Virgil van Dijk (Breda, 8 de julho de 1991) é um futebolista neerlandes que atua como zagueiro. Atualmente, joga pelo Liverpool e pela Seleção holandesa tem 30 anos 1,93 de altura e destro.

Considerado o melhor zagueiro do mundo na atualidade, Virgil é conhecido por sua força, seriedade, liderança, excelência em jogo aéreo e posicionamento, além do seu grande senso de cobertura. Detentor do prêmio de Melhor Jogador da UEFA na Europa pelo desempenho na temporada 2018–19, sendo o primeiro defensor na história a conquistar a honraria.

Foi eleito o melhor jogador da temporada da Premier League de 2018–19 e da final da Liga dos Campeões de 2018–19. Também já foi eleito o Melhor Jogador do time atuando por Celtic e por Southampton.

Em 2010, atuando pelo Willem II, Van Djik foi observado por Martin Koeman, que estava trabalhando para o Groningen na época, e acabou concluindo uma transferência gratuita para o clube no mesmo ano.

Groningen

Van Djik fez a sua estreia profissionalmente em 1 de maio de 2011, entrando aos 72 minutos.

Celtic

2013–14

Em 21 de junho de 2013, Van Dijk assinou com o Celtic uma taxa de cerca de 2,6 milhões de libras, em um contrato de quatro anos, incluindo uma taxa de venda de 10% para Groningen. Ele estreou em 17 de agosto de 2013.

Sua equipe venceu novamente a liga e Van Dijk foi incluído na equipe da temporada da liga pela segunda campanha consecutiva. Ele foi novamente selecionado para o prêmio PFA Scotland Players 'Player, mas perdeu para outro companheiro de equipe, desta vez Stefan Johansen.

(Em sua passagem pelo Southampton) Foto: Besoccer.com

Southampton

No dia 1 de setembro de 2015, Virgil assinou um contrato de cinco anos com o clube inglês Southampton, pelo valor de 13 milhões de libras. Ele estreou no Southampton em 12 de setembro de 2015.

Liverpool

Já no dia 27 de dezembro de 2017, foi anunciado que Virgil iria se transferir para o Liverpool no dia 1 de janeiro de 2018, data de abertura da janela de negociações do inverno no futebol europeu. A transferência foi estimada em 75 milhões de libras, valor recorde para um defensor.

Ele recebeu a camisa de número 4 após ser integrado ao time. Seu antigo clube, o Celtic, recebeu 10% da taxa de transferência de Virgil devido a uma cláusula de alienação presente no contrato com o Southampton. O Southampton não divulgou o valor da transferência, porém, afirmou que o valor constitui recorde mundial no futebol para um defensor.

No dia 5 de janeiro de 2018, estreou marcando o gol da vitória por 2 a 1 contra o Everton, em Anfield, pela Copa da Inglaterra.

Virgil foi um dos jogadores mais importantes do Liverpool. A defesa foi um dos destaques do time comandado por Jurgen Kloop, onde Virgil foi expoente. O Liverpool foi o time que menos tomou gols na Premier League, o que também contribuiu para a alcançarem a segunda colocação com incríveis 97 pontos.

Apesar da vice colocação na Premier League, Virgil foi eleito o melhor jogador do campeonato da temporada 2018–19 e o Melhor Jogador do Ano pela Professional Footballers' Association (PFA).

Seu primeiro título com a camisa do Liverpool foi a Liga dos Campeões da UEFA de 2018–19, a sexta da história do clube. A final foi decidida contra o Tottenham por 2 a 0, ocasião onde Virgil foi eleito o melhor jogador da partida pela UEFA. Também foi incluído na seleção da competição.

Ao final da temporada, uma estatística surpreendente começou a circular pelo mundo. Virgil terminou a temporada sem ser driblado, isto é, nenhum jogador conseguiu adiantar a bola e alcançá-la mais à frente em uma disputa mano-a-mano sem ser desarmado.

