O Levante bem que tentou, mostrando muito coração, mas não conseguiu empatar a partida, desperdiçando um pênalti

O Sevilla viajou até Valencia pela 33a rodada da Liga Espanhola e venceu o Levante, assumindo a segunda colocação, 15 pontos atrás do Real Madrid. Faltando apenas 12 em disputa, o time de Julen Lopetegui não pode mais ser campeão.

Tecatito e Ocampos foram vitais para a vitória rojiblanca em Valência. (Créditos da imagem: https://twitter.com/LaLigaLowdown/status/1517198096257667073

Por outro lado, o Levante segue atolado na última colocação, com 25 pontos, empatado com o Alavés. São 6 pontos de distância para o 17o colocado e a situação do time de Morales fica cada vez mais complicada.

O capitão Morales, goleador deste ano do Espanhol com 7 gols, deu tudo de si, mas não bastou. (Créditos da imagem: https://twitter.com/mirondo9/status/1517192827897327616

Como foi o jogo

Primeiro tempo foi bastante animado, com gols e jogadas predominantes pelos extremos do campo. Tanto o Levante quanto o Sevilla forçaram os lances pelos lados.

O mexicano Tecatito brilhou, fazendo dois gols antes dos 30 minutos. De pênalti, Morales descontou. O Sevilla apresentou problemas de marcação, sendo envolvido pela troca de bola do Levante, que passou o primeiro turno sem vitórias (levou 20 rodadas para vencer em La Liga).

No segundo tempo, o Levante voltou com tudo, disposto a empatar e virar a partida. Com 10min, Lopetegui tirou Jordan e Jesus Navas, para a entrada de Delaney, dinamarquês, e Montiel, argentino.

Aos 15, Papu Gomez aprontou um salseiro pela direita, cruzando para Ocampos cabecear, numa finalização que passou perto da trave.

Melero, que acertou todos seus passes, deu lugar a Bardhi, meia mais ofensivo. O técnico italiano do Levante tentava ocupar mais a faixa central do campo ofensivo.

Aos 24 minutos, Acuna puxou Radoja dentro da área. Na cobrança de pênalti, Morales tirou tanto do goleiro que bateu para fora.

Faltando 15min, o Levante se desfez da linha de 5 na defesa e meteu jogadores altos para aproveitar bola área no abafa final. Mas Rafa Mir quase fez de cabeça o terceiro, após belo arranque de Tecatito pela esquerda. O go,eiró Cadenas operou um milagre Para defender. Em seguida, Koundé deu um tiro numa cabeçada, a bola foi no poste e morreu dentro do gol.

No finzinho, Morales se recuperou do penal perdido e deu bela assistência, deixando o veterano Roberto Solado na cara do gol, ele só tirou do goleiro e diminuiu para o Levante.

O Levante deixou o gramado aplaudido por seus torcedores, que louvaram o coração e o espírito do time, que não se entregou jamais. Embora tenha perdido, a performance ainda dá esperanças de que o clube possa permanecer na primeira divisão.

Compartilhe esse conteudo