Sob os olhares do novo proprietário, os Blues contam com fim de jejum Lukaku, mas vêm os Wolves reagirem e buscarem o empate no último lance.

Neste sábado (7), o Chelsea, sob os olhares do empresário americano Todd Boehly, futuro proprietário dos Blues, recebeu o Wolverhampton Wanderers em sua casa, o Stamford Bridge, pela 36ª rodada da Premier League.

Num jogo que talvez representou a "nova era" do Chelsea após a saída de Roman Abramovich, os donos da casa empataram em 2x2 com os Wolves, num resultado um tanto doloroso para os Blues e bem positivo para os visitantes.

Depois de um primeiro tempo sem gols e com ambos os times perdendo muitas chances - o Chelsea teve um gol de Loftus-Cheek anulado por impedimento -, o segundo tempo foi cheio de gols.

Aos 11 minutos, com auxílio do VAR, o Chelsea teve um pênalti a seu favor, anotado por Romelu Lukaku, que ampliou o placar dois minutos depois, após falha de saída de bola da defesa adversária. Foram os primeiros gols do atacante belga desde dezembro com a camisa do Chelsea.

Romelu Lukaku voltou a marcar gols pelo Chelsea após uma seca de cinco meses (Foto: Tony O'Brien/Reuters)

Apesar da vantagem confortável, o Chelsea permitiu a reação do Wolverhampton, que diminuiu aos 34 minutos com um belo gol do português Trincão. A partir dali, os Wolves pressionaram e passaram a ter as melhores chances de gol. A pressão foi premiada com o empate vindo aos 52 minutos, quando Conor Coady fez, de cabeça e no último minuto, o gol que fez cada equipe somar um ponto em Londres.

Com o resultado, o Chelsea não conseguiu aumentar sua vantagem em relação ao Tottenham na briga por uma vaga na Liga dos Campeões na próxima temporada. Os Blues têm agora 67 pontos, contra 62 dos Spurs, que empataram diante do Liverpool, também neste sábado. Ambas equipes têm três jogos restantes na Premier League.

O Wolverhampton buscou o empate até o último minuto, literalmente (Foto: AFP via Getty Images)‌ ‌

Para o Wolverhampton, o empate deixa o time ainda na briga pela vaga na Liga da Conferência Europeia, que é dada ao sétimo colocado na Inglaterra. Os Wolves estão em oitavo com 50 pontos, dois pontos atrás do West Ham, que estaria hoje se qualificando para a Conference League.

O Chelsea volta a campo na próxima quarta-feira (11), quando visita o Leeds em jogo adiado da 33ª rodada. Também por uma partida remarcada desta mesma rodada, o Wolverhampton recebe o Manchester City no Molineux Stadium, também na quarta.

Continue no Bets e fique por dentro de tudo da Premier League e outras grandes ligas europeias!



Compartilhe esse conteudo