O último jogador que conseguiu driblá-lo foi Mikel Merino (sendo desarmado por Virgil pouco depois no mesmo lance), no dia 3 de março de 2018, em uma partida contra o Newcastle ainda pela temporada 2017–18. Ao terminar a temporada 2018–19 no dia 1 de junho de 2019, totalizou 64 partidas e 424 dias (1 ano, 1 mês e 29 dias) sem tomar um drible.

Durante a Supercopa da Inglaterra de 2019, realizada no dia 4 de agosto de 2019 entre Manchester City e Liverpool, o brasileiro Gabriel Jesus protagonizou um lance em que conseguiu sair da marcação de Virgil, quebrando sua hegemonia de 65 partidas sem levar um drible.

Porém, o drible não é contabilizado em uma partida oficial, já que em 2014 a Associação de Futebol da Inglaterra (FA) rebaixou a Supercopa a status de competição amistosa.

No dia 14 de agosto de 2019, foi titular na final da Supercopa da UEFA de 2019, contra o Chelsea. O jogo acabou empatado por 2 a 2 com o Liverpool vencendo nos pênaltis por 5 a 4.

(Na premiação de melhores do mundo da FIFA) Foto: omundoeumabola.blogfolha.uol.com.br

No dia 30 de novembro, pela Premier League, teve grande atuação e marcou os dois gols que definiram a vitória do Liverpool contra o Brighton.

Em 21 de dezembro de 2019, após perder a semifinal da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2019 por doença, Van Dijk jogou a final contra o flamengo, com o Liverpool conquistando o troféu pela primeira vez na história do clube.

Van Dijk recebeu um reconhecimento adicional após a virada do ano, quando foi nomeado na Equipe do Ano da UEFA de 2019. Em 19 de janeiro de 2020, Van Dijk marcou seu primeiro gol no North-West Derby contra o Manchester United na vitória por 2 – 0 do Liverpool em Anfield, na Premier League.

Seleção holandesa

Virgil fez sua estreia pela Seleção neerlandesa no dia 10 de outubro de 2015, na vitória por 2 a 1 em casa contra o Cazaquistão, em partida qualificatória para a Euro 2016.

No dia 22 de março de 2018, foi anunciado como o novo capitão da Seleção holandesa, por Ronald Koeman e sua primeira partida como capitão foi uma derrota em casa por 1 – 0 contra a Inglaterra no dia seguinte. Em 26 de março de 2018, ele marcou seu primeiro gol pela Seleção ao concluir uma vitória por 3 – 0 sobre Portugal no Stade de Genève.

Em 13 de outubro de 2018, ele marcou uma vitória por 3 – 0 sobre a Alemanha, pela Liga das Nações da UEFA de 2018–19, onde em 9 de junho de 2019, acabara sendo vice-campeão ao perder por 1 a 0 para Portugal

(Durante uma partida da Holanda) Foto: www.torcedores.com


Títulos

Celtic

Campeonato escocês: 2013–14, 2014–15

Taça da Liga escocesa: 2014–15

Liverpool

Liga dos Campeões da UEFA: 2018–19

Supercopa da UEFA: 2019

Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2019

Campeonato Inglês: 2019–20

Copa da Liga Inglesa: 2021–22

Prêmios individuais

Equipe do ano da PFA Escócia: 2013–14, 2014–15

Jogador do ano do Southampton: 2015–16

PFA Jogador do Mês: novembro de 2018

Jogador do mês da Premier League de 2018–19: dezembro de 2018

Equipe do Ano da UEFA: 2018, 2019, 2020

Futebolista do ano da Premier League - PFA: 2018–19

Equipe do ano da PFA: 2018–19

Melhor Jogador da Premier League: 2018–19

Seleção da Liga dos Campeões da UEFA: 2017–18, 2018–19, 2019–20

Man of The Match: Final da Liga dos Campeões 2018–19

Equipe do torneio da Liga das Nações da UEFA: 2018–19

Melhor Jogador da UEFA: 2018–19

Melhor Defensor da UEFA: 2018–19

FIFPro World XI: 2019, 2020

Compartilhe esse conteudo