Em 1996, a equipe feminina de basquete consegue avançar no torneio pós temporada da NCAA, chegando ao Sweet Sixteen. Mas mais uma vez é desclassificada, perdendo a partida contra o time Vanderbilt por 74 pontos a 63.

Foi então que o time entrou em uma maré de derrotas e não conseguiu mais avançar no campeonato além da segunda fase nas treze vezes seguintes em que foi convidado a participar do torneio.

Apenas em 2015, o Iowa Hawkeyes voltou à ativa dentro do torneio pós temporada da NCAA, mostrando que ainda possuía garra para conquistar uma classificação melhor dentro do torneio.

A equipe avançou ao Sweet Sixteen, após bater o time de Miami por 88 pontos a 70. Mas foi derrotado pela Universidade Baylor, em um jogo que terminou com placar 85 a 53, deixando o Hawkeyes fora da competição.

Em 2019, mais uma vez o time brilhou dentro do torneio pós temporada, batendo o Mercer por 66 pontos a 61 na primeira fase, vencendo o Missouri por 68 a 52 na segunda, derrotando o NC State por 79 pontos a 61 na Sweet Sixteen.

Mas o time que havia tirado a equipe da disputa em 2015, a Universidade de Baylor, mais uma vez foi atuante e tornou difícil para o Iowa Hawkeyes conseguir avançar ao Final Four, após ser derrotado por 85 pontos a 53.

No ano de 2021, apesar da pandemia da Covid-19, o time conseguiu ser convidado a participar do torneio pós temporada, chegando ao Sweet Sixteen após vencer o Kentucky por 86 a 92. Mas o time foi eliminado da competição disputando vaga com o UConn, tendo perdido o jogo por 72 pontos a 92.

Sua última participação no torneio pós temporada ocorreu em 2022, quando o time avançou à segunda fase após vencer o Illinois St., mas foi eliminado pelo time Creighton por 62 pontos a 64.

Jogadoras Iowa Hawkeyes. twitter. https://twitter.com/iowawbb

Compartilhe esse conteudo