Com 62 anos de existência, os “Tigres Mazandaran” são uma das atrações da primeira divisão nacional.

O clube da cidade de Qaem Shahr, que tem nas cores oficiais o vermelho e branco, é um dos times que tem a maior média de público da Persian Gulf Pro League. A equipe que ao longo de sua história, esteve envolvida em divisões menores, hoje disputa a primeira divisão nacional.

Mesmo não tendo nenhum título ao longo dos 62 anos de existência, a equipe obteve algumas campanhas de destaque, principalmente, na Azadegan League, com o auge do time, no vice-campeonato da segunda divisão nacional na temporada 2005/06.

Além disso, o clube fundado em 1959, tem seu primeiro registro histórico de disputa de competições regionais e nacionais apenas no ano de 1988, na Copa Qods. O torneio regional disputado na região de Qods, teve no Nassaji seu terceiro colocado daquele ano.

No primeiro ano de disputa da terceira divisão, uma boa colocação para a equipe do Nassaji

A temporada 1990/91 teve a participação do estreante Nassaji nas ligas nacionais, e conseguindo uma boa colocação no torneio, que lhe deu direito à disputa da Azadegan League na temporada seguinte.

Com a terceira melhor campanha do grupo B da terceira divisão nacional, o Nassaji fez uma grande temporada. Ao longo da disputa do torneio, foram 14 jogos, com sete vitórias, quatro empates e três derrotas.

Multidão de pessoas na frente de uma cerca

Descrição gerada automaticamente com confiança média
Relação do time com a torcida do Nassaji é fantástica. Foto: Wikimedia

Ao final da competição, foram 18 pontos conquistados nos jogos disputados, e um saldo de gols positivo em +17. Com um dos melhores ataques da competição, o Nassaji teve sua passagem garantida para a Azadegan League.

Na segunda divisão nacional, alguns anos até o retorno à terceira divisão

Com o acesso confirmado para a disputa da Azadegan League na temporada 1991/92, o time do Nassaji obteve posições medianas nos anos seguintes, e o rebaixamento na temporada 1994/95.

Ao todo, foram quatro temporadas disputando a Azadegan League, até o rebaixamento do time do Nassaji, para a disputa novamente da terceira divisão nacional.

Com uma das piores campanhas entre os grupos, o Nassaji teve ao todo 22 jogos disputados, cinco vitórias, seis empates e 11 derrotas na Azadegan League. O time que sofreu com a defesa fraca, levando 32 gols ao longo do torneio, teve um ataque fraco, marcando menos de 1 gol por jogo.

Com o início dos anos 2000, o Nassaji se mantém entre as divisões menores

Iniciando o século XXI na disputa por uma vaga na segunda divisão nacional, a equipe do Nassaji começa a temporada 2000/01 na terceira divisão nacional, e consegue o acesso para a Azadegan League após obter o quarto lugar na classificação geral do torneio.

Dali em diante, as três temporadas seguintes tiveram o Nassaji na disputa da Azadegan League. Entre os anos de 2001 e 2004, o time fez a sua melhor campanha na temporada 2001/02, com o quarto lugar no torneio nacional.

Já a pior campanha na competição, acontece na temporada de 2003/04, com a última colocação na Azadegan League, e o rebaixamento confirmado para a terceira divisão nacional.

O retorno para a segunda divisão nacional acontece na temporada 2006/07

Com o acesso confirmado para a Azadegan League, ao fim da temporada 2005/06, o time do Nassaji faz a segunda melhor campanha da terceira divisão nacional e tem sua classificação para a 2ª divisão confirmada.

Dali em diante, a Azadegan League é a competição que o time mais participa. Os rebaixamentos constantes às divisões menores foram interrompidos, e a equipe emplaca uma sequência na segunda divisão nacional.

Grupo de pessoas fantasiadas

Descrição gerada automaticamente com confiança média
Festa da torcida do time durante jogo da equipe. Foto: Wikimedia

Até a temporada de acesso à Persian Gulf Pro League, o time do Nassaji tem campanhas de destaque na Azadegan League, como o 3º lugar nas temporadas (2013/14 e 2014/15), o 4º lugar (2010/11) e o 5º lugar (2007/08 e 2011/12).

O sonhado acesso é conquistado com uma festa incrível da torcida local

A temporada 2017/18, marca a ascensão do Nassaji no cenário nacional. Com uma campanha impecável, a equipe ficou por um ponto de conquistar o primeiro título de sua história. O vice-campeonato da Azadegan League, não apagou a grande campanha da equipe.

Ao longo da trajetória do time do Nassaji, foram 34 jogos disputados, com 19 vitórias, sete empates e oito derrotas ao todo, dando a equipe 64 pontos e vencendo, por saldo de gols (23x22) a disputa com o 3º colocado, Khooneh be Khooneh.

Grupo de pessoas em campo de futebol

Descrição gerada automaticamente
Time do Nassaji perfilado. Foto: Wikimedia

A disputa recheada de emoção, foi decidida na última rodada. A festa feita pela torcida do Nassaji foi memorável, e a comemoração do acesso da equipe idem. Agora, a disputa pela Persian Gulf Pro League, tinha como principal objetivo para o time do Nassaji, não retornar às divisões inferiores.

A estreia do time na Persian Gulf Pro League

Com a disputa do torneio no ano de 2018/19, o Nassaji fez uma campanha razoável, mas sem sustos para sua torcida. O 10º lugar no torneio nacional, deixou uma boa impressão aos torcedores e aos acompanhantes da equipe.

Na temporada seguinte, outra posição mediana: o 9º lugar. E novamente, sem sustos para a torcida, que temia em rever a equipe disputando as competições menores no cenário iraniano.

Jogador de futebol com jogadores no campo

Descrição gerada automaticamente
Jogadores do Nassaji comemora. Foto: Tehran Times

Na atual temporada, o time do Nassaji tem uma campanha regular, com 21 pontos conquistados em 16 jogos, sendo quatro vitórias, nove empates e três derrotas.

É um dos times que menos perdeu, mas também um dos que mais empatou na competição, e agora segue em busca das vitórias para alcançar posições melhores na tabela de classificação.

Quer ficar ligado em tudo o que acontece no futebol iraniano? Aqui no Bets, você não perde nenhum lance e vive antenado sobre tudo o que rola no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo