O Al-Hazem Sport Club busca se manter na liga nacional na próxima temporada

Conheça tudo sobre a equipe que tem na sua história dois jogadores ídolo de times menores no Brasil como referências.

A equipe que tem nas cores amarelo, azul e vermelho a representatividade em seu escudo e uniformes, o Al-Hazem é uma das equipes que brigam para se manter na elite da Arábia Saudita ao longo dos anos.

Suas grandes conquistas foram em campeonatos regionais e divisões inferiores no cenário nacional. A equipe, que já contou com alguns jogadores conhecidos dos torcedores brasileiros, briga atualmente contra o rebaixamento.

Homens jogando futebol de campo

Descrição gerada automaticamente
Jogador tenta jogada pela equipe árabe em partida pela Saudi Professional League. Foto: Lance

O time do Al-Hazem é o 16º colocado da Liga da Arábia Saudita, e é a equipe mais próxima de ter o seu rebaixamento à segunda divisão nacional confirmado nessa temporada. A equipe da cidade de Ar Rass, na província de Riyad, foi fundada em 1957 e tem no Al-Hazem Club Stadium a sua casa para os jogos oficiais da equipe.

O estádio multiuso e moderno, tem a capacidade para 8.000 pessoas e foi inaugurado no ano de 1982. O local tem no Al-Hazem seu único dono, e a equipe que manda as partidas como mandante no local.

Da história do Hazem, alguns destaques ficam na memória dos torcedores

Entre as conquistas da equipe da região de Riyad, a Al-Qassim Regional League é a que ocupa a maior parte da sala de troféus do Hazem, com nove taças ao todo, nas temporadas de 1967/68, 1969/70, 1970/71, 1971/72, 1980/81, 1984/85, 1990/91, 1994/95 e 1997/98.

As conquistas nacionais começam a aparecer na história do Hazem a partir da temporada 1997/98, com o título da Saudi Third Division. A competição considerada como a 4ª divisão do futebol da Arábia Saudita, dando ao time a classificação para a 3ª divisão nacional.

Duas temporadas depois, o segundo lugar na colocação geral da terceira divisão nacional, levam o time à 2ª divisão do futebol nacional. Ficando mais próximo da elite do esporte local, o time do Hazem começa a sonhar com uma vaga na grande competição do futebol da Arábia Saudita.

Na disputa da segundona, os dois maiores títulos do Hazem

Em busca do grande objetivo de chegar à elite do futebol árabe, o time do Al-Hazem tem três campanhas que facilmente são lembradas pelos torcedores locais. As temporadas de 2004/05 e 2020/21, com o título da competição nessas oportunidades, e o vice-campeonato em 2017/18, ficaram registradas na história do clube.

Nas temporadas de título da segunda divisão local, o bicampeonato da competição fica marcado pela soberania do Hazem perante os demais times. A equipe lidera o torneio do início ao fim, e ao longo dos 38 jogos, vence 28, empata sete e perde apenas três.

Pessoas em campo de futebol

Descrição gerada automaticamente
Jogadores em treinamento. Foto: Lance

Uma campanha fantástica, que além de levar a equipe à elite do futebol local, deixa números fantásticos e históricos na equipe do Hazem. Ao todo, foram 91 pontos feitos e o time termina com um saldo de gols de +50.

Outra edição da segundona que deixou a torcida feliz foi a do acesso com o vice-campeonato na temporada 2017/18. Fechando o torneio atrás do Al-Wehda, a equipe do Hazem fez 53 pontos em 30 jogos, com 15 vitórias, sete empates e oito derrotas.

A relação de jogadores e técnicos brasileiros com o Hazem

Na história da equipe árabe, três brasileiros são destaques na trajetória do time: o técnico Lula Pereira, o meia Ivanildo e o atacante Fábio. Entre os três, uma das histórias mais marcantes, é a do treinador.

Luiz Carlos Bezerra Pereira. Conhecido como “Lula Pereira” é natural de Olinda. O treinador que foi jogador, era considerado por muitos apaixonados do futebol brasileiro como uma voz fundamental contra o racismo no esporte brasileiro.

Grupo de homens com uniforme de futebol

Descrição gerada automaticamente com confiança média
Time do Hazem perfilado para foto oficial. Foto: O Quarto Poder

Lula foi um dos raros técnicos negros que tivemos no Brasil ao longo dos últimos anos. Exemplo de dedicação, o treinador teve passagens por grandes clubes brasileiros, como Flamengo e a Portuguesa.

Entre idas e vindas, o técnico treinou o Al-Hazem por quase quatro anos, somando duas passagens pela equipe. Mesmo não conquistando título, o clube ficou marcado na história de Lula para sempre, como uma das grandes oportunidades de sua carreira, fora do Brasil.

Entre os jogadores, Ivanildo e Fábio fizeram história em times menores no Brasil

Um dos grandes meias do futebol da região central do Brasil no início dos anos 2000, Ivanildo foi destaque do Brasiliense no ano de 2005. Pelo Campeonato Brasileiro, o jogador foi um dos líderes do time que deu trabalho aos grandes times do Brasil.

Com o destaque, o jogador passa a chamar a atenção de equipes de fora do país, e ao término do campeonato, se transfere para o Al-Hazem, onde permanece por uma temporada na equipe. Na sequência, retorna ao Brasiliense, onde joga até 2011 em alto nível.

Já Fábio é um atacante com passagem pelo Botafogo, mas que teve seu grande destaque no Volta Redonda, outro time carioca. Revelado pelo time do “Voltaço”, o atacante ajudou a equipe a vencer a Taça Guanabara de 2005.

Jogador de futebol no campo

Descrição gerada automaticamente
Jogador do Hazem tenta alcançar adversário em jogo da Liga local. Foto: CBF

A campanha marcou uma das últimas vezes em que o time do Volta Redonda chegava às fases mais agudas do Campeonato Carioca. E um dos destaques do time vice-campeão carioca na sequência, Fábio firma sua transferência para o Hazem em 2006.

Permanecendo na equipe da Arábia Saudita até 2007, Fábio da sequência na carreira retornando ao Brasil para jogar pelo Volta Redonda, e na sequência passa a rodar por clubes de menor expressão no cenário nacional, até encerrar a carreira em 2014 pelo time do Duque de Caxias.

Quer ficar ligado em tudo o que acontece no futebol árabe? Então acompanhe o Bets! Aqui, você não perde nenhum lance e vive antenado sobre tudo o que rola no mundo da bola.

Compartilhe esse conteudo