Olympiakos Nicosia é um time de futebol com sede em Nicósia, Chipre, que disputa a Primeira Divisão do Chipre. O clube foi fundado no ano de 1931, e é membro fundador da Associação de Futebol do Chipre.

As cores do clube são preto e verde. O principal apelido da equipe é "mavroprasini" (os verdes-negros), e o outro apelido do clube é Taktakalas, derivado da área de Nicósia, de onde o time é originário.

Olympiakos_Time.jpg
Parte do time do Olympiakos Nicosia realizando um treino. twitter /olympiakosnic

O Olympiakos Nicosia conquistou três Campeonatos da Primeira Divisão do Chipre, uma Taça do Chipre e uma Supertaça do Chipre.

No passado, o time tinha equipes de atletismo, basquete, vôlei, e até futsal, entre outras modalidades esportivas. Também, no passado, teve uma orquestra, coro e divisões de acampamento; este último explicando por que o escudo do clube contém uma tenda.

ESTÁDIO

A casa do Olympiakos, onde o time mandava seus jogos, era o Estádio GSP, construído em 1902, tendo capacidade para 22.859 lugares. O estádio foi demolido há alguns anos.

Estádio GSP.jpg
Estádio GSP, fundado em 1902. Foi a casa do Olympiakos Nicosia. Hoje, esse estádio não existe mais, tendo sido demolido já há alguns anos. (Foto: ogol.com.br)

HISTÓRIA

A década de ouro

A década de 1962-1972 é conhecida como a "década de ouro" do Olympiakos, visto que o time conquistou o campeonato da Primeira Divisão três vezes, outras três vezes foi vice-campeão, e, ainda, se tornou o único time de futebol do Chipre que disputou três vezes o Campeonato Nacional da 1ª Divisão da Grécia.

O início de tudo foi na temporada 1961-1962, quando o Olympiakos disputou a final da copa pela primeira vez em sua história. Apesar disso, o time não conseguiu levar o troféu da copa, porque perdeu para o Anorthosis Famagusta FC com uma pontuação de 5 a 2.

No entanto, as bases começaram a ser lançadas na temporada 1964-1965. Giorgos Paletsios, um antigo jogador de futebol do Olympiakos, que atuou no time durante 18 anos, e foi também capitão da equipe, aceitou comandar o Olympiakos sem receber um tostão pelos serviços prestados.

Giorgios Paletsios.jpg
Giogio Paletsios, o técnico que aceitou comandar o Olympiakos Nicosia sem receber salário algum. (Foto: wikiwand)

Paletsios procedeu à reestruturação do time promovendo os principais jogadores jovens e talentosos das divisões de base. Com esse “gás”, o time conseguiu chegar em segundo lugar no campeonato e, no mesmo ano, o artilheiro da competição foi o jogador do Olympiakos Kostakis Pierides, que marcou 21 gols.

Na temporada 1965-1966, o Olympiakos foi outra vez vice-campeão, somando 49 pontos, um ponto a menos que o então campeão Omonoia. O artilheiro da competição foi de novo um jogador do Olympiakos, Panikos Efthymiades, que assinalou 23 gols.

Na temporada 1966-1967, o Olympiakos dominou o Campeonato Cipriota, com Pambos Avraamidis no comando do time. A equipe acabou em primeiro lugar e conquistou o campeonato com 55 pontos, o mesmo número do Apoel Nicosia, que, no último jogo da temporada, derrotou o Aris Limassol com uma larga pontuação de vantagem; 17 a 1.

O título foi decidido pelo saldo de gols e, apesar do grande placar do Apoel no último jogo da temporada, o Olympiakos ainda obteve um saldo de gols superior para que o clube fosse declarado campeão.

No ano de 1967, o campeão Olympiakos jogou contra o vencedor da Copa Apollon Limassol, superando o adversário por 1 a 0, conquistando assim o Pakkos Shield (como o Super Cup/Shield era então conhecido).

