Cabuloso sofreu mas saiu classificado do Independência na noite de quinta-feira

Em partida válida pelo segundo jogo da terceira fase da Copa do Brasil, o Cruzeiro eliminou o Remo e levou a melhor no confronto contra a equipe paraense. Durante o tempo normal, a equipe mineira foi superior ao adversário na maior parte do jogo.

Com a companhia da fanática torcida do Cruzeiro, que tratou de lotar o Independência e incentivou, do início ao fim, o time do Cabuloso. Pelo lado do Remo, a equipe paraense tentava surpreender nos contra-ataques.

A estratégia montada pelo time de Paulo Bonamigo era clara: explorar os erros do Cruzeiro e tentar abrir o marcador, para conseguir uma maior tranquilidade, já que tinha o resultado positivo do primeiro confronto, vencido pelo Remo por 2x1.

Jogador de futebol no campo

Descrição gerada automaticamente
Partida entre as equipes teve o Cruzeiro como classificado para a próxima fase da Copa do Brasil. Foto: SuperEsportes

Já a Raposa começou pressionando o Remo e logo aos 3 minutos do primeiro tempo, em boa jogada trabalha, Vinícius evitou o gol do Cruzeiro, saindo rapidamente para defender o chute da equipe mineira.

Dali em diante, o Cruzeiro trabalhou bem a bola e seguiu tentando furar o bloqueio do Remo. Porém, a equipe paraense se manteve bem postada e soube suportar a pressão dos donos da casa na primeira etapa.

No segundo tempo, Edu foi um dos grandes nomes do Cruzeiro, e logo nos primeiros minutos, recebeu livre a bola, dentro da área do Remo. A finalização, porém, foi para fora do gol da equipe paraense.

Aos 30 minutos, Edu recompensou a chance perdida no início do segundo tempo, e depois de cobrança de escanteio do Cruzeiro, saiu livre na pequena área, e só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo do gol. 1x0 para o Cruzeiro.

Uma imagem contendo grama, futebol, atletismo, bola

Descrição gerada automaticamente
Rafael Cabral foi o grande nome da decisão por pênaltis no Independência nesta quinta-feira. Foto: SuperEsportes

Depois disso, o grande nome do Cruzeiro na decisão por pênaltis do estádio Independência foi o goleiro Rafael Cabral. Ao longo das cobranças do time do Remo, o arqueiro cruzeirense defendeu quatro penalidades e foi o responsável pela classificação do Cruzeiro.

Agora, a equipe mineira volta as atenções para o Campeonato Brasileiro da Série B, já que faz boa campanha e lidera o torneio nacional. Já na Copa do Brasil, agora o Cruzeiro aguarda o sorteio da CBF para conhecer o próximo adversário.

Quer ficar ligado em tudo o que acontece no mundo do futebol e detonar nas apostas esportivas? Aqui no Bets, você não perde nenhum lance e vive antenado em tudo o que rola no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo