O K Berchem Sport é um time de futebol profissional da Bélgica, que tem o início de sua história com fortes raízes familiares, tendo sido fundado por pais, filhos, tios e primos de uma família local. O time atualmente faz parte da segunda divisão, e os caminhos que os levaram até essa posição, você vai conhecer hoje!

Além da história desde sua fundação até os dias atuais, vamos conhecer um pouco mais sobre os craques que passaram pela equipe e deixaram a sua marca, assim como a equipe técnica que fez parte dessa jornada.

logo do K Berchem Sport ‌ ‌fonte: wikipedia.org




Fundação do K Berchem Sport e a família que deu origem ao time



A história do clube K Berchem Sport começa em 1912 com seu início completamente entrelaçado a uma família em específico: Os de Hert da Bélgica. Foram nada menos do que 3 gerações da família que compuseram a equipe, tendo tios, cunhados, pais, filhos e primos por mais de meio século.

O primeiro campo em que puderam chamar de casa, era localizado ao lado de um cemitério! Mas logo puderam se mudar para um novo local, conhecido como a pousada Constant de Hert.

O local não era mais confortável, muito menos ideal, já que por ser construído às pressas, não comportava nem mesmo nos pequenos vestiários os jogadores. No fim, eles utilizavam até mesmo o estábulo local para as trocas de roupa.

No início, o time teve até mesmo a ajuda do padre local que nunca havia nem ao menos jogado futebol, mas se dedicou com muita atenção e cuidado a manutenção do local.

Madre Hert, matriarca da família, era conhecida por cuidar dos jogadores como se todos fossem seus próprios filhos. Três de seus verdadeiros filhos foram jogadores da equipe. Tendo um deles se destacado e se tornado jogador da primeira divisão.

A família de Hert era tão intimamente ligada ao futebol, que até mesmo as filhas, que não entravam em campo, acabaram se casando com jogadores profissionais. Elodie, a filha mais velha, se casou com o primeiro goleiro do Berchem, Pol Nuyts. Caroline, a segunda irmã, se casou com Léon Verbeeck.

A última irmã, Josephine, se casou com uma grande estrela da época, jogador de Sint Ignace SC, Frans Mersie. Todas elas tiveram filhos, e todos eles jogaram pelo time.

A hegemonia da familia Hert chegou ao fim em meados de 1950, mantendo da terceira geração da família apenas algumas figuras, como Guy Hert, Stans Hert e Bert Hert.

Bert de Hert . fonte: berchem-sport.com


Bert de Hert: A primeira e uma das maiores estrelas do clube



Até então, o grande destaque do time era seu irmão mais velho, conhecido por ter um gênio forte em campo, e fora dele também.

Bert tinha uma personalidade calma e era visto por muitos como calculista. Se talento começou ser notado cedo, e todos acreditavam que ele tinha um potencial maior do que o irmão.

Aos 9 anos ele burlou as regras do time, que só aceitava para a divisão júnior a partir de 10 anos, e conseguiu sua primeira camisa amarela e preta. Aos 17 ele estreou na equipe oficial como centroavante.

Bert era sempre próximo aos treinadores, e tinha uma grande paixão pela liderança, posição qual desempenhava com muita maestria.

Infelizmente não somente de vitórias Bert ficou conhecido, já que sempre sofria de problemas de saúde, como rompimento de tendões, fraturas recorrentes, hemorragia nasal e outros problemas que o afastavam do campo.

Os inimigos do K Berchem Sport sabiam de suas vulnerabilidades, e utilizavam como tática uma abordagem mais violenta com Bert, o que fazia com que ele acabasse fora de diversas partidas por lesões.

Mesmo assim, Bert conquistou muitos feitos importantes na equipe, entre eles um jogo em que sozinho marcou 19 gols! A motivação para tanto sucesso? Um torcedor o desafiou, apostando que pagaria 25 centavos por gol.

Ele também ganhou durante o período da segunda guerra mundial, duas vezes o prêmio de melhor atirador da Bélgica, fechando a temporada de 1950 com nada menos do que 25 gols.


O estádio oficial do K. Berchem Sport e os maiores craques da equipe



Hoje o K. Berchem Sport tem um estádio de peso para chamar de seu. O estádio Ludo Coeck fica localizado na comuna de Berchem, que fica ao sul da pequena província de Antuérpia, Bélgica.  Ele abriga mais de 1200 pessoas com assentos cobertos e mais de 350 pessoas em assentos não cobertos. Além disso, o local conta com locais extras para convidados, sala de recepção, gabinete médico e refeitórios.

o estádio Ludo Coeck. fonte: facebook.com


Por lá, grandes estrelas já pisaram no campo com a camisa amarela e preta do time, e algumas dessas figuras marcaram a história do time para sempre. Entre eles, Dickson Agyeman.

Agyeman esteve na equipe entre os anos de 1995 a 1999, quando deixou a equipe para jogar pelo KFC Germinal Beerschot. Ele é de origem belga e atuou como volante pela equipe.

Outro nome marcante fez parte da equipe somente durante 1 ano, mas foi suficiente para que se destacasse. Dick Advocaat jogou no time em 1982 e 1983. Sua performance foi tão satisfatória, que no ano de 1984 ele ocupou o cargo de treinador assistente da seleção dos Países Baixos.

Atualmente, um dos jogadores com o maior valor de mercado do time é Lars Coveliers, de 21 anos. Ele ocupa a posição de volante e também joga pela seleção oficial da Bélgica.

Dick Advocaat. fonte: futebolholandes.com.br


O K. Berchem Sport nos dias de hoje: como está o time?


Como você viu, a história do K. Berchem Sport é longa e marcada por uma forte cultura familiar, a de Hert. Mas afinal, como anda a equipe nos dias atuais?  O time que hoje joga pela segunda divisão Bélgica, ocupa a posição 8 no ranking.

O próximo jogo está marcado para o dia 27 de fevereiro de 2022, onde disputarão com o Londerzeel. Além disso, o time também tem um combate marcado para o dia 5 de Março, em uma disputa contra o City Pirates!







Compartilhe esse conteudo