Equipe nordestina jamais havia vencido o alviverde sem o mando de campo

Sobre o comando do novo técnico, Dorival Júnior, o Ceará viajou até São Paulo para enfrentar o Palmeiras pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Com dois gols nos primeiros 15 minutos de jogo, e um no fim da partida, o Vozão garantiu sua primeira vitória como visitante sobre o atual campeão paulista.

Vozão engata a segunda vitória sob o comando de Dorival Júnior. Foto: Felipe Santos 

O jogo

Ceará iniciou o confronto colocando pressão em cima do adversário. O gol que abriu o placar para o visitante saiu dos pés de um jogador palmeirense. Mendoza lançou a bola na área para Vina finalizar, aos 7 minutos de jogo, mas Jorge, do Palmeiras, desviou e marcou gol contra.

Para ampliar o placar, após cobrança de escanteio, Mendoza dominou a bola e chutou. Marcos Rocha realizou o bloqueio em cima do atacante, que aproveitou o rebote e não desperdiçou a segunda oportunidade.

Na primeira finalização do Palmeiras no jogo, o clube diminuiu o placar. O gol foi marcado por Zé Rafael que, livre de marcação, recebeu passe açucarado de Raphael Veiga e chutou de fora da área para abrir o placar para o alviverde.

Zé Rafael, autor do gol do Palmeiras, comentou sobre a intensidade do Ceará no início da partida: “foram dois lances atípicos. [..] Acredito que a nossa equipe tentou reagir, criou algumas chances boas e infelizmente não acertou no último passe.”

Como mandante, Palmeiras nunca havia perdido para o Ceará: Foto: Felipe Santos

O segundo tempo começou mais frio e o lance de maior destaque saiu dos pés de Erick, do Ceará, apenas aos 27 minutos. O atleta avançou para o ataque, deu uma caneta em Murilo, invadiu a área de Weverton, deixou mais um marcador para trás e finalizou no gol para o goleiro defender.

Ceará se impôs sobre os donos da casa, dando um show de tática ao longo do segundo tempo. O gol que ampliou o placar para o time nordestino saiu aos 40 minutos, após rápido contra-ataque. Pelo lado direito, Erick recebeu de Vina, e chutou rumo ao gol de Weverton. O goleiro espalmou e, no rebote, Lucas Ribeiro chutou certeiro no canto esquerdo da rede.

Nos acréscimos, o VAR marcou pênalti para o Palmeiras após disputa de Veron e Richardson na área. Gustavo Gomez foi responsável pela cobrança, bateu no alto da rede de João Ricardo, deslocando o goleiro. Sem chances para mais nada, o confronto terminou em 3 a 2 para o Ceará.

O Vozão volta a campo na próxima terça-feira (12), contra o Deportivo La Guaira, às 19h15, pela Sul-Americana, no Estádio Olímpico de la Universidad Central de Venezuela.

Compartilhe esse conteudo