Mesmo sendo amassado no segundo tempo, o time de Xavi assegurou a vantagem mínima para manter viva a disputa pelo título de La Liga

Mais de 35 mil espectadores saíram decepcionados do moderno Reale Arena na noite desta quinta-feira (21/4), uma vez que a Real Sociedade perdeu para o Barcelona por 1 a 0, mesmo merecendo o empate pelo ótimo segundo tempo.

Autor do gol solitário, Aubameyang tem média de quase 1 gol por jogo em La Liga com o Barcelona nesta segunda metade da temporada. (Créditos da imagem: https://twitter.com/FcbnewsBR/status/1517256638197112834

Com o resultado, o Barcelona chega aos 63 pontos, ocupando a vice-liderança, 15 atrás do Real Madrid, mas com um jogo a menos. É só por causa disso que o clube merengue ainda não gritou “é campeão”, apenas uma questão de tempo, já que faltam 4 rodadas para o fim do Campeonato Espanhol.

Já a Real Sociedad fica estacionada nos 55 pontos, na última vaga para a Liga Europa da UEFA da próxima temporada.

Como foi o jogo

Parecia que o Barcelona teria um jogo tranquilo pela frente. Aos 10min, Dembele acertou a trave. No rebote, o Barcelona manteve a bola e numa bela trama, Ferran Torres, na pequena área, levantou para Aubameyang cabecear para o fundo do gol. Foi o nono tento do atacante.

No finzinho da primeira etapa, Isak chegou cara a cara com Ter Stegen mas chutou torto, bastante longe da baliza, desperdiçando uma chance claríssima de igualar o placar.

Para surpresa de muitos, o Barcelona terminou o primeiro tempo com apenas 46% de posse de bola, no entanto foi muito mais efetivo: disparou 10 chutes a gol, mas apenas 1 certo. Um jogo de poucas faltas (somente 9), com bom tempo de bola rolando.

O atacante da Real Sociedade não estava num bom dia e não conseguiu marcar em nenhuma das várias oportunidades que teve. (Créditos da imagem: https://twitter.com/realfutebolnews/status/1517255134614544384

A Real Sociedad voltou do vestiário no 220. Sorloth perdeu 2 gols, sendo que o segundo foi sem goleiro, chegando sem equilíbrio para mandar para dentro. Péssima partida do atacante norueguês, que tem apenas 2 gols em La Liga.

Os dez minutos iniciais foram todos dos donos da casa, que dominaram e acuaram o Barcelona em sua grande área.

A defesa blaugrana sofria com problemas físicos. Piqué já havia sentido no aquecimento, sentiu no primeiro tempo e Araújo, no joelho direito, e Jordi Alba também demonstraram problemas. Eric Garcia entrou no lugar do zagueiro uruguaio.

Ter Stegen fez boa defesa, em mais um chute de Sorloth. O goleiro do Barcelona defendeu com o pé. O time de Xavi não conseguia sair para o ataque. Para piorar a situação, Daniel Alves sentiu a pegada de Rafinha. O camisa 8 deu lugar a Dest.

Aos 25, Ter Stegen fez mais uma ação providencial, cortando um cruzamento em direção ao seu gol. Pouco depois, na primeira chegada barcelonista, Gavi livre na marca do pênalti bateu torto. E ficou nisso: a Real Sociedad não conseguiu vazar Ter Stegen.

Compartilhe esse conteudo