O Arizona State Sun Devils é uma equipe universitária esportiva composta por alunos dos diferentes cursos de graduação da Universidade do Estado de Arizona, localizada na cidade de Tempe, nos Estados Unidos.

Essa equipe compete em diversas ligas desportivas de primeira divisão organizadas pela National Collegiate Athletic Association (NCAA), atualmente, na Conferência Pacific Coast (PAC-12).

Logo oficial do Arizona State Sun Devils - Fonte: Reprodução/Twitter (https://twitter.com/SunDevilHoops/photo

Historicamente, um de seus times esportivos que conseguiu alcançar diversos títulos regionais e classificar-se para o torneio nacional da NCAA é o de basquete masculino.

Seus jogos em casa são promovidos na Desert Financial Arena, com capacidade máxima para mais de 14 mil pessoas e que está localizada dentro do campus universitário.

A organização do basquete masculino pela NCAA se dá desde 1956, diferentemente das mulheres, que surgiu em 1982. Por esse motivo, Arizona State Sun Devils tem títulos desde 1958 pela organização.

Além dos 8 títulos de temporada regular pelas conferências que participou, a equipe classificou-se 17 vezes ao torneio nacional da NCAA.

Outro ponto importante sobre a equipe, é que ela foi desenvolvedora de importantes nomes do basquete profissional que passaram pela NBA e outras ligas internacionais, como por exemplo Eddie House, James Harden, Byron Scott, entre outros.

Por esse motivo, o programa de desenvolvimento do basquete masculino universitário do Arizona State Sun Devils é considerado um dos melhores dos Estados Unidos.

Com sua importância histórica no basquete estadunidense, é uma equipe interessante de se acompanhar os jogos e o desenvolvimento de seus jogadores.

Para te ajudar com isso, preparamos esse texto com todas as informações relevantes sobre a história, estatísticas, títulos e situação atual do Arizona State Sun Devils.

Trajetória e importância do Arizona State Sun Devils no basquete masculino

Foto de partida oficial do Arizona State Sun Devils - Fonte: Reprodução/Twitter (https://twitter.com/SunDevilHoops/status/1500219313466187776/photo/1

A equipe do Arizona State Sun Devils de basquete masculino foi fundada na temporada 1911-1912 e participava de jogos de forma independente com outras equipes devido à falta de organizações desportivas colegiais na época.

Na época, a equipe já era dominante e em seus livros de recordes é possível ver a grande maioria de campanhas positivas que a equipe realizava no início do século XX.

Em 1948, pela primeira vez o Arizona State Sun Devils classificou-se para um torneio nacional, o NAIA, onde perdeu na segunda rodada, fato que se repetiu em 1953.

Em 1958, a equipe filiou-se à NCAA e, em sua primeira temporada na organização, foi campeão da temporada regular na Conferência BIAA. Com isso, pela primeira vez participaram do torneio nacional da NCAA, perdendo na primeira partida.

Já nos anos de 1959, 1961 e 1962 a equipe foi novamente campeã na temporada regular na mesma conferência. Em 1961 a equipe chegou ao top 8 nacional (Elite Eight).

Na temporada 1962-1963, a equipe foi realocada para a conferência WAC, sendo campeã logo nas duas primeiras campanhas na nova região. Na NCAA de 1963 conseguiram chegar às quartas-de-final (Elite Eight).

Em 1973 e 1975, a equipe foi novamente campeã da temporada regular da na conferência WAC, sendo esses os últimos títulos conquistados na história da equipe.

Em 1975, também foi a última vez que o Arizona State Sun Devils chegou ao top 8 nacional, perdendo para UCLA.

Desde então a equipe disputa as primeiras posições da temporada regular e também o título do torneio de conferência, que nunca conquistou em sua história.

Algumas boas temporadas são realizadas, inclusive gerando a classificação para o nacional da NCAA ou da NIT através de convite pelos resultados ao longo da campanha.

Aparições em torneios nacionais NCAA e NIT

Após o último título conquistado pelo Arizona State Sun Devils, ele foi convidado para o torneio nacional da NCAA nos anos de 1980, 1981, 1991, 1995, 2003, 2009, 2014, 2018 e 2019.

De todas essas aparições, a melhor campanha foi a de 1995, quando chegou ao top 16 nacional (Sweet Sixteen).

Já o NIT, é um torneio nacional organizado também na pós-temporada com equipes classificadas e convidadas que não fazem parte da NCAA naquele mesmo ano.

O Arizona State Sun Devils fez parte desse torneio nacional nos anos de 1983, 1990, 1992, 1993, 1994, 1998, 2000, 2002, 2005, 2008, 2010, 2013 e 2015.

Nesse torneio nacional, a equipe nunca passou da segunda fase, demonstrando que frente às equipes de fora de sua região ela possui maior dificuldades do que dentro de sua conferência

Situação atual

Foto de despedida dos veteranos do Arizona State Sun Devils - Fonte: Reprodução/Twitter (https://twitter.com/SunDevilHoops/status/1500201140218056704/photo/3

Suas duas últimas temporadas de grande destaque foram as de 2017-2018, 2018-2019 e 2019-2020. Nas duas primeiras, inclusive, classificou-se para o torneio da NCAA.

Na temporada 2018-2019, a equipe fez uma campanha de 23 vitórias e 11 derrotas, terminando na segunda colocação da conferência PAC-12. Já na temporada seguinte a campanha foi de 20 vitórias e 11 derrotas, terminando na 3ª colocação.

Nas duas últimas temporadas, o Arizona State Sun Devils teve campanhas com mais derrotas do que vitórias.

Na temporada atual, foram 14 vitórias e 17 derrotas, terminando na 9ª colocação. A equipe tenta realizar um trabalho a longo prazo para reestruturar sua equipe e treinamento, com o intuito de voltar à elite do basquete universitário masculino.

Elenco e destaques

Foto de partida oficial do Arizona State Sun Devils - Fonte: Reprodução/Twitter (https://twitter.com/SunDevilHoops/status/1494533382843293698/photo/4)

Devido ao seu histórico de revelar bons jogadores para a NBA e outras ligas profissionais internacionais, os olheiros sempre ficam atentos às revelações do Arizona State Sun Devils.

Abaixo você verá todos os participantes do elenco 2021-2022, assim como os destaques individuais que podem chegar à NBA nas próximas temporadas.

Elenco 2021-2022

  • Micah Burno
  • Cade Ronzone
  • Enoch Boakye
  • Kimani Lawrence
  • Jalen Graham
  • Alonzo Gaffney
  • Jay Heath
  • DJ Horne
  • Marcus Bagley
  • Marreon Jackson
  • Luther Muhammad
  • John Olmsted
  • Jamiya Neal
  • Austin Ronzone
  • Bobby Hurley

Destaques da temporada

O grande destaque ofensivo da equipe nesta temporada foi Marreon Jackson, terceiro na média de pontuação, com 10,4 pontos por jogo e líder nas médias de assistências, com 4,0, e de roubos de bola, com 1,7.

O destaque defensivo ficou para Kimani Lawrence, líder em rebotes com 6,3 por partida. Também manteve boas médias de pontos, roubos de bola e bloqueios.

Por fim, fica o destaque para o líder de pontuação média da equipe, DJ Horne, com 12,5 pontos por jogo.

Compartilhe esse conteudo