O Boca Juniors vive um momento difícil com relação ao técnico contratado para essa temporada de 2022, Sebastián Battaglia. O mesmo, que não vem mostrando o desempenho esperado, está com o emprego em risco.

O técnico, que é algo como uma lenda do clube, sendo o maior campeão da história do clube em sua época como jogador, foi motivo de ataques da torcida no dia 20/04.

Apesar disso, a relação do técnico com os jogadores é algo muito positivo, o que pode ser confirmado pela determinação do elenco durante as partidas.

Imagem: Divulgação CABJ

O problema real é a má organização do elenco em campo, com o clube não conseguindo se adaptar à maneira de escalar a equipe para os jogos, assim como táticas que não vêm rendendo resultados nos jogos.

Além disso, a relação do técnico com a diretoria, principalmente com Juan Román Riquelme – outra lenda do clube e que hoje é vice-presidente da equipe – também é algo de positivo.

Essa relação é o que mantinha Sebastián no cargo de técnico, com a diretoria do clube parecendo ver a história do ex-jogador como algo importante e que não deve ser desrespeitada.

Por sua vez, Sebastián se recusa a se demitir, vendo que essa decisão não deve partir dele, e sim da própria diretoria.

Com todas as péssimas atuações do clube nos últimos jogos, a diretoria do Boca Juniors deu para o técnico algo que pareceu ser um ultimato...

O técnico teria, de acordo com o que foi passado, dois jogos para reerguer a equipe. Caso não fosse possível, Sebastián seria afastado do cargo e não continuaria liderando a equipe do Boca.

Fonte: Futebol Portenho

O primeiro jogo desse “ultimato” aconteceu no dia 23 de abril, feito pelo Campeonato Argentino. A partida foi contra o Central Cordoba, e pelo resultado obtido foi um grande sucesso.

O Boca venceu a partida por 2x1, mostrando um futebol bem mais organizado do que vinha apresentando até então. Contudo, o próximo jogo da equipe será o real teste para Sebastián.

A partida em questão será contra o Corinthians, pela Copa Libertadores 2022. Com essa vitória do dia 23 garantida, a pressão diminui, mas tudo ainda está em jogo.

A partida entre as duas equipes acontecerá no dia 26 de abril (terça-feira). Para a tristeza de Sebastián, o jogo será feito na casa do Corinthians, a Neo Química Arena.

Assim, o emprego do técnico argentino está praticamente nas mãos do Timão. Se o Corinthians apresentar um bom futebol, Sebastián poderá dizer adeus ao clube pelo qual fez tanto nos seus dias de auge no esporte...

Compartilhe esse conteudo