Mesmo sem valer o título do peso-leve, perdido por conta de não ter batido o peso. Charles do Bronx entrou no octógono, finalizou Justin Gaethje no primeiro round e desafiou Conor McGregor.

O brasileiro Charles do Bronx viveu um verdadeiro drama após perder o título do peso leve na sexta-feira por exceder em 226 gramas o limite de peso da categoria (até 70.3 kg). Segundo o staff do lutador a balança que não estava aferida foi a responsável pelo excedente.

Charles Du Bronx e Justin Gaethje fizeram a luta principal do UFC 274 - Imagem: UFC

Apesar da luta valer o cinturão apenas para o desafiante, Charles não desanimou e entrou com tudo no octógono da 'Footprint Center', em Phoenix, Arizona. E quem compareceu ao estádio ou acompanhou a luta pela TV não se decepcionou com o que viu. O brasileiro chegou a ser derrubado duas vezes, mas com o jiu jitsu afiado não deu chance para o adversário, finalizando-o ainda no primeiro round.

A luta

Eletrizante enquanto durou. Foi assim o evento principal, que começou agitado, com os dois lutadores buscando a trocação franca. Justin acertou potentes golpes que balançaram o ex-campeão. Em duas vezes, os socos do desafiante balançaram o “Charlito”, mas não conseguiu fazer seu jogo no solo.

Em resposta, o brasileiro encaixou um direto de direita que levou Justin ao chão e aproveitou para levar a luta para o chão. Especialista em jiu jitsu, o Charles do Bronx usou toda sua habilidade para tomar as costas do oponente e aplicar um justo mata-leão.

Charles Oliveira finaliza Justin Gaethje - Imagem: UFC

Desabafo e desafio a Conor McGregor

Visivelmente emocionado com o resultado, Charles do Bronx revelou seus descontentamento com a balança que o tirou o cinturão.

- Deixa eu mandar um recado para a divisão. Eu sou um problema para a divisão. Vocês podem bater, olha esse time, olha essa equipe. Eu sou um iluminado, o Homem lá de cima escreveu. Tem alguma coisa de errado aqui, o campeão se chama Charles Oliveira. Eu bati o meu peso na quinta-feira e vocês tiraram o meu cinturão, desabafou.

Depois, o brasileiro perguntou a Dana White quem seria seu próximo desafiante e como ele disse que poderia escolher, o candidato seria o irlandês falastrão Conor McGregor: “Você vai vir ou vai correr?", desafiou Charles.

Logo em seguida o irlandês foi às redes sociais responder ao vencedor. Recuperando-se de lesão, McGregor ainda não tem data para retornar ao octógono, mas acenou para um possível encontro, mas em uma categoria superior, à de até 77 kg.

"Eu não sei se eu quero cortar peso. Estou gostando de parecer uma geladeira. Sinto que quero lutar com esse tamanho pois gostaria de me assistir lutando (risos). Mas eu adoraria lutar com o brasileiro, 100%! Amo o Brasil, estou invicto contra os brasileiros. Todos foram nocauteados. Tenho que pensar sobre!", afirmou McGregor.

Compartilhe esse conteudo