Um dos campeonatos mais fortes da América do Sul, o Campeonato Chileno reúne a nata do futebol local!

Uma competição que reúne gigantes times chilenos, como o Colo-Colo, Universidad de Chile e o Universidad Católica, além disso, é o grande torneio dessas equipes ao longo da temporada, tem tudo para ser o principal campeonato de um país.

No Chile, o torneio que hoje é disputado em turno e returno com 16 equipes, já foi disputado como Apertura e Clausura, consagrando o campeão após o mata-mata decisivo pelo troféu nacional.

Na história, Colo-Colo com 32 taças e 22 vice-campeonatos, é o grande expoente da competição. O time chileno levantou o troféu nacional nos anos de 1937, 1939, 1941, 1944, 1947, 1953, 1956, 1960, 1963, 1970, 1972, 1979, 1981, 1983, 1986, 1989, 1990, 1991, 1993, 1996, 1997, 1998, 2002, 2006 (Apertura e Clausura), 2007, 2008, 2009, 2014, 2015 e 2017.

Uma imagem contendo grama, mesa, montanha, campo

Descrição gerada automaticamente
Troféu do Campeonato Chileno de Futebol. Foto: Troféus do Mundo

Na sequência, a Universidad de Chile com 18 conquistas, a Universidad Católica (16), Cobreloa (8) e Unión Española (7) fecham o ranking dos cinco clubes mais vitoriosos na competição nacional.

Além desses times, os outros vencedores do torneio são Everton, Audax Italiano e Magallanes com quatro títulos, Wanderes (3), Huachipato e Palestino (2), e Cobresal, O’Higgins, Unión San Felipe, Green Cross e Santiago Morning (1).

Entre os grandes times do Chile, o Colo-Colo é o único que levantou a taça da Libertadores da América

Conhecido por sua tradição em revelar grandes jogadores chilenos ao longo dos anos, como o meia Valdívia e o volante Arturo Vidal, destaques recentes do Colo-Colo, é também o único time chileno a conquistar a Copa Libertadores da América, em 1991.

Após levantar a taça mais desejada do futebol da América do Sul, o Colo-Colo encarou sérios problemas para conseguir retomar aos tempos de glória do início da década de 1990. Dali em diante, graves problemas financeiros e a quebra do time, marcariam a história do clube.

Uma imagem contendo pessoa, homem, posando, em pé

Descrição gerada automaticamente
Jogadores comemoram título da Libertadores. Foto: Trivela

Reerguido em 2002 por Jaime Pizarro, que assume a direção técnica do Colo-Colo e retoma a mística que envolve o clube. Apostando nisso e em um grupo de bons jogadores chilenos, o time retoma o caminho das conquistas.

Além de ter sido um dos primeiros clubes chilenos a adotar o modelo de SAF (Sociedade Anônima de Futebol), e viraram um clube-empresa de sucesso rápido, o Colo-Colo emplacou no começo do século, consecutivas conquistas do Campeonato Chileno de Futebol.

A Universidad de Chile teve o melhor momento de sua história recentemente

Comandada pelo técnico argentino Jorge Sampaoli (que na sequência faria grande trabalho na seleção do Chile), o time de 2011 é considerado um dos maiores elencos da história da La U. A equipe que teve em Eduardo Vargas o grande destaque da campanha do título da Copa Sul-Americana invicta daquele ano, teve no jogador o principal goleador da equipe.

Com 11 gols marcados ao longo do torneio, Vargas logo foi vendido para times europeus e fez carreira fora do país. O jogador que junto com Aránguiz, Mena e Johnny Herrera, era um dos principais expoentes do time, viram no treinador, a grande estrela da companhia.

Baixinho, cheio de tatuagens e o grande responsável por um time que encantou a América do Sul. Jorge Sampaoli é um treinador diferente. Seu estilo de vida, a forma como comanda os clubes onde trabalha e o relacionamento difícil do técnico com dirigentes, são marcas de sua carreira.

Grupo de pessoas em campo de futebol

Descrição gerada automaticamente
Histórico time da La U campeão da Copa Sul-Americana em 2011. Foto: Blog Futebol Na Veia

O argentino que comandou as Seleções Chilena e Argentina, teve seu primeiro trabalho de destaque, comandando a La U na inédita conquista da Copa Sul-Americana. Dali, o técnico fez o melhor trabalho de sua vida, ao comandar o Chile, e conquistar a inédita Copa América de 2015, com o selecionado chileno.

Entre as conquistas do Campeonato Chileno, Sampaoli teve dois anos de sucesso com a La U, vencendo o torneio nacional nos anos de 2011 e 2012. O primeiro, inclusive, venceu o Torneo Apertura e na sequência o Clausura.

O terceiro maior vencedor do campeonato nacional, a Universidad Católica tem uma história marcada pela passagem de jogadores argentinos no time

Além de grandes jogadores chilenos que marcaram história na Universidad, alguns argentinos escreveram seu nome na trajetória do clube, e tiveram passagens marcantes por times brasileiros também.

Entre eles, o maior é Darío Conca. O argentino ídolo da torcida do Fluminense, foi um dos melhores meias do futebol brasileiro nos últimos anos. O jogador que foi o grande destaque do tricolor carioca no título de 2010, teve uma passagem pela Universidad Católica, nos anos de 2004 a 2006.

Usando a camisa 10 do time chileno, Conca foi o destaque da equipe campeã do Torneo Clausura do Chile em 2005. O jogador que foi revelado pelo River Plate, fez parte da campanha da Universidad na Copa Libertadores da América de 2006, quando a equipe chegou à semifinal da competição continental.

Dali em diante, a vida do jogador melhorou, e conseguiu ótimas oportunidades no Brasil. Primeiro, no Vasco da Gama. O atleta se transferiu para o Vasco em 2007, e permaneceu na equipe até 2008.

Jogador de futebol no campo

Descrição gerada automaticamente
Darío Conca em campo pela Universidad Católica. Foto: Lance

No ano seguinte, a transferência para o Fluminense, era o início da história do meia argentino que marcou época no tricolor carioca, e foi o principal nome do time campeão brasileiro em 2010, vice-campeão da Copa Sul-Americana em 2009 e um dos destaques do Flu no vice da Libertadores de 2008.

Por curiosidade, Conca participou de todos os 38 jogos da conquista da equipe do Fluminense ao longo do Campeonato Brasileiro de 2010, e foi eleito o melhor jogador da competição nacional pela CBF.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no futebol chileno? Aqui no Bets, você vive antenado sobre tudo o que acontece no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo