Oito vezes vencedor da Liga do Qatar, o Qatar Sports Club (SC), foi a última casa do craque camaronês Samuel Eto'o. A equipe, que anteriormente se chamava Al-Istiklal Clube, teve fundação em 1961.

O clube está localizado na área de Dafna, em Doha, e também teve como estrelas o argentino Cláudio Caniggia, que é conhecido por ter marcado o gol que eliminou a seleção do Brasil na Copa do Mundo de 1990 e o brasileiro Roger Flores.

Atualmente, o Qatar SC tem como goleiros Mohamed Kadek, Jassim Al Hail, Mutasem Al-Basmati e Adnan Ali. Na linha de defesa, Mohammed Al Rubaie, Nasser Ber, Khaled Mahmoudi, Bahaa Al-Leithy, Jamal Belamri, Moataz Al Bastami, Hassam Kamal, Issa Ahmed, Ahmed Al Khuawailid, Yousseff Aymaman e Hamdi Adam.

Completam o time: os meio-campistas Ahmed Moeen, Javier Martinez, Bashar Rasan, Ahmed Al Saadi, Omar Al Emadi, Yusuf Muhammad Ali, Ahmed Moeen, Jassim Al Muhairi e Hamza Yasser, além dos atacantes Isaac Empenza, Akputu, Abdulaziz Adel, Khalid Walleed, Salmin Atiq, Sebastián Soria e Abdul Rahman Al Jassim.

O técnico do clube é o ex-jogador de futebol, o marroquino Youssef Safri. Ele foi meio-campista de destaque, entre outros clubes, no Raja Casablanca, além de ter atuado no Qatar FC e em clubes da liga inglesa, como o Conventry City, Norwich City e Southampton.

Vale destacar que o Qatar SC também possui equipes de handebol, basquete, vôlei e tênis de mesa.

Títulos do Qatar SC

O Qatar Sport Club é oito vezes vencedor da Liga da Qatar. O clube levou as temporadas 1966/1967, 1967/1968, 1968/1969, 1969/1970, 1970/1971, 1972/1973, 1976/1977 e 2003/2004. A primeira temporada oficial, destaca-se, é a de 1972/1973.

O clube é, ainda, vencedor da Emir Copa do Qatar em três ocasiões (1974, 1976 e 2001), da Copa do Príncipe do Qatar também três vezes (2002, 2004 e 2008), além de quatro vezes campeão da Copa Sheikh Jassem do Qatar (1983, 1984, 1987 e 1995).

Em 2004, participou da AFC Champions League, a maior competição asiática. Contudo, ficou apenas na fase de grupos.

Estádio do clube

O Estádio Suhaim Bin Hamad é a casa do clube. Ele também é conhecido como Qatar Club Stadium ou Qatar Stadium.

Localizado em Al-Dafna, na capital do Qatar, Doha, ele possui pista de atletismo, além de outros três campos de treinamento, vestiários e academia.

Inclusive, em maio de 2004, o Suhaim Bin Hamad  foi sede de um grande prêmio de atletismo e testemunhou a abertura dos Jogos da Ásia Ocidental e do Super Campeonato Mundial. Ele tem capacidade para 15 mil espectadores.

Samuel Eto'o

O craque camaronês Samuel Eto'o passou pelo Qatar SC entre 2018 e 2019. A aposentadoria do atacante veio em seguida: 6 de setembro de 2019, aos 38 anos.

Apesar de constar no quadro de lendas do clube, ele não conquistou títulos na equipe árabe.  Em 17 partidas, ele marcou seis gols pelo Sport Club. Ainda assim, ele teve uma brilhante carreira.

Eto'o iniciou, em 1992, no Kadji Sports Academy, onde ficou até 1996. Naquele mesmo ano, migrou para o Real Madrid, onde se tornou atleta profissional em 1997.

Ele permaneceu no clube até 2000, quando foi para o Mallorca por empréstimo e, então, oficializou a contratação após impressionar a equipe. À época, sua transferência teve valor recorde: 4,4 milhões de libras. Foram 164 jogos e 70 gols, tendo conquistado a Copa do Rei de 2002/2003.

Já em 2004 ele foi para o Barcelona, onde permaneceu até 2009. No clube, ele fez 200 jogos e 130 gols. Além disso, ele conseguiu uma série de títulos pela equipe espanhola.

Ele venceu a La Liga de 2004/2005, 2005/2006 e 2008/2009; a Supercopa da Espanha de 2005 e 2006; a Liga dos Campeões da UEFA de 2005/2006 e 2008/2009; e a Copa do Rei de 2008/2009.

Na temporada da La Liga de 2005/2006, vale citar, ele foi o artilheiro com 26 gols.

Outra equipe em que Eto'o se destacou foi a Internazionale (2009 a 2011). Nela, ele fez 104 partidas e 54 gols.

Ele garantiu os títulos da Copa Itália de 2009/2010 e 2010/2011; a Séria A de 2009/2010; a Liga dos Campeões da UEFA de 2009/2010; a Supercopa da Itália de 2010; e o Mundial de Clubes da Fifa de 2010.

Pela seleção de Camarões, onde atuou de 1997 a 2014 em 118 jogos (com 56 gols), ele foi campeão das Olimpíadas de 2000 e da Copa das Nações Africanas de 2000 e 2002. Nas Olimpíadas, os camorenenses venceram a Espanha por 5 a 3 na disputa por pênaltis e conquistaram pela primeira vez a medalha de ouro.

Além destes, Samuel Eto'o passou pelo Anzhi Makhachkala (2011 a 2013), Chelsea (2013 a 2014), Everton (2013 a 2015), Sampdoria (2015), Antalyaspor (2015 a 2018), Konyaspor (2018) e Qatar SC (2018 a 2019).

Samuel Eto'o enquanto jogava pelo Qatar SC.  Foto: Site oficial do clube.
Samuel Eto'o enquanto jogava pelo Qatar SC. Foto: Site oficial do clube.

Roger Flores

O brasileiro Roger Flores, revelado profissionalmente pelo Fluminense aos 17 anos, em 1996, foi apresentado ao Qatar SC em 13 de julho de 2008. Ele atuou na equipe por dois anos.

Pelo clube, ele conquistou a Copa do Príncipe de 2009. O meio-campista atualmente é comentarista esportivo.

Em sua trajetória, Roger jogou na juventude no Flamengo (1989 a 1993) e no Fluminense (1994 a 1996). Já como profissional, atuou pelo Flu até o ano 2000.

De 2000 a 2005, ele jogou no Benfica e voltou ao Fluminense por empréstimo de 2001 a 2002 e em 2004. Em 2005, foi contratado pelo Corinthians, onde ficou até 2008.

No período, atuou por empréstimo pelo Flamengo (2007) e pelo Grêmio (2008). De 2008 a 2010, jogou pelo Qatar SC. Encerrou a carreira no Cruzeiro, onde atuou entre 2010 e 2012.

Entre os títulos, Roger venceu, pelo Fluminense, a Copa Rio de 1998, a Série C de 1999 e o Campeonato Carioca de 2002. No Benfica, faturou a Taça de Portugal da Temporada de 2002/2004.

Em 2005, ele ganhou o Campeonato Brasileiro pelo Corinthians e, em 2011, o Campeonato Mineiro pelo Cruzeiro. Como prêmios individuais levou a Bola de Prata da Placar (2001), Melhor Meia-esquerda do Campeonato Brasileiro de 2005 (Prêmio Craque do Brasileirão), Meia da Seleção do Campeonato Gaúcho de 2008, e Ídolo da Galera (Troféu Globo Minas 2011).

Caniggia

O craque argentino passou pelo Qatar SC entre 2003 e 2004. Ele marcou cinco gols em 15 partidas. À época, ele encerrou sua carreira pela primeira vez, aos 37 anos.

Ele retornou aos gramados com 45 anos, em 2012, para disputar a fase preliminar da Copa da Inglaterra pelo Wembley, clube da nona divisão.

Cannigia atuou pelo River Plate (1985 a 1988), Hellas Verona (1988 a 1989), Atalanta (1989 a 1992 e 1999 a 2000), Roma (1992 a 1994), Benfica (1994 a 1995), Boca Juniors (1995 a 1998), Dundee (2000 a 2001), Glasgow Rangers (2001 a 2003), Qatar SC (2003 a 2004) e Wembley (2012). Pela seleção da Argentina atuou de 1987 a 2002.

Caniggia na época em que jogava pelo Qatar SC. Foto: Site oficial do clube
Caniggia na época em que jogava pelo Qatar SC. Foto: Site oficial do clube
Compartilhe esse conteudo