O Deportivo Pasto foi fundado em 12 de outubro de 1949, mas só 50 anos depois ascendeu à Primeira Divisão do campeonato colombiano.

O logotipo atual do Deportivo Pasto. (Foto: https://twitter.com/deportivo_pasto)
O logotipo atual do Deportivo Pasto.

Em 1949, seu diretor Carlos Humberto López, com a ajuda de outros sócios, recebeu o apoio da Bavária para, assim, fundar o primeiro time semiprofissional de futebol da capital do departamento de Nariño.

O Deportivo Pasto conseguiu um feito inimaginável no futebol colombiano: foi o primeiro time egresso da segunda divisão a sagrar-se campeão.

Essa façanha aconteceu em 2006, quando o Deportivo Pasto venceu o tradicional e forte Deportivo de Cali em uma final eletrizante.

Os jogadores que deixaram seu nome gravado na memória dos torcedores foram: Carlos Villagra, Carlos Rodas, René Rosero e Jorge Vidal.

Até hoje, esses quatro jogadores são lembrados, principalmente em Nariño.

O Deportivo Pasto conseguiu uma proeza ao sair da segunda divisão e, no ano seguinte, em 2006, sagrar-se campeão da primeira divisão. (Foto: https://www.futbolred.com/futbol-colombiano/liga-aguila/pasto-hace-mejor-campana-que-en-el-2006-cuando-fue-campeon-97391)
O Deportivo Pasto conseguiu uma proeza ao sair da segunda divisão e, no ano seguinte, em 2006, sagrar-se campeão da primeira divisão.

Além do título nacional, o Deportivo Pasto foi vice-campeão da primeira divisão em duas ocasiões, tendo conquistado, também, o vice-campeonato da Copa Colômbia, nos anos de 2009 e 2012.

O time de Nariño regressou à primeira divisão do futebol colombiano no ano de 2012, após amargar dois anos na segunda divisão, conhecida por lá como Primera B.

No jogo final do Torneio Postobón de 2011 derrotou o Patriotas, tendo José Flabio Torres no banco. A final do Torneio Apertura foi marcada pela derrota para o Santa Fe.

Já no segundo tempo, os “vulcânicos” (como são chamados pela aficionada torcida) repetiram a final, a Copa Postobón, e também foram derrotados, só que agora pelo Atlético Nacional.

No Postobón de 2012 II Liga, o time de Nariño quase conseguiu chegar à final.

O Deportivo Pasto ficou com a segunda colocação no Quadrangular A, somando 10 pontos, a mesma pontuação do Millonarios, que conseguiu avançar para a última instância por meio do “ponto invisível”, vencido depois de conseguir a primeira colocação na tabela na fase 'Todos Contra Todos'.

COMEÇAM AS GLÓRIAS

O Deportivo Pasto acabou na terceira posição na fase de Reclassificação, somando 74 pontos, e conquistou, de forma brilhante e merecida, uma vaga para jogar a Copa Sul-Americana de 2013.

Venceu, com primor, o Deportivo Cali e foi campeão para surpresa de muita gente, já que isso é, na verdade, um fato histórico: o clube de Nariño foi o primeiro que, mal tendo chegado à primeira divisão, ganhou um título na mais alta categoria do futebol da Colômbia.

Além de sua primeira grande conquista, o Deportivo Pasto ganhou o vice-campeonato em 2002, tornou-se uma lenda ao ganhar a Copa da Colômbia Postobón Cup.

Dois títulos merecidos no Torneio Ascenso e a classificação para três torneios internacionais: a Copa Sul-Americana, nos anos de 2003 e 2013, e a Copa Libertadores da América de 2007.

O MAJESTOSO VILLOTA

Jogando profissionalmente pelo Pasto em 2008, hoje em dia, é destaque como um jogador a entrar, com méritos, na lista dos “vulcânicos”.

Estamos nos referindo ao meio-campista Juan Sebastián Villota, um gênio em matéria de criatividade.

Villota nasceu na terra cujo futebol começa a gerar curiosidade e interesse nos tradicionais times da Colômbia.

Juan Villota, o grande ídolo do Deportivo Pasto. (Foto: https://www.ogol.com.br/player.php?id=252056)
Juan Villota, o grande ídolo do Deportivo Pasto.

Villota é dotado de um raciocínio extremamente rápido.

É um atacante ofensivo e, também, um meio-campista que domina com segurança a área em que atua no campo.

Hoje em dia, ele está vivendo sua melhor fase na carreira.

Além de Villota, podemos destacar jogadores como o atacante uruguaio Jorge Ramírez Frostte; o meio-campista argentino Emanuel Molina; o goleiro Lucero Álvarez; o magnífico e experiente meio-campista Jhon Jairo Montaño e, por último, Jairo 'El Viejo' Patiño.

O técnico que voltou à equipe de Nariño e é muito respeitado pela apaixonada torcida, o “Cacique” Jorge Luis Bernal, que comandou o Deportivo Pasto nos anos de 2009 e 2010.

A GRANDE FAÇANHA DE JORGE LUIS BERNAL

A maior proeza de Jorge Luis Bernal como técnico de futebol foi no ano de 2007, quando conduziu o Cúcuta Deportivo à semifinal da Copa Libertadores, mas acabou sendo eliminado pelo tradicional Boca Juniors.

Como técnico do Deportes Tolima, clube no qual teve uma carreira longa, jogou e perdeu a partida final do campeonato colombiano de 2006. Na ocasião, seu amigo Jorge Luis Pinto viria a substituí-lo na temporada de 2007 em Cúcuta.

O treinador do Tolima conseguiu o vice-campeonato da Copa da Colômbia 2009, sendo o líder do elenco de “Galeras”.

Nessa partida, acabou perdendo para o Santa Fe. Um ano antes, em 2008, também perdera a mesma série, mas, dessa vez, para o La Equidad, sendo o grande comandante do Once Caldas.

Sua carreira como técnico na Colômbia inclui ter sido treinador, além dos times citados, do Deportivo Cali, no ano de 2010, e do Itagüí, em 2013.

UM LIVRO QUE HOMENAGEIA O DEPORTIVO PASTO

Deportivo Pasto un Sentimiento Hecho Historia (Deportivo Pasto, um Sentimento Feito História) é um livro de autoria de dois jornalistas: Alberto Bilbao Bravo e Ramiro Rosero Arteaga, que se empenharam em investigar e compilar os triunfos mais marcantes do time de Nariño.

Ramiro Rosero Arteaga, numa entrevista para a Caracol Radio, contou que as pesquisas demoraram mais de cinco anos.

Nesse tempo, eles conseguiram colher dados impressionantes e curiosos. histórias e até piadas, além de um farto material fotográfico totalmente inédito.

O ingresso do Deportivo Pasto à posição máxima do futebol mudou a forma de o mundo ver o departamento de Nariño, que, agora, também é conhecido pelo seu time de futebol.

Esse trabalho de pesquisa será um legado para as gerações futuras, segundo palavras de Rosero Arteaga.

Por fim, Arteaga anunciou que foi convidado pela prefeitura de Ipiales para visitar o município, a fim de divulgar o livro “Deportivo Pasto, um Sentimento Feito História”.

DADOS GERAIS

O estádio do Deportivo Pasto se chama Departamental Libertad.

Estádio Departamental Libertad. (Foto: https://www.google.com/url?sa=i&url=https%3A%2F%2Fwww.academiadasapostasbrasil.com%2Fstats%2Fvenue%2Fcolombia%2Festadio-departamental-libertad%2F3409&psig=AOvVaw1g9plKKflqq0QXhUVMt40o&ust=1642549488038000&source=images&cd=vfe&ved=0CAwQjhxqFwoTCNCrmen7ufUCFQAAAAAdAAAAABAJ)
Estádio Departamental Libertad.

O atual presidente é Oscar Casabon.

O Deportivo Pasto foi vencedor de 2 torneios, em 1998 e 2011, e de uma liga, no ano de 2006.

O site oficial do clube é: www.deportivopasto.com.co.

O DEPORTIVO PASTO EM 2022

O Deportivo Pasto está se preparando com esmero e afinco para a temporada de 2022, sob a batuta do técnico Flabio Torres.

O treinador será obrigado a formar uma nova equipe para disputar a Liga e a Copa Betplay, já que serão doze jogadores que ingressarão no time do departamento de Nariño.

Compartilhe esse conteudo