Meia argentino fez seu último jogo diante do Fortaleza no domingo

17 de abril de 2022. A noite de um domingo de futebol, com rodada do Campeonato Brasileiro, tinha tudo para ser apenas “mais uma”. Porém, todos no Beira-Rio, sabiam que ali, jamais seria uma noite “comum”.

Em campo, o principal nome do Inter nos últimos anos, o meia argentino D’Alessandro, teve uma despedida digna do camisa 10, que é um dos maiores atletas da história do Internacional de todos os tempos.

Titular e capitão na partida diante do Fortaleza, D’Ale jogou muito e ajudou o Inter a virar o jogo enroscado contra a equipe cearense. A partida que já mostrava o contorno emotivo para o torcedor do Inter, teve o ápice no gol do camisa 10.

Jogador de futebol americano

Descrição gerada automaticamente
D'Ale é um dos maiores jogadores da história do Internacional. Foto: UOL

Em jogada individual, driblando dois jogadores do Fortaleza, D’Alessandro colocou a bola no fundo da rede do Fortaleza. Dribles e gols, inclusive, são marcas registradas do meia argentino que marcou seu nome na história do Internacional.

D’Ale chega ao Inter pela primeira vez em 2008, e até o término de sua carreira, o meia argentino acumulou 12 conquistas com a camisa do Colorado. Entre os grandes troféus, as conquistas da Libertadores (2010) e a Copa Sul-Americana (2008).

O meia argentino que colecionou diversas polêmicas na carreira, principalmente quando disputava o Gre-Nal com a camisa do Colorado, D’Alessandro fica marcado por sua habilidade e raça enquanto esteve em campo pelo clube gaúcho.

Revelado pelo River Plate, D’Ale aprendeu a amar o Internacional. E teve na reciprocidade da torcida do Colorado, o fator principal para tamanha identificação entre o meia canhoto argentino e o clube gaúcho. Ao final da partida contra o Fortaleza, o meia falou sobre a sintonia entre Inter e ele.

Jogador de futebol no campo

Descrição gerada automaticamente
Meia marcou seu último gol no domingo. Foto: Gaúcha Zero Hora

“Estou no lugar que eu quero, encerrei onde eu queria. O River faz parte da minha vida, uma fase diferente da minha carreira, mas isso é inacreditável. A partir de amanhã serei mais um colorado torcendo pelo nosso clube” – afirmou o camisa 10.

Agora, D’Ale tem o nome cogitado para fazer parte do futebol do Internacional, mas como dirigente no clube. Porém, a princípio, o foco do gigante meia argentino é o descanso, depois de anos vitoriosos no futebol, e depois sim, elaborar o próximo passo.

Quer ficar ligado em tudo o que acontece no futebol do Sul do país? Aqui no Bets, você não perde nenhum lance e vive antenado em tudo o que rola no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo