O relacionamento da Inglaterra com o futebol vem de longa data. Dados históricos revelam que a Inglaterra foi o primeiro país a incluir em documentos oficiais, datados do ano 1314, a palavra “futebol”. A Inglaterra é considerada a nação pioneira do futebol.

(crédito: ogol.com.br) Logomarca do patrocinador oficial em 2021.

Os primeiros e mais antigos clubes de futebol que temos conhecimento hoje surgiram ali na Inglaterra a partir de 1857. Sabe-se também que uma das primeiras competições de futebol que se tem notícia foram realizadas nessa nação, em meados de 1871. E a primeira criação de uma Liga de futebol para coordenar jogos, surgiu ali na Inglaterra em 1888.

O sistema de Ligas da Inglaterra dentro do segmento do futebol é considerado um dos mais organizados do mundo. A Liga Nacional da Inglaterra se encontra no 5º nível, e o seu organograma possui uma hierarquia que é apresentada da seguinte maneira:

NÍVEL                                   LIGAS E DIVISÕES

      1º

            Premier League       -      20 Equipes. 

      2º

            EFL Championship  -      24 Equipes.

      3º

            League One             -     20 Equipes

      4º

            League Two             -     24 Equipes

     5º

            National League      -     24 Equipes       (Vanarama)

      6º

National League North                                       National League South

           22 Equipes                -                                       22 Equipes.

A Liga Nacional da Inglaterra faz parte da estrutura organizacional de todo o sistema de Ligas no País, e engloba diversas equipes. A Liga Nacional de futebol inclui times profissionais e semiprofissionais.

CRIAÇÃO DA LIGA NACIONAL.

A Liga Nacional foi criada em 1979 com o objetivo de abrir mais espaço e oportunidades para clubes mais “novatos”, e semiprofissionais, que quisessem competir com clubes mais fortes. Ela partiu da ideia de um grande coordenador de futebol, que foi um ex-jogador de futebol amador e secretário da Federação de Futebol na Inglaterra, Alan Hardaker, falecido em 1980.

(crédito: beyond the last man.com) Alan Hardaker.

O Sr. Hardaker analisou que uma nova Liga adicional àquelas que já existiam, poderia ser criada. Até o ano de 1977, o sistema da Liga funcionava através de reeleição, onde somente 1 time era aceito.

Isso acabava restringindo muito o acesso de outras equipes nas disputas entre seus rivais. Hardaker então, passou a sugerir que uma nova Liga pudesse existir, que aceitasse receber times vindos das 2 ligas inferiores, os times mais fortes do grupo.

A primeira Liga do Norte e a do Sul possuíam diversos times que, durante os campeonatos, realizavam seus jogos entre si. Então, se uma nova Liga fosse criada, mais oportunidades de jogo poderiam surgir.

A ideia foi então aceita por outros membros da Liga, e ela passou a vigorar na temporada de 1979/1980. Uma nova Liga passou a ser criada, e ela iria incluir 13 equipes de futebol da Liga Nacional Sul, e 7 equipes da Liga Norte.

Os 20 clubes agraciados com a nova Liga foram:

  • AP Leamington

  • Altrincham

  • Bangor City

  • Barnet

  • Barrow

  • Bath City

  • Boston United

  • Gravesend e Northfleet

  • Kettering Town

  • Maidstone United

  • Northwich Victoria

  • Nuneaton Borough

  • Redditch United

  • Scarborough

  • Stafford Rangers

  • Telford United

  • Wealdstone

  • Weymouth

  • Worcester City

  • Yeovil Town

Diversos outros clubes poderiam ter se candidatado a essa nova Liga, mas por vários motivos não conseguiram. Por exemplo, os clubes Goole Town FC e o Lancaster City acabaram perdendo o prazo limite para o pedido.

Matlock Town e o Runcorn FC não foram aceitos porque seus estádios não conseguiram cumprir as regras exigidas para a nova Liga. E o clube Southport FC foi aceito como um novo membro da Liga, mas preferiu não aceitar o convite devido aos altos custos que diversas viagens poderiam gerar para o clube.

BENEFÍCIOS DA LIGA NACIONAL.

A criação da Liga Nacional trouxe grandes vantagens para times semiprofissionais e iniciantes. Ela ajudou muito a mostrar o bom futebol de grande qualidade, que times “novatos” apresentam, mas que muitas vezes acaba ficando pouco divulgado pela mídia.

Ela também serviu de grande incentivo para que clubes pequenos pudessem se esforçar mais para desenvolver o seu futebol e assim poder tornar-se grande no futuro.

E na questão financeira também, ela ajudou bastante a fortalecer a economia de alguns clubes fundados inicialmente com poucos recursos. Isso se tornou evidente quando a Liga passou a aceitar, em meados de 1986/1987, a promoção direta e também o rebaixamento entre a Liga Nacional e a EFL Liga II.

A primeira equipe a ser beneficiada por esse novo sistema foi o clube Scarborough, com a sua promoção, e em contrapartida, a equipe do Lincoln City, com o seu rebaixamento. Porém, 1 ano depois, o Lincoln conseguiu recuperar sua posição de volta, como campeão da Liga.

A partir de 2004, a Federação de futebol na Inglaterra passou a acrescentar à Liga mais 2 novas subdivisões inferiores, conforme quadro acima, que foram as National League North e National League South, com 22 equipes cada. Mas em 2006, o número de equipes subiu para 24 cada, com o sistema de promover 4 clubes e rebaixar 2. Também passou a adotar o sistema de “4 para cima e 4 para baixo”, entre a Liga Nacional e as inferiores, Norte e Sul.

SISTEMA ESTRUTURAL.

