zte.jpg
Formação de 2019 da ZTE FC. Foto: rangado.


O ZTE FC é um clube que atualmente disputa a primeira divisão do campeonato nacional Húngaro, conhecida como Liga NB1. Time tradicional da Hungria, não teve o mesmo brilho que muitos times do país. Neste artigo vamos falar um pouco sobre a evolução do clube dentro do esporte, assim como apontar algumas de suas campanhas e feitos mais importantes que trouxeram o clube até aqui.

História

Em 1912, o time estreava nos campos com uma equipe formada por intelectuais. Em sua primeira partida, foram derrotados por 4x2 pelo time do Vasvár do condado de Vas. A ZTE prosperou com o comando do treinador József Vadász em parceria com os trabalhadores e artesãos da cidade, mas a Primeira Guerra Mundial impossibilitou o progresso do time. .

Voltando aos campos em 1920 como Zalaegerszegi TE, perderam no jogo de estreia para o time AK Szombathely com o placar de 2x1 na presença de mais de 2.000 espectadores.

Com algumas vitórias do time, uma boa relação entre jogadores e torcedores era firmada. Construíram por conta própria o campo de Futebol.

Em 1924, a ZTE ingressava na Segunda Divisão da Liga Húngara, mas somente em 1934, o time conseguiu chegar a Primeira Divisão ficando em 6° colocado na temporada com uma equipe formada por bons jogadores como Boronics, Kosta, Dorogi, Kovács, Szabó R., Szökrönyös II, Szakál, Palkovics, Sárközi, Füleki, Dóczi, Tomóz e Martinka.

Zte_palya_2.jpg
A equipe em sua formação no ano de 1927. Foto: Pilgab 

Com a chegada da Segunda Guerra Mundial, o Almirante Miklós Horthy, confiscou o campo e os equipamentos do time e após a Guerra, no ano de 1957, a ZTE aliou-se com outras duas equipes do país, assim marcando o seu renascimento. De volta a Segunda Divisão, a ZTE enfrentava 18 adversários do Grupo Oeste sendo um dos 57 times a disputar a Liga Nacional.

Ao passar dos anos, o time se estabelecia no meio da tabela do campeonato e com uma forte equipe, derrotou um clube de Pécs com o placar de 5x2, assim, conquistando o campeonato no Grupo Oeste da Liga NB2.

Avançando para a NB1 em 1972, goleou a equipe da Szeged EAC por 4x1 diante de mais de 20.000 pessoas. O primeiro gol foi marcado por Gyula Gáspár e na sequência, Tamás Kocsis, József Tóth e o novato István Soós.

Nas próximas décadas, a equipe vinha mantendo uma boa participação na Liga. Com a chegada do técnico Imre Gellei, a equipe conquistou duas vezes o quarto lugar nas temporadas de 1985 e 1986. Tendo destaque os jogadores István Gass, Tibor Galántai e István Soós, a ZTE se manteve por muitos anos na elite.

1441951168_soos_i.jpg
A lenda István Soós ao lado de Horváth em Újpest. Foto: magyarfutball

Eliminados da NB1 de 1989, pela má campanha e no último lugar, retornaram anos depois. Em 1994, foram derrotados fora de casa pelo BFC Siófok por 4x3 na primeira partida das eliminatórias.

Voltando para casa, a ZTE massacrou o visitante por 6x0 na revanche com 3 gols marcados pelo artilheiro Preisinger Sándor. A partir dessa época, a ZTE continuaria na NB1 por muitos anos.

Pela primeira vez na história, a ZTE conquistou o título da NB1 na temporada 2001/02. Terminando em segundo lugar na primeira fase com 61 pontos, ficando atrás do MTK Budapest FC com 64 pontos.

A ZTE finalizou o campeonato com 71 pontos e nessa conquista, os jogadores Krisztián Kenesi e Gábor Egressy somaram 37 gols marcados na temporada.

ztecsap2002.jpg
Formação da ZTE FC Campeão da Liga NB1 de 2001/02. Foto. ztefc

Na etapa de classificação da Liga dos Campeões da UEFA de 2002/03, a ZTE venceu o Campeão Croata NK Zagreb tendo vantagem por gols marcados fora de casa. Na primeira partida na Hungria, a ZTE venceu por 1x0, gol marcado por Darko Ljubojevic.

No jogo de volta o NK Zagreb vencia o jogo por 2x0, mas aos 87 minutos com um pênalti, a ZTE diminuiu a vantagem do time local.

Enfrentando o Manchester United na terceira pré eliminatória, a ZTE cumpriu seu papel ao vencer em casa por 1x0, gol marcado no último minuto por Béla Koplárovics. Já na Inglaterra, em Old Trafford, a equipe do Manchester começou a goleada aos 5 minutos de jogo finalizando a partida com o placar de 5x0.

Na temporada de 2006/07 da NB1, a ZTE garantiu vaga na Taça Intertoto após finalizar a Liga em terceiro lugar. Dois anos mais tarde, o treinador de sucesso János Csank que já havia conquistado 2 títulos com Ferencváros e Vác FC, assumiu a posição de técnico da ZTE.

Competindo por uma vaga da Liga da Europa de 2010/11 contra os conterrâneos MTK e Ferencváros, a ZTE terminou em 4° lugar e não conseguiu chegar nas eliminatórias.

Iniciando a temporada de 2011/12 com baixo desempenho, o técnico János Csank foi demitido após o time sofrer 5 derrotas seguidas e foi substituído pelo ex-técnico do Ferencváros, László Prukner.

Ainda em má fase, a ZTE ficou em último colocado com 6 pontos na tabela sem vencer um único jogo, assim sendo rebaixado para a NB2. Alguns anos jogando a NB2, a ZTE só voltaria a elite na temporada de 2019/20 da NB1.

Na temporada atual de 2021/22 da NB1, a ZTE se mantém no meio da tabela em 7° lugar com 6 vitórias, 5 empates, 7 derrotas e 23 pontos em 18 jogos. O técnico Robert Waltner, acredita no seu time com jogadores jovens, alguns deles vindos das categorias de base do Clube.

Estádio

ZTE_FC_2021_DJI_0093 (2).jpg
ZTE Arena. Foto: ztefc

A ZTE Arena é a casa do clube Zalaegerszegi Torna Egylet Football Club ou como é conhecido, ZTE FC. O Estádio tem capacidade para 11.200 espectadores (sentados). Seu recorde de público foi em 1972 com mais de 22.000 pessoas presentes numa partida da ZTE.

Com o título da Liga em 2002, o governo da Hungria investiu mais de 1 bilhão de Florins que foi complementado com mais 360 milhões pelo governo municipal para a reforma total do Estádio.

Foram construídas mais 3 arquibancadas cobertas além da reforma das já existentes.  Dois campos de treino, a loja ZTE e o setor VIP também foram renovados. Sua reinauguração aconteceu em 26 de Março de 2017.

Compartilhe esse conteudo