Resultado não foi animador para nenhuma das equipes, mas deixa o Crystal Palace seguro de que pode permanecer na primeira divisão do futebol inglês; Leeds segue ameaçado

O Crystal Palace empatou por 0 a 0 com o Leeds United em sua casa, no Selhurst Park Stadium, no fim da tarde desta segunda feira, em duelo válido pela trigésima quarta rodada da Premier League, o Campeonato Inglês.

Joel Ward não conseguiu mostrar todo o seu talento na partida de hoje. (Créditos da imagem: https://twitter.com/CPFC/status/1518683430657007617)

Com o resultado, o time de John Textor, conhecido aqui no Brasil por ter adquirido a SAF do Botafogo, chega aos 38 pontos, 9 acima do último clube que está na zona do rebaixamento, o antepenúltimo Everton, que tem 29 pontos (porém, com um jogo a menos).

Já o Leeds United segue com a corda no pescoço, com 34 pontos, apenas 5 acima do Everton, agora treinado pelo antigo meio-campista Frank Lampard.

Numa peleja de baixo nível técnico, o empate foi o resultado mais justo para ambas as equipes. (Créditos da imagem: https://twitter.com/CPFC/status/1518691599949041664

Como foi o jogo

O Crystal Palace bem que tentou vencer, dando 17 chutes ao gol adversário. No entanto, apenas 7 foram no alvo (contra apenas 2 do Leeds). Tendo mais posse de bola ao longo de toda a partida (53% a 47%), os donos da casa se impuseram bem, mas sem conseguir tirar o zero do placar.

Esta foi a partida em que o time treinado pelo ex-volante Patrick Vieira, francês, mais tocou a bola dentro da grande área adversária, além do alto número de finalizações. Desde o ano passado, no primeiro turno, o Crystal Palace não possuía um desempenho ofensivo tão atacante.

O técnico do Leeds, Jesse Marsch, que entrou no lugar de Marcelo Bielsa, argentino demitido após levar várias goleadas em sequência, pode ficar feliz também com a entrega de seus jogadores. Eles correram cerca de 10km a mais no total do que os jogadores do Crystal Palace. Somado a isso, os jogadores de meio também desarmaram e interceptaram bastante bolas adversárias.

No fim, o empate expressou com justiça o que foi o jogo. Nenhuma das equipes teve um claro domínio sobre a outra e a força física, a vontade e a determinação estiveram igualadas, o que se revelou também no placar da partida.

Escalações

Crystal Palace: Guaita, CLyne, Joachim Andersen, Marc Guehi, Joel Ward, Conor Gallagher, McArthur, Eberechi Eze, Wilfred Zaha, Mateta, J. Ayew. Técnico Patrick Vieira.

Leeds: Illan Meslier, Luke Ayling, Llorente, Liam Cooper, Dallas, Klich, Kalvin Philips, Raphael, Rodrigo, Jack Harrison, Daniel James. Técnico Jesse Marsch.

Compartilhe esse conteudo