A Liga Nacional inglesa é a principal liga do setor que coordena as ligas, National League System, a (NLS). A liga nacional está no topo da hierarquia dentro do seu nível de atuação. A estrutura completa do sistema de Ligas no futebol da Inglaterra engloba mais de 50 ligas diferentes, e são coordenadas pela Associação de Futebol, a Football Association, (FA).

Acima da Liga Nacional existem atualmente 92 times que juntos representam os níveis mais altos do futebol da Inglaterra, a Premier League e a EFL.

Na Liga Nacional, durante os campeonatos, cada time disputa seus jogos um contra o outro, em sua divisão, uma partida em casa e outra fora. Os vencedores da partida levam 3 pontos, 1 ponto se houver empate e nenhum ponto pela derrota.

Ao fim de cada período 2 times são promovidos e direcionados da Liga Nacional para a Liga EFL II. E 2 times da Liga EFL II, passam a sofrer o rebaixamento para a Liga Nacional para preencher os lugares dos anteriores que subiram. Tudo isso dependendo das pontuações dos times.

As duas posições da promoção são reservadas para os campeões da Liga Nacional, e também para aqueles vitoriosos na final da promoção da Liga em casa e também fora, pelas semifinais das equipes que terminaram em 2º lugar até o 7º lugar.

Na outra extremidade da tabela, as 4 últimas equipes com as menores pontuações são então rebaixadas para a Liga Nacional Norte ou Sul.

O comitê NLS da FA é quem decide sobre o direcionamento, norte ou sul, das equipes rebaixadas, geralmente levando em conta a sua posição geográfica. Essas 4 equipes rebaixadas passam então a ser substituídas pelos outros 4 times promovidos, sendo 2 times da Liga Nacional Norte, e 2 da Sul.

Toda essa implementação organizacional traz muitos benefícios para os clubes. E com as Ligas bem estruturadas dessa forma, o sistema inteiro consegue tomar decisões acertadas sobre promoções e rebaixamentos, com total justiça e imparcialidade.

Mas também existem algumas regras rígidas que devem ser levadas em consideração pelos times. Por exemplo, no caso de promoções para clubes que se destacaram durante os campeonatos, quer sejam da Liga Nacional para a EFL; ou mesmo de dentro da Liga Nacional; ou também entre as diversas ligas da NLS, todos precisam primeiro cumprir certos requisitos.

Um deles é sobre a “saúde financeira” do clube. Visto que alguns times iniciantes começam a sua trajetória no futebol com recursos limitados, ou até mesmo clubes antigos, conquistadores de prêmios, mas que acabaram se “apertando” nas finanças, podem surgir clubes ameaçados de falência. No caso de se aceitar uma promoção, os clubes precisam estar bem “saudáveis” nesse sentido.

Um outro requisito também é a questão do local de jogos do clube e suas instalações. Um estádio de futebol bem estruturado e com boas condições de uso para receber visitantes e torcedores, é algo fundamental para as normas da NLS.

Uma nova notícia: Para essa nova temporada de jogos, em 2022, a NLS já informou através da mídia, que haverá uma alteração no número de times que farão parte das Ligas Nacionais Norte e Sul. De 22 equipes para 24 equipes.

A liga nacional sul havia tido uma redução, no número de times participantes em 2020, para 21 clubes, devido ao problema de pandemia de Covid-19. Porém depois houve uma anulação da decisão por escrito. Naquele período nenhum clube foi rebaixado.  

A LIGA NACIONAL HOJE.    

O patrocinador da National League atualmente é a empresa Vanarama Leasing Limited, que atua no segmento de locação de veículos para empresas e pessoas físicas em geral.  Ela foi apontada pelo jornal Sunday Times do Reino Unido como sendo uma das 100 melhores empresas para se trabalhar.

Chelsea X Chesterfield - 2022 (Photo by Mike Hewitt/Getty Images)

A liga Nacional nesta temporada vai contar com 23 times, e 561 jogadores, sendo 130 estrangeiros. Os grandes artilheiros nessa nova fase são o atacante Kabongo Tshimanga, do clube Chesterfield FC, com 23 gols até agora. E o jogador Michael Cheek do clube Bromley FC, com 15 gols.

(crédito: london news online.co.uk) Michael Cheek do Bromley FC.

Os clubes com a melhor pontuação na tabela, e que já podem sentir o “cheirinho da promoção” são os clubes:

Stockport FC, com 54 pontos, na liderança do ranking, e Chesterfield FC com 53 pontos em 2º colocado.

Porém os clubes em situação extremamente complicada nessa temporada são os clubes: King 's Lynn, em 22º colocado, e que pontuou 14 pontos no ranking, juntamente com o clube Dover Athletic, que está em 23º colocado, com pontuação negativa: -5 pontos.

A liga hoje possui cerca de 23 estádios diferentes que podem ser usados para os campeonatos durante toda a temporada. O estádio com a maior capacidade de público, dentre todos eles, é o Meadow Lane em Nottingham, com lotação máxima de 21.388 torcedores, e é um dos estádios mais utilizados para campeonatos internacionais.

Nas próximas semanas novos desafios serão lançados para todos esses clubes guerreiros, que sempre dão o seu máximo em campo.

Os clubes Solihull Moors e também seu rival Wrexham FC estão ambos empatados na tabela, com 46 pontos cada um. Eles estão situados em 6º e 7º colocados respectivamente.

Será que esses 2 clubes poderão se sobressair, subindo rapidamente no ranking?

Em qual equipe você apostaria, amigo torcedor?

Deixe aqui conosco o seu palpite, ok?

Nós do grupo Bets estaremos torcendo junto com você!

Compartilhe esse conteudo