Na temporada 1968-1969, o Olympiakos conquistou o campeonato pela segunda vez, conseguindo somar 52 pontos, a mesma pontuação do AC Omonoia. O Olympiakos foi campeão, na verdade, devido à melhor diferença de gols. O artilheiro do campeonato foi, mais uma vez, Panikos Efthymiades, com 17 gols.

Panikos.jpg
Panikos Efthymiades, o grande artilheiro do Olympiakos Nicosia. (Foto: olympiakos)

O terceiro campeonato do Olympiakos ocorreu na temporada 1970-1971 com o inglês Rod Bradley comandando o time. Este encerrou a temporada na primeira colocação com 31 pontos, 4 a mais que o vice-campeão Digenis Morfou.

Os artilheiros dessa temporada foram 3 jogadores, que marcaram 11 gols, entre eles, é claro, Panikos Efthymiades.

Na temporada 1972-1973, o Olympiakos ficou em segundo lugar; na temporada 1974-1975, o time terminou na terceira colocação.

No ano de 1971, o Olympiakos conquistou a Taça Paligenesias, organizada pela Associação de Futebol do Chipre (KOP), vencendo o Nea Salamis Famagusta FC. Neste período glorioso, os técnicos do Olympiakos foram: Pambos Avraamidis, Giorgos Paletsios, Takis Papaxeniou, Eric Brookes e Rod Bradley.

EXPERIÊNCIA GREGA

O Olympiakos ficou sendo o primeiro time de futebol do Chipre que disputou o Campeonato Pan-Helênico, na temporada 1967-1968, fato que se repetiu por mais duas vezes, em 1969-1970, e em 1971-1972, fazendo do clube o único cipriota que participou três vezes no Campeonato Nacional da 1ª Divisão da Grécia. O Olympiakos também esteve em três competições europeias.

EXPERIÊNCIA EUROPEIA

Na Copa dos Campeões da Europa em 1967, o clube jogou contra o FK Sarajevo, da Iugoslávia. Na primeira partida, as equipes empataram em 2 a 2, mas, na segunda, o Olympiakos foi derrotado por 3 a 1.

Ainda na Taça dos Campeões Europeus, o Olympiakos Nicosia enfrentou o Real Madrid em 1969, sendo derrotado nas duas partidas: 8 a 0 e 6 a 1. Tempos depois, o Olympiakos disputou a mesma competição, em 1971, e encarou o Feyenoord, da Holanda, perdendo de 8 a 0 a primeira partida, e de 9 a 0 a segunda.

Na Taça dos Vencedores das Taças, o Olympiakos fez uma única participação no ano de 1977, enfrentando o FC Universitatea Craiova Romania. Em 1973, o Olympiakos jogou contra o time alemão VfB Stuttgart pela Taça UEFA.

Em todos esses jogos com times europeus, o Olympiakos teve que disputar as duas partidas fora de casa, pois, naquela época, os estádios de futebol do Chipre não atendiam aos regulamentos europeus.

GLÓRIA DA COPA

No ano de 1977, o Olympiakos Nicosia venceu o Alki Larnaca pelo placar de 2 a 0 e levou a Taça do Chipre. Em 1991, o Olympiakos Nicosia perdeu a Copa do Chipre nas finais, sendo derrotado por 1 a 0 pelo AC Omonia. Essa foi sua última participação nas finais da Copa do Chipre.

DIAS DE GLÓRIA REVISITADOS

O Olympiakos Nicosia também participou da Taça Uefa (após terminar em segundo lugar no campeonato cipriota) na temporada 2001-2002 contra o time Dunaferr FC da Hungria. Houve um empate de 2 a 2 em Nicósia e uma vitória fora de casa por 4 a 2. A primeira do time na Europa.

Assim, classificou-se para a rodada seguinte da Copa da Uefa para jogar contra o Club Brugge da Bélgica, mas acabou sendo eliminado.

Caro leitor, curtiu este post? Deixe seu comentário logo abaixo, please!

Compartilhe esse conteudo