Com 43 anos de idade, o Al-Batin segue em busca da sua primeira conquista da Saudi Professional League!

Saiba tudo sobre o atual 12º colocado da Liga de Futebol da Arábia Saudita

Um time recente no cenário do futebol saudita e que teve a campanha de maior destaque na temporada 2015/16 na segunda divisão local, encerrando a competição como vice-campeã do torneio, o Al-Batin busca posições melhores no campeonato para se destacar no campeonato local.

Na principal competição nacional desde a temporada de 2016/17, a equipe que, ao longo da sua história, passou a maior parte do tempo disputando as divisões nacionais inferiores, demorou a alcançar o acesso à primeira divisão.

O time da pequena cidade localizada na região Nordeste da Arábia Saudita, conta com a equipe do Al-Batin como o clube da região de mais de 300 mil habitantes. O Al-Batin Club Stadium é a casa oficial da equipe árabe e tem capacidade para 6.000 torcedores.

Inaugurado em 2016, a casa moderna do Al-Batin é comandada pelas autoridades esportivas da região, e conta com o Al-Batin e o Al-Qaisumah como os times que mandam suas partidas no estádio.

A história do Al-Batin demora a se cruzar com a primeira divisão nacional

Como dito antes, desde a sua fundação o Al-Batin permaneceu nas divisões inferiores, conseguindo o primeiro acesso de sua história à segunda divisão da Arábia Saudita ao fim da temporada 2007/08.

Mesmo com a confirmação da promoção do time de Al-Batin, a equipe consegue o acesso com a 2ª colocação na 3ª divisão, não conquistando o título nacional. Aliás, por curiosidade, o time do Al-Batin não tem nenhum título ao longo de sua trajetória no cenário árabe.

Pessoas jogando futebol em um campo

Descrição gerada automaticamente
Jogador tenta passe em jogo da equipe. Foto: Portal Futebol Latino

O acesso na temporada 2007/08 veio com uma campanha forte do Al-Batin, que ao longo da competição, já dava sinais que brigaria pelas primeiras posições durante toda a disputa.

Na sequência de boas campanhas recentes, está o vice-campeonato da segunda divisão do futebol local, na temporada 2010/11, onde o time se consagraria e alcançaria o grande objetivo: a passagem para a primeira divisão nacional.

Na segunda divisão, após alguns anos de disputa, o time do Al-Batin alcança a glória

Pelo regulamento da competição nacional, apenas três times garantem acesso a primeira divisão do futebol da Arábia Saudita. A disputa dividida em dois grupos, teve na temporada 2010/11 no grupo A o Al-Nahda (classificado diretamente à primeira divisão) e o Kawkab (classificado para a disputa da terceira vaga) os melhores times.

Já no grupo B, Al-Batin e Al-Suqoor foram os grandes classificados. O time do Batin foi o dono da melhor campanha do grupo, e promovido de forma direta para a primeira divisão local. Com uma trajetória de 12 vitórias, cinco empates e apenas uma derrota em 18 jogos, o time somou 41 pontos no torneio.

Homem com roupa azul

Descrição gerada automaticamente
Jogador do Batin aguarda reinício do jogo. Foto: Portal Pintaube

Já o Suqoor ainda enfrentaria a disputa pela terceira vaga com o Kawkab, e levaria a classificação para a principal divisão do futebol nacional árabe. Já na decisão do título, o Al-Batin até venceu o primeiro jogo em sua casa contra o Al-Nahda por 1 a 0.

Mas na grande decisão, o time do Nahda conseguiu emplacar um 4 a 0 contra o Batin e sagrou-se campeão da segunda divisão na temporada 2010/11.

Entre os acessos recentes, um em especial marcou o clube do Al-Batin

O ano de 2016 marca o coração dos torcedores do Batin até hoje. O time que alcançou a glória de disputar a primeira divisão nacional naquele ano, fez uma campanha digna na segundona local.

Além do Batin, o Al-Ettifaq foi o outro time a se classificar para a principal divisão nacional. Com uma campanha forte, o time do Al-Batin fez ao longo de sua trajetória no torneio, 30 jogos, sendo 15 vitórias, oito empates e sete derrotas.

Grupo de homens com uniforme de futebol

Descrição gerada automaticamente
Jogadores perfilados antes do jogo. Foto: Portal Goalzz

Terminando a competição com 53 pontos, o time bateu na trave e quase conseguiu a conquista de seu primeiro título da história. Porém, o acesso à primeira divisão nacional, deixa sua torcida feliz e satisfeita com o desempenho do clube.

De lá para cá, campanhas medianas marcam a equipe que se manteve na principal competição da Arábia Saudita. Atual, o time é o 12º colocado no torneio e conta com dois brasileiros na equipe para melhorar seu desempenho: Renato Chaves e Maurício.

A chegada dos brasileiros no ano passado melhora seu sistema defensivo

Renato Chaves é um defensor brasileiro de passagem marcante pelo Fluminense. Após ser revelado no Corinthians, o defensor rodou por alguns clubes do país até chegar ao tricolor carioca. Lá, Renato foi um dos grandes defensores entre os anos de 2016 e 2018.

A mudança para a Arábia Saudita veio em 2018, com o convite para ser jogador do Al-Wehda. Na sequência, em 2020, Renato é comprado pelo Al-Batin e é um dos grandes destaques do time até hoje.

O defensor que é titular absoluto da equipe, tem em outro brasileiro, recém-chegado ao time do Batin, a sua companhia ideal para a zaga do time árabe. Maurício é um defensor revelado pelo São Paulo e com passagens por times de fora do Brasil.

Jogador de futebol

Descrição gerada automaticamente
Renato Chaves é destaque na equipe árabe. Foto: Portal Net Flu

O defensor se destaca em Portugal pelo Portimonense, e disputa mais alguns jogos por outros times portugueses, até desembarcar no Urawa Red Diamonds do Japão. Ao todo pelo time japonês, foram 63 jogos e três gols marcados.

Antes de chegar ao Al-Batin, o defensor ainda teve uma segunda passagem pelo Portimonense por empréstimo, mas acabou não ficando no time português. Pelo time árabe, a estreia do defensor foi recente e ele tem apenas um jogo com a equipe.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no futebol da Arábia Saudita? Aqui no Bets, você não perde nenhum lance e vive antenado sobre tudo o que rola no mundo da bola!

Compartilhe esse conteudo